Após seis meses de vigência da portabilidade numérica, no Ceará, um total de 17.708 usuários solicitaram a migração de operadora de telefonia. Destes, 10.728 foram atendidos e continuam com o mesmo número.

Entre o total de pedidos, no Estado, 11.325 são linhas móveis (sendo 9.782 com código de área 85 e 1.543 com código 88) e outros 6.383, fixas (dividos entre 6.272 de cobertura da área 85 e 111, da área 88).

Entre os números já portados, 7.652 são celulares (sendo 6.677 de DDD 85 e 975 de DDD 88) e 3.076 são fixos (2.993 de código 85 e 83 de código 88). Os acessos móveis lideram em número de pedidos, mas representam uma pequena parcela do total (5,1%). No Estado, são mais 5,5 milhões de celulares.

Brasil – No Brasil, a portabilidade numérica alcançou implantação plena há quase três meses. Na última sexta-feira, mais de um milhão de solicitações de troca de operadora com manutenção do número do telefone foram efetivadas. De acordo com a Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom), entidade administradora da portabilidade, desde que o serviço começou a existir no País, em 1º de setembro de 2008, implantado gradualmente, 1.393.458 pedidos foram registrados. Desses, 1.001.820 estão com o processo concluído. Entre os pedidos efetivados, 673.639 (67%) foram solicitações de usuários de telefones móveis e 328.181 (33%) de fixos.

´O marco de um milhão de acessos portados é um símbolo do êxito do processo no Brasil e expressa, sem dúvida, o exercício pleno do direito do usuário à portabilidade numérica´, destaca o presidente executivo da ABR Telecom, José Moreira.

Fonte: Diário do Nordeste