Economática mostra que resultado do setor financeiro foi de R$ 6,926 bilhões, contra R$ 6 bi dos outros setores

SÃO PAULO – O lucro dos 15 bancos de capital aberto que operam no País superou, pela primeira vez no governo Lula, o resultado de todos os outros setores no terceiro trimestre, segundo levantamento da consultoria Economática. De acordo com os dados, o setor financeiro somou lucro de R$ 6,926 bilhões no período, contra R$ 6,0 bilhões de todas as 201 empresas não-financeiras – sem considerar os resultados das estatais Petrobras e Eletrobrás e da mineradora Vale.  Entre as companhias não-financeiras, o setor mais lucrativo no trimestre passado foi o de Energia Elétrica. Conforme o estudo, 29 empresas de energia com ações na Bolsa registraram lucro combinado de R$ 2,94 bilhões de julho a setembro. 

Na ponta oposta ficou o setor de Papel e Celulose, em que sete empresas tiveram juntas um prejuízo de R$ 2,66 bilhões – os resultados das empresas dessa indústria foram prejudicados por expressivas perdas com instrumentos financeiros derivativos, notadamente a Aracruz, maior produtora mundial de celulose branqueada de eucalipto.  

Outros setores que apresentaram prejuízo no terceiro trimestre foram o Químico (com perda de R$ 924 milhões) e o de Alimentos e Bebidas (com R$ 12 milhões), segundo a Economática.

 Já entre os destaques positivos ficaram, ao lado do setor elétrico, a indústria de Siderurgia e Metalurgia, com lucro de R$ 1,823 bilhão nos três meses até setembro, e o de Telecomunicações, com ganho de R$ 1,288 bilhão no período.

Fonte: Portal Estadao

Anúncios