O número isoladamente pode não dizer muito, mas quando comparamos com outros gastos vê-se a falta de compromisso do prefeito com a cidade. Basta dizer que o orçamento para a construção, ampliação e reforma dos CEUs e escolas é de R$ 90,1 milhões.

Publicidade x interesse público
– A escalada dos gastos com publicidade é descarada em São Paulo. No primeiro ano da administração (2008) foram de R$ 31 milhões. Subiram para R$ 80 milhões e 2009 e a previsão é de R$ 105 para 2010.

O argumento do prefeito é que os gastos com publicidade atendem a um interesse público. Segundo nota oficial de sua assessoria, a prefeitura “investe a verba de publicidade na divulgação de programas de interesse da população, com campanhas informativas, de prestação de serviços e contas”.

Onde foi parar, então, a fatia deste recurso para divulgar a eleição, por exemplo, do Conselho Municipal de Habitação? Quer campanha de maior interesse para a população do que esta? Nem uma linha nos jornais, revistas, ou em sites da internet. Ou a divulgação para as etapas municipais de importantes conferências institucionais que reúnem a sociedade para debater políticas públicas como a Conferência Nacional de Educação, de Igualdade Racial, de Juventude, das Mulheres, de Segurança Pública…… Não ficou sabendo? Pois é, a prefeitura não divulgou.

Então, onde o interesse público está sendo atendido? Talvez fosse melhor corrigir a nota da prefeitura, porque o que ocorre, de fato, é que a verba de publicidade é usada para atender o interesse da administratação de Kassab.

http://www.vermelho.org.br/blogs/renatamielli