Os bancários conquistaram, em negociação na manhã desta quinta-feira, dia 8, com a Nossa Caixa e o Banco do Brasil, a distribuição do montante de R$ 60 milhões entre os funcionários do antigo banco estadual paulista e recentemente adquirido pelo BB.

“Esse montante será distribuído de forma linear entre os trabalhadores, faltando ainda definir a forma de enquadramento”, afirma o secretário-geral da Contraf-CUT e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, Marcel Barros.

A negociação será retomada ainda nesta quinta-feira, às 13h30, para acertar os detalhes da proposta e da distribuição.

Greve arrancou negociação

Com a forte greve que atingiu praticamente todas as agências e departamentos da Nossa Caixa, o BB se comprometeu a construir junto com as entidades sindicais e a direção do antigo banco paulista uma proposta de participação nos lucros e resultados para os funcionários.

“Faz dois meses que estamos debatendo a PLR com o banco, que até agora não fez nenhuma proposta. Tivemos de ampliar a greve para retomarmos as negociações. Agora, esperamos que o BB tenha entendido o recado e ajude a resolver o problema, valorizando os bancários por meio de uma participação baseada nos resultados”, diz Raquel Kacelnikas, diretora do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo