SÃO PAULO – Mais nove vereadores conseguiram reverter os efeitos da cassação que haviam sofrido no início da semana. Nesta quinta-feira, 22, o juiz da 1ª Zona Eleitoral, Aloisio Sérgio Rezende Silveira, deu parecer favorável aos recursos que buscavam efeito suspensivos impetrados por Adolfo Quintas Neto (PSDB), Carlos Alberto Apolinário (DEM), Carlos Alberto Bezerra Júnior (PSDB), Cláudio Roberto Barbosa de Souza (PSDB), Dalton Silvano do Amaral (PSDB), Domingos Odone Dissei (DEM), Gilson Almeida Barreto (PSDB), Marta Freire da Costa (DEM) e Ushitaro Kamia (DEM). 
Apenas Ricardo Teixeira (PSDB) continua cassado, embora o vereador também já tenha entrado com o mesmo recurso que suspendeu a punição de Adilson Amadeu (PTB), Paulo Sérgio Abou Anni (PV) e Wadih Mutran (PP) na terça-feira. Com a decisão, os parlamentares se mantém em seus mandatos até o julgamento do caso pelo TRE, ainda não marcado. 

Os treze vereadores e um suplemente foram cassados por receber doações em 2008 da Associação Imobiliária Brasileira (AIB), entidade de fachada criada pelo Secovi (sindicato da habitação) para financiar campanhas, segundo o Ministério Público.

Fonte: Agência Estado