A Força Aérea Brasileira (FAB) informou nesta sexta-feira (30) que índios fizeram um comunicado à Funai dizendo ter encontrado o avião modelo C-98 Caravan que havia desaparecido com 11 pessoas a bordo na última quinta-feira (29). A FAB não confirma o número de sobreviventes, mas a Funasa anunciou que nove pessoas foram encontradas com vida.

A aeronave teria sido encontrada na floresta Amazônica, próxima ao rio Ituí, afluente do Rio Javari.

Uma operação de resgate, com a ajuda dos índios, foi iniciada de imediato, segundo o secretário de Planejamento do município de Atalaia do Norte (AM), João Bosco Lopes. Na localidade onde o avião foi encontrado, a única presença humana é das comunidades indígenas.

Aeronáutica emite comunicado

“Existem relatos de sobreviventes”, diz a nota divulgada pelo Comando da Aeronáutica informando que foi encontrado nesta manhã o avião desaparecido na Amazônia. De acordo com o comunicado, integrantes da tribo Matis informaram à Fundação Nacional do Índio (Funai) que encontraram a aeronave na selva. A informação oficial não menciona o número de sobreviventes.

“Segundo as informações, a aeronave encontra-se em meio à Floresta Amazônica, entre as Aldeias Aurélio (da Tribo dos Matis) e Rio Novo (da Tribo dos Murugos), próximo ao Rio Ituí, afluente do Rio Javari”, informou a Aeronáutica.

Avião desapareceu na Amazônia

O avião Cessna C-98 Caravan da FAB desapareceu na região da Amazônia, na manhã desta quinta-feira (29). A aeronave partiu de Cruzeiro do Sul, no Acre, com destino a Tabatinga, no sudoeste do Amazonas. A FAB confirmou que foi emitido um sinal de emergência 58 minutos depois da decolagem. As 11 pessoas a bordo – quatro tripulantes e sete passageiros – participavam de uma missão de vacinação do Ministério da Saúde.

As buscas prosseguiram durante toda esta madrugada e manhã, com a ajuda de um helicóptero HM-3 Cougar do Exército e uma aeronave R-99 da FAB equipados com sensor para varredura térmica.

A Aeronáutica divulgou o nome da tripulação que estava no avião. Confira:

  • Carlos Wagner Ottone Veiga (primeiro-tenente)
  • José Ananias da Silva Pereira (segundo-tenente)
  • Marcelo dos Santos Dias (suboficial)
  • Edmar Simões Lourenço (primeiro-sargento)
  • Diana Rodrigues Soares
  • João de Abreu Filho
  • Marcelo Nápoles de Melo
  • Maria das Dores Silva Carvalho
  • Maria das Graças Rodrigues Nobre
  • Marina de Almeida Lima
  • Jositéia Vanessa de Almeida (enfermeira)

Fonte: Diário do Nordeste