O Banco do Brasil pagará o equivalente a R$ 685 milhões, sob a forma de ações, pela compra do Besc e do Bescri (Besc Crédito Imobiliário), segundo fato relevante divulgado pelo BB na última  sexta-feira 12/09. A incorporação será decidida finalmente no dia 30 de setembro, em assembléia geral extraordinária dos acionistas das duas empresas.

De acordo com fato relevante, o Banco do Brasil emitirá 23 milhões de novas ações ordinárias que serão oferecidas aos acionistas do Besc e da Bescri. O BB se dispõe a trocar 1 ação ON por cada 12,13 ações PNB do Besc. A mesma relação vale para os papéis ON e PNA do Besc, segundo o comunicado. No caso da unidade de crédito imobiliário, o BB oferece 1 ação ON para 1.592,261627 ações ON da Bescri.

De acordo com os bancos, a relação de troca de ações levou em conta o preço médio ponderado das cotações do BB na Bovespa nos últimos 90 dias corridos de 2007, enquanto que o banco estadual catarinense foi avaliado pelo critério do valor econômico-financeiro, apurado pelo método do fluxo de caixa descontado, com a data-base de 31 de dezembro último.

Conforme os bancos, também foi realizada análise do BB pelo valor econômico-financeiro, pelo método do fluxo de caixa descontado, para verificar se o critério escolhido pelas partes foi vantajoso aos acionistas minoritários do Besc e da Bescri.

Fonte: http://www.contrafcut.org.br/

Postado por Erismar Carvalho, às 08h37.