“A esquerda terá um candidato a senador. Se não for Chico Lopes (PCdoB), poderá ser o ministro José Pimentel (Previdência Social)”, afirmou, nesta segunda-feira, o senador Inácio Arruda (PCdoB), batendo na tecla de que se faz fundamental que essa corrente esteja representada no cenário da disputa de 2010.

Inácio já admite que o PCdoB está disposto a conversar sobre essa postulação, porque analisa como prioritária a manutenção no Ceará do projeto de governo respaldado pela base aliada do presidente Lula. Ele reiterou apoio à reeleição de Cid Gomes (PSB).

Indagado sobre o fato de Cid Gomes estar apregoando no Interior apenas o nome do presidente regional do PMDB, deputado federal Eunício Oliveira, como senador, enquanto o PT vem difundindo o ministro José Pimentel como opção, o parlamentar reagiu:

“Ainda tem o cenário nacional. Ainda tem muita  coisa pra ser resolvida como quem será candidato. Tem Marina, tem Ciro e se é Ciro e não é Dilma… Acho que o único candidato certo à presidência mesmo é José Serra (PSDB). Para Inácio, até a definição do processo eleitoral, haverá muita conversa entre aliados, sempre com o objetivo prioritário de assegurar a garantia do projeto lulista no Estado.

Fonte: O Povo Online