Protógenes, que iniciou as investigações da Operação Satiagraha, vai se filiar ao PCdoB
Protógenes, que iniciou as investigações da Operação Satiagraha, vai se filiar ao PCdoB

O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz anunciou nesta quarta-feira, em São Paulo, sua filiação ao PCdoB declarando alinhamento com o que classificou de “virada histórica nacional”: a ascensão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao poder. A cerimônia de filiação será no dia 7 de setembro na unidade Vergueiro da Unip, na zona sul da capital paulista.

Protógenes atribuiu seu ingresso na vida pública ao “clamor popular” e classificou a própria filiação a um partido político como uma “data histórica”.

“Elegemos um operário. A classe trabalhadora ascendeu ao poder. Sigo nesta caminhada cívica nacional”, disse o delegado. Ainda de acordo com ele, a definição sobre qual cargo disputará acontecerá três meses antes das eleições e contará com orientação do partido, mas ele irá concorrer em São Paulo.

Com uma trajetória marcada pelo combate aos crimes de colarinho branco, Protógenes foi questionado se o alinhamento ao governo Lula não seria uma contradição por suas iniciativas de arquivar investigações no Congresso Nacional. O delegado afirmou que houve avanços significativos no combate à corrupção durante o governo petista.

Ainda durante o anúncio de sua filiação, o delegado assinou seis intimações de processos administrativos e disciplinares que enfrenta no âmbito da Polícia Federal. Ele atribuiu o aumento das investigações contra si ao anúncio de seu ingresso na política.

Protógenes criticou o governo tucano em São Paulo, citando os enfrentamentos na favela de Heliópolis, ocorridos nas noites de ontem e de segunda-feira. “Se fossem bons administradores, o sistema de segurança pública não estava falido”.

Durante a cerimônia, o conselheiro de Protógenes, Ronald Kuntz, afirmou que uma pesquisa realizada ainda não divulgada mostra que o delegado teria 9,2% das intenções de voto. Esse índice, segundo Kuntz, o deixaria a frente de candidatos como Aloizio Mercandante (PT-SP) e Romeu Tuma (PTB-SP).

Fonte: Portal Terra

Anúncios