BERLIM – Após vencer as eleições legislativas deste domingo, de acordo com projeções de boca-de-urna, a chanceler conservadora Angela Merkel declarou que irá formar um governo de centro-direita junto com os liberais do partido FDP.

Pelos últimos quatro anos, Merkel governou através da “grande coalizão”, entre a União Democrata Cristã (CDU) e o Partido Social Democrata (SPD). A aliança entre as duas maiores forças políticas do país só havia ocorrido devido à margem estreita que o partido de Merkel havia obtido nas eleições passadas, mas os resultados deste domingo garantiram uma maioria confortável aos conservadores e liberais no Parlamento.

Segundo Peter Fischer-Bollin, presidente da Fundação Konrad Adenauer no Rio de Janeiro, o fim da “Grande Coalização” é importante para retomar a “normalidade”, com a presença de uma “oposição mais influente e atuante” na Alemanha.

Após o resultados das pesquisas de boca-de-urna deste domingo, o candidato do Partido Social-Democrata (SPD) e ministro de Assuntos Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, admitiu a derrota “amarga” de sua legenda, anunciando uma “oposição dura” no parlamento alemão.

Fonte: Jornal do Brasil