RIO (Reuters) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que todas as refinarias previstas pela Petrobras para serem construídas no Nordeste serão mantidas apesar da crise financeira global.

 Em discurso na abertura do 9o Fórum de Governadores do Nordeste, em Recife, Lula buscou tranquilizar os governadores quanto à capacidade de investimento da Petrobras. A saúde financeira da empresa foi questionada após empréstimos tomados junto à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil.

 “A refinaria do Maranhão, a refinaria do Ceará, a refinaria de Natal, a refinaria de Pernambuco, todas elas serão mantidas”, disse Lula, garantindo aos governadores que “não haverá diminuição nas obras da Petrobras em nem um dólar por conta da crise”.

 Lula assegurou ainda a manutenção dos contratos de navios e sondas para a exploração do petróleo na camada pré-sal, cuja viabilidade foi posta em xeque pela queda do preço internacional do barril.

 O presidente voltou a demonstrar sua confiança de que o Brasil vai superar a crise financeira e salientou a capacidade dos bancos públicos brasileiros.

 “Esses bancos representam praticamente 40 por cento do crédito que nós temos hoje no Brasil. Poucos países do mundo têm isso”, frisou Lula em seu discurso distribuído pela Secretaria de Imprensa do Planalto.

 Ao comparar as ações tomadas pelo governo brasileiro com as dos países europeus e dos Estados Unidos, Lula destacou que o país não está salvando bancos e sim fomentando o crédito.

Fonte: http://br.reuters.com/

Anúncios