O ministro Carlos Minc (Meio Ambiente) recebeu sinal verde do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para criar a Polícia Ambiental Federal, com 3.000 agentes especializados em todo o país. O ministro deve apresentar o projeto até o fim deste mês.

“Já vínhamos negociando”, disse Minc. “A decisão final foi tomada numa conversa que tivemos nesta semana, no avião, vindo de Brasília para o Rio. Eu descrevia ao presidente os crimes ambientais que tenho presenciado na Amazônia e ele disse: ‘Minc, tô convencido. Vamos fazer a guarda ambiental’.”

Minc vai conversar ainda com o ministro Tarso Genro (Justiça) sobre a possibilidade de incorporar à nova guarda policiais federais que já trabalham com ambiente, mas afirma que a maioria do efetivo deverá ser contratada por meio de novos concursos.

Folha: http://www1.folha.uol.com.br/

Postado por Erismar Carvalho, às 12h20.