Em assembléia realizada no dia 22/10, com mais de 1 mil bancários presentes, foi aprovada a nova proposta da Fenaban. No entanto, a proposta dos bancos públicos, Banco do Brasil, Caixa e Banco do Nordeste, foram rejeitadas. A plenária da categoria aconteceu no pátio interno do Sindicato dos Bancários.

“Nunca conseguimos uma greve tão forte, tanto em bancos público como nos bancos privados. Isso não foi à toa, foi fruto da conscientização e da disposição de luta da categoria bancária”, enfatizou o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Marcos Saraiva.
Na avaliação do diretor do SEEB/CE e funcionário do ABN/Real, Clécio Morse, a proposta dos bancos privados foi aceita porque a categoria entendeu que contemplava as demandas dos bancários.

No Ceará, a greve continua nesta quinta-feira,23/10, no BB, Caixa e BNB, devendo ser intensificada em todo o Estado, como forma de pressionar a direção dos bancos públicos e o Governo para negociar cláusulas que contemplem as demandas da categoria bancária. Confira abaixo as propostas apresentadas:

Proposta da Fenaban, aceita pelos bancários:
• Reajuste 10% para quem ganha até R$ 2.500/ 8,15% para quem ganha mais de R$ 2.500
• PLR: 90% do salário + R$ 966, com teto em R$ 6.301
• Adicional da PLR: R$ 1.320 a R$ 1.980, vinculado ao crescimento do lucro em 15% entre 2007 e 2008
• Pisos Portaria: R$ 706,23; Escritório: R$ 1.013,64; Caixa e tesoureiro: R$ 1.416,51
• Gratificação de função: 55%
• Auxílio-refeição: R$ 15,92
• Cesta-alimentação: R$ 272,93
• Auxílio-creche/babá: R$ 196,18
• Requalificação profissional: R$ 784,24
• 13ª cesta-alimentação: R$ 272,93

O que a proposta do Banco do Brasil, rejeitada pelo Ceará, acrescenta:
• Reajuste Todos os níveis do Plano de Cargos e Salários são reajustados pelos 10%; funções e comissões são reajustadas pelos 8,15%
• PLR Modelo fixo: 45% do VP (vencimento padrão = salário-base) + 4% lucro + fixo
• Escriturário: R$ 614 + R$ 1.916,54 + R$ 483 = R$ 3.014,47
• Caixa: R$ 886,61 + R$ 1.916,54 + R$ 483 = R$ 3.286,15
• As. Neg: R$ 1.074,47 + R$ 1.916,54 + R$ 483 = R$ 3.474,01
• Ger. Seg. II: R$ 3.388,10 + R$ 1.916,54 + R$ 483 = R$ 5.787,55 (sem bônus)
• PLR Módulo bônus: Valores a serem pagos aos demais comissionados, de forma que o montante totalize os percentuais divulgados pelo banco, que variam de 1,70 a 3 Valores de Referência – VRs. Complemento condicionado ao cumprimento do Acordo de Trabalho – ATB do semestre
• Outros: Plano Odontológico da Cassi, até 30/junho de 2009
– Isonomia para ausências autorizadas
– PAS – adiantamentos e auxílios, licença para acompanhar pessoa enferma
– Bônus 200 anos: distribuição linear de R$ 120 milhões, cerca de R$ 1.300 para cada um.

A proposta da Caixa, recusada pelos empregados:

Reajuste e PLR
Assume, integralmente, a proposta da Fenaban
Ganhos adicionais no reajuste
Aplicação de 10% em todas as referências salariais do PCS das carreiras administrativa e profissional, mantidos os percentuais entre um nível e outro.
Outros:
• Reajuste do piso de mercado dos cargos componentes do TA1 a TA4 em 10%. Nos demais pisos, 8,15%
• Revisão da estrutura da carreira profissional Compromisso de desenvolver projeto de revisão da atual estrutura da carreira, a ser implementado a partir do primeiro trimestre de 2009.
• Contratação de novos empregados: a Caixa obteve autorização para contratar 3.100 novos empregados. As contratações ocorrerão condicionadas a dotação orçamentária aprovada para o ano em exercício.
• Caixas de RETPV: odos os empregados ocupantes do cargo em comissão de caixa de RETPV serão transferidos para o PV e designados no cargo em comissão de caixa PV. Para isso, será implantado projeto de unificação das baterias de caixas, com criação de bateria única em cada ponto de venda. Com a mudança, o caixa de RETPV terá acréscimo de 25,17% sobre sua remuneração. Inicialmente, serão contempladas 400 agências em todo o país.

A proposta do BNB, rejeitada pelo Ceará:
• Reajuste = Fenaban. A diferença: para a plicação do reajuste de 8,15% exclui-se da soma das verbas salariais o ATS.
• Piso salarial: R$ 1.350,00, englobando o Vencimento do Cargo + Vencimento de Caráter Pessoal + Gratificação Mensal sobre estas verbas para assistente bancário e analista bancário do PCR. O banco se compremete a apresentar, em 90 dias, estudo do Plano de Cargos.
• Adiantamento da PLT 2008 = 50% da regra básica da Fenaban + adicional de R$ 720,com crédito 8 dias corridos após a assinatura do Termo de Ajuste Preliminar do acordo. Limite para o ajuste final da PLR em 9% do LL do exercício 2008.
• Adicionais:criação do Conselho de Associados Camed; estabilidade para membros da Comissão de Ética do BNB; repactuação das dívidas para funcionários, aposentados e pensionistas; regras para concessão de CDC consignado para funcionários, aposentados e pensionitas – limite de crédito = 03 remunerações brutas; margem consignável = 30% da remuneração líquida; prazo = até 60 meses; taxa = cdi+0,20 a.m.

Fonte: SEEB/CE

Anúncios