O resultado das eleições municipais alternou momentos de sucesso e fracasso para celebridades que se candidataram pelo País este ano, como mostra levantamento feito pelo UOL. A fama das dançarinas Rita Cadillac (PSB) e Gretchen (PPS), por exemplo, não foi suficiente para elegê-las. A ex-chacrete, candidata a vereadora em Praia Grande (SP), não se elegeu. A Rainha do Bumbum, candidata a prefeita na Ilha de Itamaracá (PE), também não foi eleita.

Vários ex-Big Brothers também se deram mal. Taty Pink, da quinta edição do programa da Rede Globo, não foi eleita para a Câmara do Recife. Alberto Cowboy, da sétima edição do programa, não conseguiu eleger-se para a Câmara de Belo Horizonte. Já Rodrigo, vencedor do BBB2, perdeu na eleição para a Câmara de Ribeirão Preto (SP).

No campo da música, o forrozeiro Frank Aguiar (PTB), vice do petista Luiz Marinho, chegou à Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP). Na capital, o cantor de pagode Netinho de Paula (PCdoB) voltou ao êxito dos tempos do grupo Negritude Júnior, sendo o terceiro vereador mais votado de São Paulo, com quase 85 mil votos.

Derrotas
A mesma sorte, porém, não tiveram o apresentador Sérgio Mallandro e a funkeira Lacraia, candidatos a vereador em São Paulo, e o humorista Pit Bitoca, candidato a vereador em Taubaté (PS). No campo esportivo, o atacante Túlio Maravilha (PMDB) foi o terceiro vereador mais votado em Goiânia, com cerca de 10 mil votos, enquanto Dinei (PDT), ex-Corinthians, mesmo com 22 mil votos, não conseguiu se eleger para a Câmara de São Paulo.

Fonte: Jornal O Povo

Postado por Erismar Carvalho, às 10h06.

Anúncios