Ídolos 2009 revela o talento da candidata Lívia Mendonça, 20 anos, e Phelipe Silva, de 18 anos.

Lívia Mendonça trabalha em salão de beleza e não tem experiência em cantar em público. Porém, foi incentivada pela mãe a mostrar suas qualidades vocais. “Não canto pra ninguém, só resolvi cantar para participar do Ídolos 2009. Criei coragem e vim. Sempre morri de vergonha de cantar. Meu sonho é poder cantar, e nem é preciso eu ganhar dinheiro, apenas cantar”, disse Lívia Mendonça pouco antes da apresentação.

Phelipe Silva cantou Frisson, canção que fez sucesso pelo cantor Tunai em meados dos anos 80. Na primeira exibição do programa pela TV, ele foi o primeiro candidato a ser aprovado pelos três jurados do Ídolos 2009.

Phelipe Silva conta que demorou um pouco até descobrir seus dotes vocais, “Comecei a cantar em festivais, e as pessoas foram gostando de mim. Isso me ajudou a continuar”. Depois de mostrar seu talento aos jurados, o candidato ouviu elogios como, humildade, carisma, ótima vibe e sorriso bonito, além dos dotes como cantor. Calainho e Paula, porém, afirmaram que Phelipe Silva ainda tem pontos a serem melhorados, mas que poderá conquistar isso no decorrer do Ídolos 2009. Unanimemente, o rapaz teve sinal verde dos jurados para seguir para a próxima etapa, em São Paulo.

Lívia Mendonça, ao dizer que nunca havia cantado e que estava praticamente iniciando-se no Ídolos 2009, deu a impressão que a moça seria apenas mais uma iniciante querendo aparecer na TV. Puro engano! Lívia Mendonça soltou a linda voz e mostrou um dom vocal natural e um timbre muito peculiar, parecido com o da cantora Maria Bethânia, além da leveza nos gestos e na postura. “Espero que Lívia seja reconhecida não pela opção sexual, mas sim pelo talento que tem como cantora”, disse a mãe da cantora. Ao deixar a sala de audição do Ídolos 2009, Lívia estava muito feliz e emocionada, principalmente, ao dizer em entrevista a Rodrigo Faro que sua alegria naquele momento deu-se também pelo fato de ser uma travesti que passou pela aprovação dos jurados mais exigentes do Brasil.

Fonte:  Ídolos 2009