O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira, na sede do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 3), em Recife (PE), por oficiais dos centros de Comunicação Social das duas Forças

Depois de 26 dias, os comandos da Aeronáutica e da Marinha decidiram encerrar a operação de buscas por corpos ou despojos das vítimas do voo 447 da Air France. O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira, na sede do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 3), em Recife (PE), por oficiais dos centros de Comunicação Social das duas Forças.

Apesar do emprego de 12 aviões e 11 navios militares, nenhum corpo foi encontrado nos últimos nove dias. Os despojos que somente ontem (25) a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco confirmou serem da 51ª vítima haviam sido retirados do mar no último dia 17.

O Airbus A 330 caiu no mar na noite do dia 31 de maio, quando sobrevoava o Oceano Atlântico na rota Rio de Janeiro/Paris, com 228 pessoas de 32 nacionalidades a bordo. Até agora 51 corpos foram resgatados e 177 vítimas permanecem desaparecidas.

Os peritos identificaram os corpos de 14 pessoas. Dez das vítimas são brasileiras, sendo cinco homens e cinco mulheres. Entre os quatro estrangeiros, cujas nacionalidades não foram divulgadas, há três homens e uma mulher.

Fonte: Agência Brasil

Anúncios