O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral julgou, nessa noite de quarta-feira, o último processo contra a diplomação do prefeito de Granja, Esmerino Arruda (PSDB). Por 4 a 2, Esmerino ficou livre de questionamento.

Durante a sesão, houve embate oral entre o advogado de Esmerino Arruda, Reno Ximenes, e o procurador regional eleitoral Alessander Sales. Reno Ximenes, no debate, chegou a interromper o julgamento, alegando, numa questão de ordem, a amizade desde os bancos de faculdade entre o procurador e o principal interessado na cassação do prefeito de Granja, no caso Romeu Aldigueri, candidato derrotado.

Após esfriar o clima, veio a decisão favorável a Esmerino Arruda, acusado de abuso do poder econômico durante a campanha. Se para o bem de Granja ou não, só tempo dirá.

Fonte: Blog do Eliomar

Anúncios