O baião é o carro-chefe de muitos outros ritmos que dão o tom do Carnaval 2009 em Fortaleza, entre os dias 21 e 24 de fevereiro. Essencialmente popular, o gênero que abre alas para a folia é uma homenagem a um de seus criadores, o compositor cearense Humberto Teixeira (1915-1979), parceiro do pernambucano Luiz Gonzaga em canções referenciais como “Asa Branca”, “Qui nem Jiló”, “Assum Preto”, “No meu Pé de Serra” e “Baião” – o primeiro dos muitos sucessos da dupla que conquistou o Brasil e outros países na década de 50. Casando tradição e atualidade, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), reverencia o “doutor do baião” através da decoração que ganha as ruas da cidade e no domingo de carnaval, quando intérpretes e músicos locais sobem ao palco armado na Praia de Iracema para prestar um tributo a sua obra musical.

O Pólo Asa Branca, fincado nas areias da Praia de Iracema, à altura da Caixa D´água dos Peixinhos (obra pública do artista plástico cearense Leonilson), concentra a programação de shows noturnos precedidos por cortejos de blocos carnavalescos. Sob o palco armado ao ar livre, cantam ainda Beth Carvalho, Dominguinhos, Chico César, Jair Rodrigues e Elza Soares, além de artistas locais como Waldonys, Chico Pessoa e Dorgival Dantas. No Centro da cidade, o tradicional desfile das agremiações carnavalescas passa pela avenida Domingos Olímpio entre os dias 22 e 24 de fevereiro, a partir de 16h, levando maracatus, escolas de samba, blocos e cordões carnavalescos ao chamado Pólo Humberto Teixeira, vitrine por onde também desfilam a irreverência e a criatividade dos “sujos”, com suas perfomances-surpresas.

Fonte: http://www.divirta-ce.blogspot.com/

Anúncios