Arquivo da tag: idosos

Familiares de desembargadora Sérgia Miranda sofrem atentado, confirma Exército

A família da desembargadora Sérgia Miranda, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE), sofreu um atentado na última quarta-feira, 4. A informação é da rádio O POVO CBN 1010.

Segundo o Exército, os tios-avós da magistrada, que moram no município de Horizonte, foram agredidos. A idosa teria tido o cabelo molhado com álcool e foi ameaçada de ser queimada. As vítimas já passaram por exames de corpo de delito e passam bem.

Ainda segundo informações da rádio O POVO CBN 1010, representantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) devem vir para Fortaleza para investigar o caso. A rádio tentou ouvir a magistrada, mas ela preferiu não comentar o assunto.

A desembargadora Sérgia Miranda havia decretado ilegalidade da greve dos policiais civis, em 15 de dezembro. A magistrada também decretou ilegalidade do movimento dos policiais militares, na noite da última segunda-feira, 2.

(O POVO ONLINE)

Descontrole da pressão arterial atrapalha cérebro de idosos

fonte:www.fotolog.com/6w9/7975419 foto: Erismar Carvalho

O controle da hipertensão arterial é importante para todos os que sofrem desse problema, mas segundo uma pesquisa recente tem maior importância para os idosos.

Luis Fernando Correia é médico e apresentador do “Saúde em Foco”, da CBN

Segundo os pesquisadores da Harvard Medical School, de Boston, no estado norte-americano de Massachusetts, o descontrole da pressão arterial elevada piora a evolução neurológica dos pacientes acima de 65 anos.

A pesquisa compilou os resultados de um acompanhamento de mais de 40 anos, desde 1963.
Para realizarem o estudo sobre a evolução neurológica foram destacados 357 homens quem ao entrarem no estudo, estavam em boas condições clínicas e apresentavam a pressão arterial estável por no mínimo três anos.

Os testes neuropsicológicos foram aplicados a partir de 1993 e avaliavam a memória recente e a fluência verbal.

Os resultados mostraram que os hipertensos, que não mantinham o controle adequado dos seus níveis pressóricos, apresentavam resultados piores do que os outros. A piora dos resultados foi duas vezes e meia pior nos hipertensos mesmo quando comparados aos idosos com mais de 80 anos.

O decréscimo das funções neurológicas, principalmente da memória, é típico com a evolução da idade, afetando diretamente a qualidade de vida. Como a hipertensão arterial atinge cerca de 60% dos idosos esse resultado mostra a necessidade do controle rígido da hipertensão arterial nos idosos.

Fonte: Portal G1

Acesse também bancariosce.org.br/noticas