Os investimentos estrangeiros no setor produtivo brasileiro ficaram positivos em US$ 3,409 bilhões em abril, melhor resultado desde dezembro do ano passado, segundo dados do Banco Central. No mesmo mês do ano passado, estava positivo em US$ 3,872 bilhões.

Contas externas do Brasil ficam no azul pela 1º vez em 18 meses

Para maio, o BC projeta um resultado positivo de US$ 2,6 bilhões. Até esta terça-feira, já entraram US$ 2,5 bilhões neste mês.

“Isso é um sinal de que o investidor está olhando para o país com um objetivo de longo prazo em um momento em que você tem uma crise dessa dimensão”, disse o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

Os investimentos estrangeiros no setor produtivo brasileiro também reduziram o seu percentual de queda no acumulado do ano. Até março, a queda era de 40%. No acumulado até abril, o recuou foi de 30%.

De acordo com o relatório de contas externas divulgado pelo Banco Central, entraram no país US$ 8,751 bilhões nos quatro primeiros meses desse ano, ante US$ 12,671 bilhões no mesmo período do ano passado.

Ações – Já os investimentos estrangeiros em ações e títulos públicos ficaram positivos pela segunda vez no ano. Considerando apenas as ações negociadas no país, entraram US$ 630 milhões em abril. Com esse resultado, o saldo acumulado em 2009 ficou positivo em US$ 624 milhões.

Nos títulos de renda fixa negociados no país, entraram US$ 66 milhões em abril. No ano, o resultado ainda está negativo em US$ 1,589 bilhão.

Segundo dados parciais de maio, o resultado para ações está positivo em US$ 2,365 bilhões. Em renda fixa, já entraram US$ 811 milhões até esta terça-feira.

Fonte: Folha Online

Anúncios