A agência do Bradesco localizada no encontro das ruas Senador Alencar e Major Facundo, no centro de Fortaleza, foi ocupada na manhã de ontem 29 por manifestantes partidários da greve dos bancários apoiado pelo Sindicato dos Bancários do Ceará.

Banda de música, tambores, apitos, sistema de som, gritos de ordem, bandeiras e teatro foram recursos usados para inviabilizar o atendimento na agência que resistia à greve.

A gerência do banco já aguardava a manifestação. Os grevistas encontraram as portas abertas e a entrada giratória retirada. Os seguranças ficaram à distância e os clientes atônitos. Por volta de meio-dia, dezenas de quentinhas foram fornecidas dentro da agência para um “almoço social”, nas dependências do próprio banco, que reforçou a paralisação.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, 32 sindicatos deram suporte à greve e o balanço do dia anterior registrava a interrupção dos trabalhos por 69 da categoria.

Com a ocupação da agência do Bradesco no Centro a greve da categoria segue em frente. Já os funcionários dos Correios, em estado de greve, farão reunião para retomar a paralisação.

Almoço social –  Por volta do meio-dia de ontem 29, quentinhas foram servidas dentro da agência do Bradesco no Centro de Fortaleza (encontro das ruas Senador Alencar e Major Facundo) para um almoço coletivo dos grevistas. O atendimento de clientes no local ficou inviável.

Fonte: O Povo

Anúncios