Foi lançado na noite de quinta-feira (10), em São Paulo, na sede da CUT, o livro “O Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos”. A primeira publicação elaborada pela Central, neste gênero, foi realizada em parceria com o Arquivo Nacional e com a Associação Latino-Americana de Arquivos (ALA), e faz um resgate das lutas histórica do movimento operário. Na platéia sindicalistas, pesquisadores e universitários puderem resgatar parte da memória da luta travada pelos trabalhadores.

O secretário-geral da CUT, Quintino Severo, abriu o evento ressaltando que o trabalho tem como finalidade a preservação dos momentos significativos da trajetória do movimento sindical. “O livro traz aos leitores, além da reflexão a necessidade de manter viva a memória. Não é possível construirmos o futuro sem olharmos o passado. Guardar a história é fundamental para nossa estratégia de luta, e esse é um dos objetivos da publicação”.

O presidente da CUT, Artur Henrique, acrescentou dizendo que a Central tem consciência de tal necessidade. “Esse resgate é um importante instrumento para o fortalecimento da entidade que pretende até 2013, data de comemoração de 30 anos, retomar por completo toda trajetória de lutas dos trabalhadores que sacrificaram suas vidas e por muitas abdicaram de suas famílias. Este é um momento importante que dá início a este processo.

“Não podemos apagar o que foi a ditadura no Brasil ela precisa ser relembra para que esses mesmos erros não voltem a ocorrer. Esse é um debate importante para que possamos avançar na democracia de nosso país”, enfatizou Artur.

Presente no lançamento, Inez Stampa, do Arquivo Nacional e Gerente de Coordenação do Memórias Reveladas, apresentou o projeto “Os Arquivos dos Trabalhadores presente no Memórias Reveladas: Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1965-1985)”.

Na avaliação de Inez, a preservação da luta dos trabalhadores do campo e da cidade, que ajudaram a construir um país democrático, traz para o conjunto da sociedade experiências de vida que precisam ser compartilhadas.

“O material tem como objetivo trazer a público acervos sindicais que têm um grande valor histórico e social. Nossa intenção é promover o reencontro do país com sua história recente estimulando assim o debate político e a conscientização democrática”.

O livro reúne artigos de especialistas brasileiros e estrangeiros nos estudos sobre o mundo dos trabalhadores e seus arquivos e foi estruturado com base no Seminário Internacional “O Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos”, evento promovido pelas mesmas entidades, entre os dias 9 e 11 de setembro de 2008, na cidade de São Paulo.

O material da publicação faz parte do acervo do Centro de Documentação e Memória Sindical da CUT – Maria Ednalva Bezerra de Lima (CEDOC).

Fonte: Ana Paula Carrion – CUT