Alguns dos principais bancos do país foram multados nesta terça-feira, dia 2, em R$ 2,525 milhões por descumprirem normas de segurança. Algumas instituições chegaram a ter agências interditadas.

As punições foram determinadas durante a 76ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos da Segurança Privada (CCASP), da Polícia Federal (PF), em Brasília. A CCASP, integrada por representantes dos bancos, bancários, empresas de segurança, vigilantes e Exército, dentre outros, julga os processos abertos em fiscalizações da PF.

O Banrisul foi o campeão, recebendo multas de R$ 1,670 milhão. O Banco do Brasil ficou em segundo lugar, com condenações no valor de R$ 345,5 mil. Além disso, foram interditadas sete agências e dois postos de atendimento do Banco do Estado do Pará (Banpará), Itaú e Nossa Caixa.

“Os banqueiros, apesar de seus lucros astronômicos, continuam descumprindo a lei federal nº 7102/83 e as portarias da Polícia Federal, uma vez que várias unidades funcionam com plano de segurança vencido, alarme inoperante e ausência de vigilante no auto-atendimento, dentre outras irregularidades”, afirma Gutemberg Oliveira, diretor da Fetec-SP e representante da Contraf/CUT.

Por falta de tempo, 121 processos contra bancos não foram apreciados e voltarão à pauta na próxima reunião. Também foram multadas diversas empresas de vigilância pelo descumprimento de normas de segurança.

Na parte da tarde, os membros da CCASP assistiram a uma exposição da Polícia Federal sobre o projeto de estatuto da segurança privada, a ser enviado ao Congresso Nacional, para atualização da lei nº 7.102/83.

Campanha Nacional 2008

O tema da segurança será tratado na próxima negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, agendada para os próximos dias 8 e 9. “Essas multas são a prova de que as agências precisam de melhores condições de segurança. Essa é uma responsabilidade dos bancos e vamos cobrá-los na mesa de negociação”, afirma Carlos Cordeiro, sercretário-geral da Contraf/CUT.

Veja os bancos multados e os respectivos valores:

– Banrisul: R$ 1.670.000,00
– Banco do Brasil: R$ 345.500,00
– Unibanco: R$ 120.000,00
– Itaú: R$ 110.000,00
– Real: R$ 100.000,00
– Bradesco: R$ 40.000,00
– HSBC: R$ 40.000,00
– Banco da Amazônia: R$ 40.000,00
– Nossa Caixa: R$ 20.000,00
– Caixa Econômica Federal: R$ 20.000,00
– Banif: R$ 20.000,00

Fonte: http://www.contrafcut.org.br/

Postado por Erismar Carvalho, às 09h46.