chargeCriminosos facilitavam a emissão de carteiras de habilitação e regularizavam veículos roubados. Estão envolidos servidores do Detran, despachantes e donos de auto-escola

Está sendo realizada nesta quinta-feira, 6, em Fortaleza, operação de combate à falsificação de documentos de habilitação e fraudes na regularização de veículos. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de oito estados, além do Distrito Federal, cumprem 24 mandados de prisão temporária e 31 mandados de busca e apreensão, inclusive nas dependências do Detran Ceará.

Segundo a PRF, a organização criminosa envolvia servidores do Detran do Ceará, despachantes e donos de auto-escola. A quadrilha oferecia carteiras de motorista e documentos para regularização de veículos roubados ou clonados.

Durante a Operação Lótus, foram apreendidos grande quantidade de documentos oficiais em branco, como, por exemplo, carteiras de motorista, licenciamento anual e autos de vistoria. Além disso, computadores, armas, agendas, placas de veículos, lacres, dólares, euros e reais e ferramentas para adulteração de chassis também foram encontrados.

Os detidos são acusados de prevaricação, corrupção ativa e passiva, falsificação de documentos, uso de documento falso, tráfico de influência, condescendência criminosa, advocacia administrativa, falsidade ideológica, falso reconhecimento de firma, supressão de documentos, adulteração de veículos e formação de quadrilha.

As investigações foram iniciadas em junho de 2007 e intensificadas nos últimos quatro meses. A operação também contou com a participação Ministério Público Estadual e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

Fonte: O Povo