A América Latina deve ver um crescimento de 3 por cento em 2010, avaliou uma autoridade do Banco Mundial (Bird), segundo informou a agência de notícias Reuters. O líder deve crescimento é o Brasil.

Augusto de la Torre, economista-chefe da entidade para a América Latina e o Caribe, afirmou na segunda-feira, 28, que neste ano a economia da região deve encolher cerca de 2 por cento.

“(Mas) há uma crescente visão de que o pior da crise acabou”, disse. Ele acrescentou estar claro que o Brasil e outros países com fortes laços com os mercados chinês e outros asiáticos já saíram da recessão.

Já o México e outros países da América Central que dependem mais dos Estados Unidos demorarão mais para se recuperar, acrescentou de la Torre.

Embora a região tenha se saído relativamente bem durante a crise do último ano, de la Torre ressaltou que a forte queda da atividade econômica ainda está mostrando seus efeitos. Entre eles, o aumento de em torno de 10 milhões de pessoas entre os pobres da América Latina.

Fonte: O Povo Online

Anúncios