sem-armasProprietários de armas têm até esta quarta-feira (31) para renovar o registro na Polícia Federal com isenção de taxas e testes psicotécnicos.

Para evitar filas nos postos, que atendem até as 14h, a recomendação é para que o procedimento seja feito pela internet, no site da PF. O documento preenchido por meio da internet tem validade por 90 dias.

Quem deixar para regularizar a situação a partir de 1º de janeiro, mesmo que pela internet, pagará taxa de R$ 60 e será submetido aos testes psicológicos e de manuseio da arma –os valores variam em regiões do país, afirma o Ministério da Justiça.

O proprietário que não entregar, registrar ou renovar o registro terá a arma apreendida e pode ser preso em flagrante por crime previstos no Estatuto do Desarmamento.

A campanha para o registro de armas sem ônus para os proprietários começou em agosto. O ministério infirmou que, neste ano, a Polícia Federal renovou o cadastro de 107.892, registrou 21.292 novas armas e legalizou 56.415. Outras 16.310 unidades foram entregues voluntariamente pelos proprietários.

Fonte: Folha Online

Anúncios