O Ministério das Relações Exteriores informou neste sábado que o corpo da brasileira Ana Isabel Pinheiro da Silva, que estava em Samoa no último dia 29 de setembro, quando um tsunami atingiu a região, foi identificado nesta sexta-feira (9).

O último contato de Ana Isabel com a família ocorreu por meio de um e-mail enviado no dia 24 de setembro.

No dia 29, um forte terremoto no sul do oceano Pacífico causou um tsunami na costa das ilhas de Samoa e Samoa Americana alagando vilas, arrastando carros e pessoas. O tremor teve magnitude entre 8 e 8,3 graus na escala Richter e atingiu o oceano Pacífico, a 32 km de profundidade e a 190 km da Samoa Americana e 200 km de Samoa.

Há um ano, Ana Isabel foi estudar inglês na Nova Zelândia. Nesse período, fez viagens pela região até que, em 16 de setembro, ela e uma amiga viajaram para Samoa. A irmã dela, Risomar Pereira, disse, segundo a BBC Brasil, que a família conseguiu um contato na capital samoana, Ápia, através de uma amiga de Ana Isabel que mora em Salvador, e com isso descobriu que ela se encontrava na cidade no dia do tsunami.

O tsunami chegou a ser sentido em uma ilha do Japão, a 7.500 km do ponto de origem, na costa da ilha indonésia da Sumatra.

Fonte: Folha Online