A cidade de Fortaleza viverá dias de efervescência do debate sobre políticas públicas de comunicação. Enquanto estudantes, comunicadores populares, empresários e diversos setores da sociedade preparam a Conferência Nacional de Comunicação, prevista pra dezembro, a Prefeitura de Fortaleza realiza um ciclo de debates relacionando a comunicação com diversos temas. São as Pré-Conferências Municipais de Comunicação, atividades gratuitas, sem necessidade de inscrição prévia, que acontecem em setembro.

Neste período, quatro temas se cruzam com a Comunicação: Cultura, Juventude, Educação e Direitos Humanos. O ciclo de debates tem início às 14h nesta quinta-feira, 17, na Casa Eusélio Oliveira (Casa Amarela, UFC), quando serão discutidos os diversos pontos de contato entre Comunicação e Cultura.

Logo depois, no dia 19, a Juventude se soma à Comunicação no Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), levando suas questões e propostas, durante um dia inteiro de atividades. Também no Imparh, a Educação promove encontro com professores e educadores sociais dia 24.

O último ciclo de debates acontece na Faculdade Farias Brito, dias 25 e 26, com os o acolhimento de propostas dos diversos segmentos que defendem o respeitos aos Direitos Humanos na comunicação.

“Nosso maior interesse é fazer com a cidade tenha, como legado desta gestão, ações que, independente do governante, marquem e determinem mudanças profundas na vida de cada cidadão. A formação política e técnica na comunicação é um desses casos. Por isso, nosso desejo e empenho para que a Conferência Municipal de Comunicação consiga avançar em temas polêmicos, como a concentração da mídia, a participação popular, o respeito aos direitos humanos na mídia e as concessões das rádios comunitárias”, antecipa Joana Dutra, coordenadora do Núcleo de Comunicação Popular do Cuca Che Guevara e da Comissão Organizadora da I Conferência Municipal de Comunicação.

Comunicação e Cultura –  Quando: 17 de setembro

Onde: Casa Amarela Eusélio Oliveira (UFC) / Av. da Universidade, 2591 – Benfica –Fortaleza

14h – Mesa 1 – Comunicação e Cultura Digital (Direitos autorais (Legislação) / Propriedade Intelectual / Licenças (Creative Commons e outras) / Possibilidades de produção, circulação, recepção e consumo dos diversos conteúdos artísticos).

16h30min – Mesa 2 – Comunicação é Cultura: experiências virtuais de mídia livre e colaborativa em interface com a cultura.

Comunicação e Juventude – Quando: 19 de setembro

Local: Imparh (Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos) / Avenida João Pessoa, 5609

Abertura: Afonso Tiago (Secretário Municipal de Juventude)

09h – A Imagem do Jovem na Mídia e Respeito à Diversidade. Com Luciana Lobo (Coordenadora do Projeto de Extensão da UFC TVez: Educação para o Uso Crítico da Mídia) e Rosendo Amorim (professor de Comunicação Social da Unifor)
Debatedor: Rafael Mesquita (IJC/Conselho Municipal de Juventude)

11h – Mídia livre para a juventude: Internet, novas tecnologias e educação. Com Amanda Nogueira (Catavento) e Gecíola Fonseca (publicitária e educadora social)
Debatedor: Leonardo Sá (Coordenadoria Municipal de Juventude)

14h – Juventude, formação e produção de alternativas em comunicação. Com Joana D’arc Dutra (Coordenadora do Núcleo de Comunicação Popular do Cuca)
Debatedor: Valdenor Moura (Coordenador do Projeto TV Janela)

16h – Plenária final com reunião de propostas para a I Conferência Municipal de Comunicação
* A partir das intervenções no microfone e da coleta de sugestões numa urna, a mesa reunirá em tempo real todas as propostas dos jovens e tentará agrupá-las, em um só documento. No final apresentaremos tudo no Data show para os ajustes e confirmação dos jovens. Este documento será assinado por todas as entidades representadas.

Comunicação e Educação – Quando: 24 de setembro

Local: Imparh (Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos). Avenida João Pessoa, 5609

14h – Experiências de Educomunicação nas Escolas Municipais de Fortaleza
Projeto Segura essa Onda – ONG Catavento, Projeto Primeiras Letras – ONG Comunicação e Cultura

16h30 – Comunicação e educação: diálogos necessários. Com Prof.dr.Adilson Citelli – Professor Titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. *Atua nos cursos de graduação e pós-graduação da ECA/USP. Faz parte da recém criada linha de pesquisa em educomunicação junto ao programa de pós-graduação em Ciências da Comunicação da ECA/USP. E Joana D’arc Dutra – Jornalista, Coordenadora do Núcleo de Comunicação Popular do Cuca.

Comunicação e Direitos Humanos
Quando: 25 setembro (das 18h30 às 20h30) e 26 setembro (das 8h às 18h) de setembro

Local: Faculdade Farias Brito (Teatro Nadir Sabóia). Rua 8 de setembro, 1331 – Varjota (próximo à avenida Júlio Abreu, continuação da avenida Dom Luis).

25/09 – Sexta

18h30 – Solenidade de Abertura

19h às 20h30 – Comunicação e Direitos Humanos. Com Glória Diógenes (Secretaria de Direitos Humanos de Fortaleza)

26/09 – Sábado

08h às 10h – Mídia e discriminação: participação das populações e (des)construção de estereótipos. Com Inês Vitorino (Universidade Federal do Ceará – UFC)
Debatedores: Chico Pedrosa (Grupo de Resistência Asa Branca – GRAB) e Ivaldo Paixão (militante do movimento negro)

10h30 às 12h30 – Mídia e inclusão. Com Flávio Arruda (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza – Etufor). Debatedor: Xyco Theóphilo (Comissão de Políticas Públicas Municipais para a Atenção às Pessoas Com Deficiência)

14h às 16h – GTs por população (levantamento de propostas)

16h30 18h – Acolhimento das propostas

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

Anúncios