O gigante da informática chinês Lenovo leva às lojas seu smartphone OPhone nesta quarta-feira (16), em parceria com a operadora China Mobile. A intenção da companhia é colocar o OPhone em concorrência direta com o popular iPhone, da norte-americana Apple.

Empregados da China Mobile mostram o OPhone, com o qual operadora e fabricante Lenovo querem conquistar 50% do mercado
Empregados da China Mobile mostram o OPhone, com o qual operadora e fabricante Lenovo querem conquistar 50% do mercado

“Esperamos que o OPhone fique com pelo menos 50% do mercado chinês do smartphone [telefone celular multimídia] dentro de três a cinco anos”, declarou Huang Xiaoqing, presidente do Instituto de Pesquisas da China Mobile, em cerimônia em Pequim.

O OPhone funcionará com um sistema operacional desenvolvido pela operadora China Mobile (que tem quase 498 milhões de assinantes), e com a plataforma tecnológica de terceira geração TD-SCDMA.

Lu Yan, presidente da Lenovo Mobile, explicou que cada aparelho tem um custo de produção de mais de US$ 200, mas que o preço de venda vai variar em função das assinaturas com a China Mobile.

A Lenovo espera começar a vender o OPhone no próximo mês, no mercado mais importante do mundo para a telefonia celular, com mais de 700 milhões de assinantes.

A China Unicom, que tem 141 milhões de assinantes, anunciou por sua vez mês passado um acordo plurianual para comercializar o iPhone da Apple no quarto trimestre de 2009.

Fonte: Folha Online

Anúncios