Guilherme Leal
Guilherme Leal

SÃO PAULO – A provável candidatura da senadora Marina Silva (PV-AC) à sucessão presidencial em 2010 ganhou reforço nesta quarta-feira com o ingresso no PV do empresário Guilherme Leal, um dos controladores da Natura, cotado para ser vice na chapa. Leal não confirmou que poderá compor a candidatura, mas deixou a questão em aberto.

Quem assina uma ficha (partidária) antes de 3 de outubro se coloca à disposição de um projeto político – disse Leal a jornalistas, referindo-se à data-limite para que um político que queira concorrer às eleições de 2010 se filie a uma legenda.

Leal, que disse já ter votado no PT e no PSDB, é velho conhecido de Marina.

– Conheci Guilherme Leal pelo trabalho desenvolvido no Instituto Ethos, e ainda como senadora, antes de ser ministra – declarou Marina, que esteve à frente do Ministério do Meio Ambiente do governo Lula de 2003 a 2008.

Durante a cerimônia, também assinaram a ficha de filiação do PV Roberto Klabin, diretor executivo da Klabin, Fernando Garnero, da Brasilinvest, e João Guerino Balestrassi, do Banco de Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo, aclamado como futuro candidato ao senado pelo partido em seu Estado.

Também se filiaram a apresentadora Ana Paula Junqueira, o ambientalista Enrique Svirsky e o jurista José Afonso da Silva, entre outros.

Marina, que assinou as filiações, disse que todo o grupo é “altamente qualificado”. Ela afirmou que o partido não adota o pragmatismo. Porém, ao explicar a aliança que o PV mantém com o governador José Serra (PSDB) e o prefeito Gilberto Kassab (DEM) em São Paulo, disse que as alianças regionais não levam a um “engessamento” do partido.

– Não vamos nos engessar. Não será pela divisão nos moldes tradicionais. É mais complexo. E não vejo incoerência política nisso.

Fonte: O Globo