O governo federal deve anunciar nesta quarta-feira (30) um pacote de medidas para acabar com a exclusividade das operadores de cartão de crédito no País. Segundo informações do jornal Valor Econômico, devem ser apresentadas oito medidas, das quais cinco devem ter implantação imediata.

A mais importante delas, de acordo com o jornal, é a regra que acaba com a exclusividade da Redecard e da VisaNet, permitindo com que os lojistas trabalhem com todas as bandeiras de cartões sem ter de fechar um contrato de exclusividade com as duas companhias.

O governo também quer o fim da verticalização, acabando com a presença da VisaNet e da Redecard em todas as fases do processo. Atualmente, as companhias são responsáveis pelo cadastramento dos estabelecimentos, pelo processamento das transações, pelo aluguel dos terminais e pela compensação e liquidação das operações.

Outra proposta do governo prevê que os comerciantes aceitem todos os cartões em uma mesma “maquininha”, com a criação de uma rede compartilhada. O governo também propõe ao lojista a possibilidade de diferenciar o preço para o pagamento à vista nas transações.

Segundo o jornal, as operadoras terão o prazo de 18 meses para implantarem as mudanças.

Fonte: Ultimo Segundo