A Polícia Federal no Rio Grande do Sul prendeu nesta quarta-feira 19 suspeitos de crime financeiro em operações cambiais. A operação Costeira desarticulou quadrilhas que atuavam em três cidades gaúchas e que movimentaram R$ 5 milhões em seis meses.

De acordo com a PF, as seis quadrilhas de doleiros atuavam ilegalmente no Sistema Financeiro Nacional nas cidades de Porto Xavier, Porto Mauá e São Borja.

Eles são suspeitos de operações irregulares de câmbio, além da internação ou remessa clandestina de divisas pela fronteira do país com o Uruguai e a Argentina, atingindo uma movimentação de moeda estrangeira estimada em aproximadamente R$ 5 milhões no período da investigação.

Até o momento, a polícia apreendeu cerca de 120 mil pesos argentinos, R$ 150 mil e US$ 110 mil.

A operação resultou de investigações da Polícia Federal em Santo Ângelo (RS), nos últimos seis meses e contou com apoio da Receita Federal e da Brigada Militar.

Fonte: Folha Online

Anúncios