O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao desembarcar em Fortaleza, às 10h30min desta quinta-feira (10), concedeu 51min de entrevista exclusiva para a Rádio Verdes Mares AM e para a FM 93. Ainda na Base Aérea de Fortaleza, os locutores Paulo Oliveira e Paulinho Leme comandaram o bate-papo com o presidente. O presidente Lula concedeu detalhes sobre a siderúrgica e refinaria do Ceará, a situação do Metrô de Fortaleza, a polêmica do pré-sal e a sucessão presidencial.

Investimentos no Ceará garantidos: siderúrgica e refinaria no Estado

“Não temos noção do que vai ser o Estado do Ceará quando tiver implantado aqui, em Fortaleza, uma refinaria de 300 mil barris/dia que vai custar R$ 17 bilhões para ser feita. E nem com a siderúrgica, que se Deus quiser volto aqui em dezembro pra gente começar a terraplanagem…”.

Frases do presidente Lula na entrevista às rádios do SVM

Visita a Fortaleza: “Eu vim pra cá para ficar na praia no final de semana”;

Educação: “Graças a Deus, saio da Presidência da República com a consciência de que sou o presidente que mais investiu em educação nesse País”;

Empregos: “Nós vamos terminar este ano com 1 milhão de empregos novos com carteira profissional assinada”;

Metrô de Fortaleza: “Quando tomei posse… não tínhamos dinheiro. Qual foi o primeiro passo? Pingávamos dinheiro para que não parassem totalmente as obras. Depois de 2005, nós começamos a colocar mais recursos no metrô, mas começaram a aparecer problemas – ora no Tribunal de Contas da União, ora empresa brigando com empresa”;

Pré-sal 1: “O petróleo é da União. Portanto, o petróleo é do povo brasileiro. Consequentemente, a riqueza do petróleo será distribuida para todos os brasileiros”;

Pré-sal 2: “Com o fundo [dos lucros do pré-sal], vamos fazer investimentos e priorizamos quatro coisas: educação, ciência e tecnologia; meio ambiente; cultura e cuidar da pobreza desse país. E aí, todos os estados terão partes iguais. Obviamente, que levamos em conta os estados onde o petróleo está mais próximo – e trataremos isso com carinho”;

Sucessão presidencial: “Veja, eu vou lhe contar uma coisa de coração. Eu acho que o Brasil está vivendo um momento rico, porque se a disputa se der entre Dilma e Ciro ou entre Marina, Dilma e Ciro, acho que já é um avanço extraordinário para o Brasil”;

Sucessão presidencial: “Confesso para vocês que vai ser uma eleição disputada, acho que nós vamos disputar as eleições num momento muito bom e penso que a base do governo vai ganhar as eleições”.

Fonte: Portal Verdes Mares