No Estado do Ceará, ao todo, o programa Bolsa Esporte atende 1.513 atletas de 22 modalidades esportivas distribuídos em três níveis.

752 atletas cearenses de Fortaleza e Região Metropolitana irão receber nesta terça-feira (26), às 15 horas, o Bolsa Esporte, da Secretaria do  Esporte do Estado (Sesporte), na Vila Olímpica de Messejana. O  benefício, com duração de até um ano, é dirigido a atletas com renda  mensal abaixo de meio salário mínimo e que moram em áreas com graves indicadores sociais.

No Estado do Ceará, ao todo, o programa Bolsa Esporte atende 1.513 atletas de 22 modalidades esportivas distribuídos em três níveis. Para os iniciantes em modalidades esportivas, o benefício mensal é de R$ 100,00; os que já participam de competições e que tenham chegado até o 10º lugar recebem R$ 130,00; e para os que já disputam competições regionais chegando entre as seis primeiras posições ganham bolsa no valor de R$ 260,00.

Através da complementação da renda familiar dos beneficiados, o Bolsa Esporte proporciona o desenvolvimento humano através do esporte, realizando ações que possibilitem o combate à pobreza e a melhoria da qualidade de vida, além da descoberta de novos talentos esportivos na Capital e nos municípios do Interior do Ceará.

“Além disso, o Bolsa Esporte estimula a iniciação e a prática esportiva dos alunos das escolas públicas do Estado, bem como o reconhecimento aos atletas com destaque em competições regionais, como as Olimpíadas Escolares”, afirma o secretário do Esporte do Estado, Ferruccio Feitosa.

Um dos exemplos é a promessa nas piscinas olímpicas, Mirna Lorena Araújo, 13. Detentora de 115 medalhas – 18 conquistas em competições regionais, Mirna reside com os pais e irmã mais nova em uma morada de apenas três cômodos no bairro Luciano Cavalcante. A renda dos pais, da dona-de-casa e do autônomo Paulo Alves, é inferior a um salário mínimo, beirando às cifras de R$ 400 por mês. Hoje, o esporte garante R$ 260,00 mensais, já que Mirna consagrou-se Bolsa Esporte de nível III. “Se não fosse essa ajuda, não sei do que seria a nossa vida”, garante o pai Paulo Alves.

Assessoria de Imprensa da Sesporte

Ívila Bessa (ivila@esporte.ce.gov.br – 3101.4415 – 8732.1976)
Fonte: http://www.esporte.ce.gov.br

Anúncios