Segundo a ‘Fortune’, valor recuou de US$ 645 bilhões para US$ 98 bilhões. Seguradora AIG teve a pior perda de posições em ranking.

As 500 maiores empresas americanas viram cair seus lucros em 85% em 2008 – pior resultado em mais de cinco décadas – segundo reportagem publicada neste domingo (19) na revista “Fortune”.

“Os suntuosos lucros que os Estados Unidos registraram nos anos passados não formam parte de uma nova ordem mundial e sim uma bolha que, como o resto, explodiu com estrépito”, afirma a revista em.  

  Recuo dos lucros – “Os lucros caíram 84,7% desde o ano anterior, passando de US$ 645 bilhões para US$ 98,9 bilhões”, detalha a revista, que acrescentou que 2008 “supôs o pior desemenho nos 55 anos de história da lista Fortune 500”, que reúne as maiores empresas dos Estados Unidos.

Sem deixar lugar para surpresas, os setores mais atingidos foram o financeiro e o automotivo, com perdas de US$ 214,3 bilhões para o primeiro, dos quais US$ 99,3 bilhões correspondem a uma única firma, a seguradora AIG.

A AIG, além disso, sofreu a pior queda da lista, do 13º posto para o 245º.

Fonte: G1