Rômulo Carneiro ao centro

Em Quixadá, o atual prefeito, Ilário Marques (PT), conseguiu eleger seu sucessor Rômulo Carneiro (PT) com 55,74% dos votos válidos

Com a vitória de Rômulo Carneiro (PT), Quixadá (a 168 km de Fortaleza) não será administrada apenas por um prefeito, mas deve ser governada por um conselho político. O grupo será presidido pelo prefeito recém-eleito e será composto pelo ministro da Previdência, José Pimentel (PT), pela deputada e atual primeira-dama, Rachel Marques (PT) e pelo atual prefeito. Ilário nega que seja a sua permanência pessoal no poder, mas defendeu a continuidade do “projeto político”. “Foi o próprio Rômulo quem sugeriu (o conselho político)”, garantiu.

Ilário, que também é presidente estadual do PT, disse que, por enquanto, vai se dedicar exclusivamente ao cargo. Ele aproveitou para encher de elogios o homem que será o titular do cargo que ocupa atualmente e que ajudou a eleger. “Rômulo surgiu como uma nova liderança. Apostamos nisso”, disse.

Já Rômulo confirmou que Ilário “continuará ao seu lado” e que o grupo político já tem um projeto de governo. “Ele (Ilário) é um grande parceiro. Com certeza, vai continuar nos ajudando. Ele, deputada Rachel, deputado Pimentel e o presidente Lula…vamos continuar o mesmo trabalho que fazemos há 12 anos”, ressaltou.

Os adversários, José Nilson (PSDB) e Mônica Sousa (PSB), no entanto, reclamaram do “projeto” em vigor, alegando que não há geração de emprego e renda e que Quixadá perdeu espaço no cenário econômico do Estado.

A campanha de rua na cidade, localizada no Sertão Central cearense, foi marcada pela rivalidade acirrada entre os cabos eleitorais – devidamente identificados pela cor da camisa. Os petistas, de vermelho em uma esquina, e os tucanos, de azul royal, um quarteirão depois. Em cada sessão, um bate-boca. Segundo o oficial de Justiça a serviço do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Esaú Bandeira, o problema foi acentuado pelo excesso de fiscais registrados pelas duas coligações. Várias denúncias foram feitas à Justiça Eleitoral de ambos os lados sobre corrupção eleitoral, mas não houve nenhum flagrante até a tarde de ontem. O chão das ruas, tomadas de santinhos de candidatos, denunciavam a boca-de-urna, mas também não houve flagrante.

Resultado da Eleição em Quixadá (% em votos válidos)

Rômulo Carneiro (PT), 22.610 votos – 55,74%

José Nilson Filho (PSDB), 16.325 votos – 40,24%

Mônica Castro (PSB), 1.349 votos – 3,33%

Roberto Almeida (PP), 282 votos  -0,70%

Postado Por Erismar Carvalho, às 12h17.