archives

Copa 2014

Esta tag está associada a 5 posts

Arena Pernambuco será a mais elitizada do Nordeste para Copa 2014

Fonte: Valor Econômico

Por Murillo Camarotto | Do Recife

A Odebrecht divulgou na semana passada a configuração interna da Arena Pernambuco, um dos quatros estádios do Nordeste que receberão jogos da Copa do Mundo de 2014. No projeto, o número de cadeiras destinadas ao torcedor de maior poder aquisitivo, seja em camarotes, cadeiras especiais ou congêneres, chega a um terço dos 46 mil lugares. O percentual é superior ao das arenas de Fortaleza e Salvador, onde esses lugares não passam de 10,5% do total.

O diretor de Investimentos do Consórcio Arena Pernambuco, Jayro Poggi, informou que a distribuição dos assentos foi definida com base em análises do mercado local, que incluíram pesquisas e entrevistas individuais e em grupo. Os estudos, segundo ele, identificaram uma demanda importante por acomodações mais sofisticadas. “Há um segmento bem amplo desse público que tem uma condição melhor e quer ter privacidade e acesso a serviços diferenciados. E tínhamos que atender a isso”, explicou o executivo.

Quem quiser pagar mais terá à disposição 11,5 mil cadeiras especiais, mais espaçosas e com visão privilegiada do campo de jogo. Também estão previstos 1,6 mil lugares em camarotes e outros 1,9 mil em frisas, espécie de cercado com mesas e cadeiras onde os torcedores poderão ter acesso a serviços de alimentação, por exemplo. Ao todo serão 15 mil lugares “privê”, ou 33% da capacidade da arena. No Castelão, em Fortaleza, serão 10,5%, contra apenas 7,5% da Arena Fonte Nova, em Salvador. Em Natal, as obras da Arena das Dunas estão atrasadas e ainda não houve definição.

Poggi informou também que cada setor do estádio terá mais de uma faixa de preço. Segundo ele, haverá pelos menos dez opções para quem quiser assistir futebol ou algum show musical na Arena Pernambuco, prevista para ficar pronta no final deste ano. Para a Copa do Mundo, o executivo lembrou que a FIFA tem autonomia absoluta sobre a comercialização dos bilhetes.

Um dos fatores que pode explicar a quantidade de acomodações “vip” é o contexto em que o estádio está inserido. Localizada no município de São Lourenço da Mata, região metropolitana do Recife, a Arena Pernambuco será a grande estrela da Cidade da Copa, projeto bilionário que está sendo erguido pela Odebrecht no conceito de “smart city ” (cidade inteligente). Serão construídos edifícios residenciais de médio e alto padrão, universidades, shopping center e hipermercado, entre outros empreendimentos. O local também fica próximo das duas unidades pernambucanas da Alphaville Urbanismo, cujas vendas estão bastante aquecidas.

Além das questões mercadológicas, a maior presença de “áreas nobres” na Arena Pernambuco, quando comparada aos outros estádios do Nordeste, pode ter influências culturais. Na avaliação de estudiosos, há na sociedade pernambucana – com maior ênfase na parte de cima da pirâmide – uma tendência um pouco mais acentuada para a distinção espacial entre as classes sociais, herança que ficou dos tempos, não muito distantes, em que os senhores de engenho comandavam a política e a economia.

“O pernambucano, especialmente o da capital, se vê diferente dos demais cidadãos do Nordeste, devido a uma importância política e econômica que o Estado já teve nos tempos áureos do açúcar. É uma espécie de complexo da aristocracia frustrada”, analisa o cientista social Tulio Velho Barreto, da Fundação Joaquim Nabuco. A perda de importância em nível nacional, ele avalia, pode estar por trás da constante necessidade de auto-afirmação de uma parcela dos pernambucanos.

“Salvador, por exemplo, tem um perfil social mais homogêneo que o de Recife, creio que por conta de nossa elite, que é um tanto mais segregacionista”, analisou o estudioso, que também desenvolve pesquisas sobre as relações entre o futebol e a sociedade. “Com a ascensão das classes mais baixas, o rico vai buscar seu espaço. E o Recife parece ter uma elite mais disposta a ir ao estádio”, completou.

Na mesma linha, a historiadora francesa Christine Dabat, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), observa que os padrões de distinção entre as classes sociais que foram estabelecidos pelo senhor de engenho continuam presentes. “É uma singularidade histórica essa configuração ideológica do que é ser pernambucano”, afirmou a professora, que há 30 anos estuda os reflexos da cultura do açúcar em Pernambuco.

