As regiões Nordeste e Norte bateram recorde na criação de empregos no mês de agosto –considerado o maior já registrado na história no mês de agosto pelas medições feitas até hoje pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O Nordeste respondeu pela geração de 65.751 postos ou 1,38% e o Norte por 18.673 postos ou 1,41%. Ao todo, o país criou 242.126 mil empregos formais no período.

Historicamente o Sudeste concentrou a maior geração de vagas, sendo 106.085 postos ou 0,59% e o Sul respondeu com 7.408 postos ou 0,63%, os segundos maiores saldos, e Centro-Oeste (14.209 postos ou 0,59%), o terceiro melhor desempenho histórico para o mês.

Em termos absolutos, os destaques por Estado foi São Paulo (77.983), segundo maior saldo da série para o mês, Pernambuco (18.990), saldo recorde no período, Rio de Janeiro (15.841) e Paraná (14.437), ambos com o terceiro maior saldo; e Ceará (13.790), resultado recorde no período. Apresentaram também recordes para o mês os Estados da Bahia (11.085), Rio Grande do Sul (10.983), Amazonas (6.549), Rondônia (3.401), Piauí (2.765) e Acre (841).

Fonte: Jornalismo Bandeirantes