Dos 15 prefeitos eleitos nas 26 capitais do Brasil, no 1º turno, Iris Rezende (PMDB), 74 anos, que ganhou a reeleição em Goiânia (GO), é o que detém o maior patrimônio: R$ 6.014.045,98 – enquanto a última na lista de patrimônio dos prefeitos eleitos tem R$ 33.448,22, e é Luizianne Lins, 39 anos, petista e atual prefeita de Fortaleza, que ganhou mais quatro anos de mandato. Os dados foram fornecidos pelos próprios candidatos e divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O patrimônio de Iris está dividido entre terras, aplicações, veículos, fazendas e prédios de apartamentos.

Na seqüência dos eleitos mais ricos, está o prefeito reeleito de Curitiba (PR), o tucano Beto Richa, 43 anos, que declarou um patrimônio de R$ 3.473.644,10, parte dele investida em ações. Richa é o prefeito eleito que lidera o investimento em ações.

Todos os eleitos, com exceção de Luizianne, têm parte do patrimônio em imóveis. Segundo Tharcisio Souza Santos, diretor do MBA da FAAP, de São Paulo, o investidor em imóvel é o mais conservador. “É uma pessoa que acredita em bem de raiz, não está interessada, ou não acompanha, o mercado financeiro”, diz.

Santos diz que a tendência de investidores mais informados é migrar parte das aplicações para renda variável. “É um perfil mais arrojado, mais conectado ao mundo moderno”, comenta.

Os prefeitos eleitos em Boa Vista (RR) e Rio Branco (AC), Iradilson Sampaio (PSB) e Raimundo Angelim (PT), respectivamente, destinam parte do patrimônio para investir também em animais. Sampaio divulga na sua declaração de bens rebanhos de gado, enquanto Angelim declara investimento em cabeças de gado e ovelhas.

Veja o patrimônio declarado pelos 15 prefeitos eleitos:

– Goiânia (GO): Iris Rezende (PMDB), 74 anos, R$ 6.014.045,98, em terras, aplicações, veículos, fazendas, prédios de apartamentos;

– Curitiba (PR): Beto Richa (PSDB) , 43 anos, R$ 3.473.644,10, em imóveis, veículos e aplicações;

– Boa Vista (RR): Iradilson Sampaio (PSB) , 56 anos, R$ 2.595.920,00, em fazendas, tratores e rebanhos;

– Campo Grande (MS): Nelsinho Trad (PMDB) , 47 anos, R$ 2.280.598,61, em imóveis, aplicações, terras e veículos;

– Vitória (ES): João Coser (PT) , 52 anos, R$ 2.060.000,00, a maior parte em imóveis;

– Palmas (TO): Raul Filho (PT), 49 anos, R$ 908.402,39, imóveis, cotas de empresa e automóveis;

– Rio Branco (AC): Raimundo Angelim (PT), 50 anos, R$ 510.638,95, em lotes de terras, 50 ovelhas e gado e veículos;

– Teresina (PI): Silvio Mendes (PSDB), 59 anos, R$ 416.493,95, em imóveis, salas comerciais e veículos;

– João Pessoa (PB): Ricardo Coutinho (PSB), 47 anos, R$ 409.282,42, em imóveis, automóvel e investimentos;

– Maceió (AL): Cícero Almeida (PP), 50 anos, R$ 383.000,00, entre apartamento e carro;

– Porto Velho (RO): Roberto Sobrinho (PT), 49 anos, R$ 380.500,00, imóveis e linhas telefônicas;

– Natal (RN): Micarla de Sousa, 38 anos, R$ 263.107,88, em participação em empresas, imóvel e automóveis;

– Recife (PE): João da Costa (PT), 47 anos, R$ 228.562,33, em imóveis e carros;

– Aracaju (SE): Edvaldo Nogueira (PCdoB), 47 anos, R$ 205.311,90, em imóveis e aplicações;

– Fortaleza (CE): Luizianne Lins (PT), 39 anos, R$ 33.448,22, em veículo e ações.

Fonte: UOL

Postado por Erismar Carvalho, às 17h39.

 

Anúncios