O candidato a vereador em Niterói (RJ), Luiz Márcio da Silva, o Marcinho Eletricista (PSOL), é suspeito de ter agredido sua mulher, Alda Cândida Lorena, de 45 anos, que registrou queixa na manhã desta quarta-feira (24) na 79ª Delegacia de Polícia (Jurujuba). Segundo a polícia, Lorena estava muito abatida quando fez a denúncia e por isso não foi encaminhada para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM).

De acordo com o boletim de ocorrência, a agressão que aconteceu na terça (23), por volta das 23h, teria sido motivada pelo fato de o candidato ligar para a mulher e ela não atender ao telefone. A polícia ainda informou que Luiz Márcio da Silva agrediu Lorena com vários golpes no rosto e nas pernas.

Procurado pela reportagem, Marcinho Eletricista não atendeu ao telefone. Segundo a 79ª DP, a mulher do candidato, Alda Cândida Lorena, está passando por exame de corpo de delito nesta tarde.

Fonte: http://eleicoes.uol.com.br/2008/

Postado por Erismar Carvalho, às 14h37.

Anúncios