Fortaleza, capital cearense, vai à luta, preparando-se para a Copa do Mundo em 2014 e querendo mais turistas estrangeiros visitando suas belezas naturais o tempo todo. Fazendo parte dos 9 Estados que compõem o CTI Nordeste, organizadores da BNTM (bolsa de negócios do turismo), o Ceará sediou em Fortaleza a  18ª versão do Brazil National Tourism Mart, reunindo 494 buyers, sendo 53 da Argentina, 46 dos Estados Unidos, 33 da Alemanha, 29 da Itália, 24 da Holanda, 23 da Espanha, 22 do Chile e também do Peru, 18 da Inglaterra, 16 da Bélgica, Suíça e Uruguai, 15 da França, entre outros, como Hungria, Canadá, Áustria.

Nos próximos 3 anos a receita do Ceará no setor deverá chegar a US$ 225 milhões, resultante das 4 mil reuniões na rodada de negócios que aconteceu durante apenas um dia. Esta foi a primeira vez que o BNTM recebeu operadores nacionais.

A presidente da Embratur, Jeanine Pires prestigiou o encontro comercial ao qual compareceram representantes de 29 países. Pernambuco será a sede do BNTM em 2010 e Salvador receberá o evento em 2011, sempre divulgando sol, praias, folclore, artesanato, culinária regional, hotelaria e esportes náuticos dos nove Estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

Ceará está em pleno desenvolvimento no setor de Turismo: com a construção de dois aeroportos — em Aracati e Jericoacoara —, o projeto do Oceanário, primeiro aquário internacional da América Latina que será construído na Praia de Iracema e o novo Centro de Eventos ao lado do atual, a ser concluído em 18 meses, um investimento de R$ 279,754 milhões, ocupando 90 mil metros quadrados de um terreno de 170 mil metros quadrados. A capacidade será de 30 mil pessoas e 2.500 veículos por evento. Será o segundo maior do Brasil. A ordem de serviço para início das obras foi assinada pelo governador Cid Gomes durante o BNTM.

O Aeroporto Internacional Pinto Martins vai ser ampliado, passando a receber 13 milhões de passageiros ao ano. Atualmente tem capacidade para 3 milhões de passageiros anuais. A previsão da Infraero é que a ampliação do terminal esteja completada em 2014.

Fonte: Bemparana.com.br