Também do Blog do Luis Nassif…

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse ontem não ter a intenção de reforçar o policiamento nas regiões dos Jardins e de Pinheiros às custas de outros bairros. “Eu fico preocupado com a segurança tanto das pessoas mais humildes, das periferias, quanto das autoridades do governo”, disse.

Por Paulo: Nassif,No Diário Oficial do Estado de hoje foi publicada uma resolução do Secretário de Segurança Pública na qual ele cria o Programa de Prevenção e Repreesão de Roubos a Condomínios.

Na prática, ela prioriza o patrulhamento preventivo em locais de maior incidências deste tipo de crimes e determina maior agilidade na investigação da Polícia Civil, inclusive com curso específico na Academia de Polícia.

Ou seja, aquele que mora em condomínio, a partir de hoje, terá a prioridade da polícia.

Nota-se qual é a verdadeira preocupação do governador.

Do ESTADÃO

“Quadrilhas Organizadas atacam uma residência a cada 3 dias em SP”

Levantamento sigiloso revela migração de grupos amadores, que atacam sobretudo nas zonas sul e leste à noite

Marcelo Godoy

A Secretaria da Segurança Pública fez um estudo sigiloso sobre os roubos a residências em São Paulo e concluiu que 223 (um em cada três dias, em média) podem ser considerados “sofisticados”. Os dados foram reunidos pelas Polícias Civil e Militar e vão de 1º de janeiro de 2008 a 30 de junho deste ano. Para considerar um “roubo sofisticado”, ele precisa ter como característica a invasão da casa ou prédio por mais de dois assaltantes, usando armas, disfarces ou outros métodos que indiquem um mínimo de organização.

A Polícia Militar e a Coordenadoria de Análise de Planejamento (CAP) da secretaria dividiram esses roubos entre os praticados por quadrilhas organizadas e especializadas nesse tipo de delito (cerca de 35%) e aqueles feitos por grupos semiamadores, que migraram recentemente para essa atividade (65%).

Leia mais »

Anúncios