Um estudo realizado na Universidade de Massachusetts, nos EUA, sugere que o consumo de sumo de maçã pode ajudar a combater o declínio cognitivo e doenças como a Alzheimer.

Os investigadores usaram um conjunto de roedores para efectuar os testes. Os resultados mostraram que o consumo do sumo ajudou os roedores a terem melhor desempenho nos testes de labirinto, revelando um atraso no declínio da habilidade cognitiva com o envelhecimento, informou o UOL.

De acordo com as conclusões do estudo, os roedores que tomaram durante um mês o equivalente (nos humanos) a dois copos de sumo de maçã registaram uma menor produção da proteína amilóide beta, que é responsável pela formação de placas no cérebro, associadas a doenças como a Alzheimer.

Os investigadores apontaram que são necessários mais estudos para confirmar a capacidade preventiva do sumo.

Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=62&id_news=369676

Anúncios