Continua a pressão contra a candidatura do deputado federal Ciro Gomes ao Planalto em 2010. A candidata do presidente Lula, a ministra Dilma Roussef agendou para esta terça, 13, um encontro dela com a bancada federal do PR em Brasília. Mas, Dilma decidiu juntamente com a cúpula nacional do Partido da República convidar para essa reunião o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e o ex-governador Lúcio Alcântara.

O encontro de Dilma, Roberto Pessoa e Lúcio Alcântara objetiva pressionar Ciro a desistir de sua candidatura. Caso Ciro mantenha seu projeto presidencial, o PT irá romper com o governador Cid Gomes e terá candidato ao Governo do Ceará. O PR também tem a intenção de ter candidato a governador e a senador, e assim Dilma trabalha para ter dois palanques no Ceará. Outra possibilidade que deve ser discutida entre a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef e o PR, é o PT cearense romper com o Governo Cid Gomes e apoiar a candidatura do prefeito Roberto Pessoa indicando o vice-governador e um candidato a senador, o ministro da Previdência, José Pimentel.

O prefeito Roberto Pessoa disse ao portal CearaAgora.com.br que viaja nesta terça para Brasília em companhia do ex-governador Lúcio Alcântara para participar do jantar da bancada federal do PR com a ministra Dilma Roussef. Nesta segunda, feriado de Nossa Senhora da Aparecida, Roberto Pessoa passa o dia no Maciço do Baturité em contatos com lideranças políticas visando fortalecer seu projeto de candidatura própria do PR.

” Minha candidatura ao Governo do Ceará é irreversível. Quem quiser apostar contra irá surpreender-se. Nosso empenho é apresentar uma alternativa viável ao projeto que está aí e que está decepcionando a todos os cearenses”. Essa declaração do prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, comprova seu empenho em conseguir fechar uma aliança eleitoral com o PT ou o PSDB para se contrapor a reeleição do governador Cid Gomes.

Fonte: Portal Ceará Agora