Faz parte do folclore local, por exemplo, ter na ponta da língua a lista dos símbolos da grandeza de Pernambuco, como a maior avenida em linha reta do mundo, o maior teatro a céu aberto do mundo e o maior bloco de carnaval do mundo, entre outras.

FIFA ameaça a cortar quatro sedes da Copa de 2014

A FIFA voltou a cogitar a redução do número de cidades sedes da Copa do Mundo em 2014. Após reunir-se com a diretoria do Comitê Organizador Local (COL) e o Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, o secretário geral da instituição, Jérôme Valcke deixou o alerta “escapar” durante a entrevista coletiva.

“O fato é que um país dedicado, com estrutura e acostumado ao futebol, como é, antes de qualquer outro, o caso do Brasil, pode perfeitamente fazer uma Copa eficiente com dez ou até mesmo oito sedes”, declarou o francês. A frase veio após o secretário geral criticar as obras da Arena das Dunas, em Natal (RN). O emissário da FIFA classificou a obra Potiguar como muito atrasada.

“O estádio de Natal é uma dúvida. Definitivamente há muito atraso. É preciso acelerar o passo para a Fifa ter a certeza de que vai estar na Copa. Teremos um monitoramento especial lá”, revelou Valcke, que adotou um tom “morde e assopra” durante a coletiva, tecendo críticas e elogios ao Brasil. Vale lembrar que no caso de o número de cidades sedes serem excluídas do Mundial, Manaus correria um risco razoável.

A capital amazonense está no grupo das cidades que receberão apenas quatro jogos do Mundial, juntamente com Curitiba (PR), Cuiabá (MT) e a criticada Natal. O “lobby” para que o Rio de Janeiro receba partidas da Seleção Brasileira (o time canarinho só jogará no Maracanã se chegar à final da Copa), também pode representar um risco para a redução do número de sedes.

Compromisso
Diretor da Unidade Gestora da Copa de 2014 em Manaus (UGP Copa), Miguel Capobiango se mostrou tranquilo quanto às declarações de Valcke. Para Capobiango, não há qualquer possibilidade de a capital amazonense ficar de fora do Mundial.

“Sinceramente não vejo essa declaração como ameaça. O Valcke quer apenas pressionar Natal e esse recado dele não é para Manaus. Eu posso afirmar que da forma como as cidades sedes estão comprometidas e empenhadas nos projetos da Copa do Mundo, não há como falhar”, destacou Miguel.

Segundo cálculos da UGP Copa, 31% da Arena da Amazônia já está concluída. A construção do novo estádio amazonense já consumiu R$ 77 milhões entre recursos do Governo do Estado e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A obra da Arena  está orçada em R$ 500 milhões e deve ser concluída em junho de 2013.

Nova visita
Jérôme Valcke retorna ao Brasil em março. Ele terá um encontro com a presidente Dilma Rousseff e visitará as obras em Brasília, Cuiabá e Recife. Ele também deve anunciar o slogan do Mundial e os primeiros Centros de Treinamento para Seleções. A previsão é que a lei geral da Copa já tenha sido aprovada até a visita. Ainda em 2012, o emissário da FIFA e membros do COL virão à Manaus.

Miguel Capobiango –  Diretor da Unidade Gestora da Copa em Manaus (UGP Copa)

1  Como está o andamento das obras da Arena da Amazônia?
Temos 31% da Arena concluída e estamos seguindo o cronograma. Estamos terminando a instalação de duas novas gruas. Elas vão auxiliar na instalação dos pré moldados que formam as arquibancadas inferiores. Montamos um calendário para que os trabalhos não fiquem comprometidos durante o nosso inverno.

2  As obras de mobilidade urbana também foram criticados por Jérôme Valcke. Como está a situação dos projetos amazonenses?
Estamos trabalhando nos projetos do BRT e do Monotrilho. Os projetos estão sendo atualizados. Provavelmente nós já vamos ter uma definição quanto ao BRT até o final do mês. Já em relação ao Monotrilho, nós avançamos nos documentos e nas respostas ao questionamentos da Controladoria Geral da União. O monotrilho é muito mais complexo. Temos questões como terrenos desapropriados e o financiamento da obra.

(PORTAL A CRÍTICA)

Prefeitura de Fortaleza inicia obras de mobilidade urbana para Copa do Mundo

As obras de mobilidade urbana em Fortaleza para a Copa do Mundo de 2014 iniciam-se na próxima terça-feira (23). As intervenções terão início na Via Expressa, no trecho entre as avenidas Abolição e Alberto Sá.

