Pega fogo a campanha em São Paulo. Marta Suplicy (PT), Gilberto Kassab (DEM), que tenta reeleição, e o tucano Geraldo Alckmin, os mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto, cumpriram agendas apertadas ao longo do dia de hoje nas ruas da maior cidade do País.

A petista optou por um discurso mais leve e fez um apelo: “não votem em propaganda colorida da televisão”. Por outro lado, o democrata não poupou alfinetadas à Marta, afirmando que ela, se eleita, criaria “novas taxas”. Alckmin procurou demonstrar otimismo: “Quem vai para o segundo turno é o Geraldo Alckmin”.

O segundo turno não parece ser uma preocupação da petista, que afirma estar com a cabeça, ainda, na primeira fase mostrando como está sendo feita a campanha: “É voto a voto todo dia. Ninguém está pensando no segundo (turno), estamos pensando no primeiro.”

Aliás, sobre a campanha paulistana, vale reproduzir o encontro de hoje do candidato Kassab com uma criança, durante caminhada:

“Em quem vão votar seus pais?” indagou o prefeito.

“O papai vai votar na Marta”, respondeu Gustavo, sem pensar muito

“E mamãe?” insistiu Kassab.

“A mamãe…vai votar em você”, respondeu Gustavo, já depois de pensar um pouco.

Fonte:  G1.

Postado por Erismar Carvalho, às 13h25.

Anúncios