SÃO PAULO – Depois seis anos na casa dos 60%, a AmBev voltou a ter 70% do mercado brasileiro de cervejas, segundo apurou a Nielsen no mês de setembro.

A participação de mercado da líder de vendas, dona das marcas Skol, Brahma e Antarctica, cresceu 0,8 ponto percentual no mês, para 70,0%, enquanto a Schincariol perdeu 0,5 ponto percentual, fechando o nono mês do ano com 11,6%. A Petrópolis, que fabrica a Itaipava, caiu de 9,9% para 9,8%. A Femsa, que anunciou recentemente que colocou sua divisão de cervejas à venda, continua com a mesma fatia de mercado: 6,9%.

Fonte: G1