O corpo do advogado pernambucano Manoel Bezerra de Matos Neto, de 44 anos, assassinado por homens encapuzados na noite deste sábado (24), em Pitimbu, a uma hora de João Pessoa, capital da Paraíba, foi liberado pelo Instituto de Medicina Legal daquela cidade e segue para Pernambuco.

Manoel era advogado e vice-presidente do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco. Ele estava com a família em casa quando dois homens entraram e dispararam contra ele. O advogado havia denunciado grupos de extermínio no interior de Pernambuco e ficou sob escolta policial durante um ano.

De acordo com o Portal Paraíba 1, os criminosos chegaram a pé levaram o advogado para fora da casa, onde atiraram contra o peito e a cabeça dele.

Fonte: http://jc.uol.com.br/2009/01/25/not_190364.php

Anúncios