Fernando Bezerra / Vaumik Ribeiro
Fernando Bezerra / Vaumik Ribeiro

Dois nomes da lista anunciada por Luizianne no dia 6 de junho assumiram ontem seus cargos na Prefeitura. Vaumik Ribeiro e Fernando Bezerra já estão à frente da SAM e da AMC, respectivamente

Marcadas para a mesma hora e data, as posses de dois novos secretários da gestão Luizianne Lins (PT) contaram com apoios políticos e disputaram espaço na agenda dos que já integram a administração. Fernando Bezerra assumiu o comando da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) com as bênçãos do deputado federal e pré-candidato ao Senado pelo PMDB, Eunício Oliveira (PMDB). Já Vaumik Ribeiro, integrante da cota do PT na Prefeitura de Fortaleza, estará à frente da Secretaria de Administração Municipal (SAM) sob o olhar atento do padrinho político, o ministro da Previdência Social, José Pimentel (PT).

No auditório do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), onde ocorreu a posse de Vaumik, estavam sindicalistas, funcionários da SAM e petistas. A figura central do evento, no entanto, foi José Pimentel (PT), tanto pelo comparecimento como por levar seus seguidores ao ato.

O ministro disse ter comparecido para levar a “palavra do presidente Lula de carinho e de empenho” por Fortaleza e pela prefeita Luizianne Lins (PT). “E também abraçar o Vaumik, que é bancário como eu e nós trabalhamos fazendo militância conjunta desde a década de 1980”, disse.

Perfil técnico – Considerado um nome técnico, com experiência sindical e “orientação política”, Vaumik disse que vai buscar avançar em questões como a logística da administração. “Vamos usar a tecnologia da informação para executar em tempo hábil as necessidades da população”, prometeu. Ele disse ter sido orientado pela prefeita a abrir um diálogo permanente com os servidores, além de buscar superar indicadores do primeiro mandato. “A prefeita, em reunião conosco, disse que quer um planejamento melhorado no médio e longo prazo”, afirmou.

Ao mesmo tempo, na sede da AMC, a posse do peemedebista Fernando Bezerra foi planejada para receber o presidente estadual do seu partido, Eunício Oliveira. Devido a um “contratempo”, o parlamentar não pôde estar presente, mas foi representando pelo vice-presidente do PMDB e seu braço direito, Gaudêncio Lucena.

Bezerra, que por quatro anos ficou à frente da antiga Empresa de Trânsito e Transporte Urbano (Ettusa), atual Etufor, durante a gestão de Juraci Magalhães, colocou entre as suas prioridades a extinção da “indústria das multas” em Fortaleza.

Entre as propostas apresentadas pelo novo titular da AMC está a integração de todos os semáforos da cidade no sistema inteligente do CTAFor (Controle de Tráfego em Área de Fortaleza). “Apenas 240 (semáforos) estão sintonizados nesse sistema”, informou.

Investir na educação para o trânsito, segundo Bezerra, também será uma alternativa para acabar com as multas. Outro objetivo do engenheiro de trânsito é evitar que as obras para a Copa de 2014 tragam grandes transtornos para a população. “Nós vamos ser parte direta do sistema, porque o trânsito é fundamental nesses grandes projetos que estão vindo para a cidade”, disse.

E-Mais

> A prefeita até que foi esperada para a posse de Vaumik Ribeiro, mas acabou enviando o assessor especial de seu gabinete, Elmano de Freitas. Enquanto ocorria a posse de seus dois novos secretários, ela participava de uma sessão especial pelo Dia do Orgulho Homossexual.

> Sobre o desafio de assumir uma secretaria onde, no momento, a maioria dos agentes de trânsito está em greve, Fernando Bezerra afirma ter a certeza de que uma “solução imediata” será encontrada. “As pequenas soluções que nós temos representam muito pouco, porque nós temos um pequeno efetivo emergencial”, afirma o presidente da AMC, que na tarde de ontem já se reuniu com uma comissão de grevistas para negociar. No momento da posse, agentes em greve da AMC e concursados aprovados e não convocados para assumir cargos na autarquia faziam um barulhento protesto em frente à sede do órgão.

> Na cerimônia de ontem, o novo presidente da AMC chegou a lembrar que antes mesmo do presidente Lula (PT) ser eleito, em 2002, tinha a ideia de colocar em prática um programa batizado de “Multa Zero” na Capital.

> O ministro José Pimentel evitou falar sobre qual papel vai desempenhar na eleição de 2010 e defendeu que a segunda gestão de Luizianne na Prefeitura seja melhor que a primeira,a exemplo do que defendeu ter ocorrido com o Governo Lula. “O Governo Lula tem orgulho da gestão de Fortaleza. É preciso fortalecer a árvore dessa relação para que meus filhos possam colher o que eu não pude quando tinha cabelos”, brincou.

Fonte: O Povo Online

Anúncios