Serão realizados os serviços de fresagem (raspagem do asfalto), recapeamento e sinalização, no mesmo padrão do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor). A interdição da via acontecerá de forma parcial, com uma das faixas por sentido sendo bloqueada por vez. Assim, não será necessário desvio de trânsito e das linhas de ônibus que transitam no local.

A intervenção na Via Expressa faz parte da primeira licitação das obras de mobilidade urbana da Prefeitura, com um valor de cerca de R$ 145 milhões. O valor total para as obras de mobilidade urbana na cidade de Fortaleza que competem à Prefeitura é de R$ 26,5 milhões. Desse valor, R$ 206,6 milhões são provenientes da Caixa Econômica Federal e R$ 54,9 da Prefeitura de Fortaleza, esse último valor envolvendo desapropriações e indenizações. O Prazo de conclusão de todo o pacote de obras é agosto de 2013.

(DIÁRIO DO NORDESTE)

Após “puxão de orelha” da Fifa, Natal diz que está em dia

Após ouvir rôme Valcke criticar o ritmo das obras na Arena das Dunas, o governo do Rio Grande do Norte divulgou uma nota nesta quinta-feira afirmando que a sede está em dia com o cronograma aprovado pela Fifa e COL (Comitê Organizador Local). Em declarações à assessoria de imprensa da Secretaria Especial para Assuntos Relativos à Copa, o secretário Demétrio Torres negou atraso nas obras para o Copa do Mundo de 2014.

“O cronograma que foi apresentado por esta gestão está sendo totalmente cumprido, posso dizer que até mesmo com certa folga, uma vez que em 2011 conseguimos adiantar todas as etapas previstas para o ano com 30 dias de antecedência, e agora estamos iniciando em janeiro uma etapa que estava prevista para ser iniciada apenas em meados de março, que é a instalação do bloco de coroamento para unir as estacas e levantar a estrutura a partir deles”, disse Demétrio Torres.

O secretário afirmou ainda que manteve contato com o COL na última quarta-feira e que nada lhe foi dito sobre atrasos.

“O estádio que está sob monitoramento da FIFA, onde definitivamente há muito atraso. O monitoramento deste estádio vai ser importante para a Fifa”, disse Valcke. “Natal está incluída na Copa do Mundo, mas tem que acelerar”, afirmou Jérôme Valcke, nesta quinta-feira.

A Arena das Dunas teve as obra atrasada um ano e cinco meses por problemas na demolição do antigo estádio, o Machadão, e por discussões entre Governo Estadual e Prefeitura sobre responsabilidades nas obras. Com capacidade para 45 mil pessoas, tem preço estimado em R$ 417 milhões, com R$ 396,5 milhões financiados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) – o restante será pago por parceiros da construtora OAS – e teve início em agosto de 2011, com previsão para término em dezembro de 2013. Neste momento a Fifa acha difícil acontecer.

(Tribuna do Norte)

Secretário-geral da Fifa diz que existe grande possibilidade de Fortaleza sediar sorteio

Portal Esportes O POVO

Jérôme Valcke (esquerda) recebendo informações do Castelão pelo Ferrucio Feitosa (Foto: Deivyson Teixeira/O POVO )

A Fifa deu nesta terça-feira (17), em Fortaleza, o pontapé inicial da série de visitas às 12 subsedes para Copa do Mundo de 2014. O primeiro compromisso começou logo cedo, por volta das 8h30min, no Centro de Eventos do Ceará (CEC), que concorre para abrigar o sorteio do Mundial no Brasil.

A comitiva, liderada pelo secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, e que conta também com a presença do ex-jogador Ronaldo Nazário, membro do conselho administrativo do Comite Organizador Local (COL) da Copa, conheceu as instalações do equipamento, guiados pelo secretário de turismo do Estado, Bismarck Maia, e pelo governador do Estado, Cid Gomes.

A visita durou cerca de 30 minutos. Valcke chegou a comentar que, de tão grande, seria necessário um ônibus para percorrer toda a área do Centro de Eventos.

BOA IMPRESSÃO

Na coletiva, ao fim da manhã, o secretário-geral da Fifa garantiu estar impressionado com o andamento das obras no Centro de Eventos. “”Eu tenho uma palavra pra vocês. O Centro de Eventos é impressionante. Há grande possibilidade de sediar o sorteio para o Mundial. O trabalho de vocês é a melhor promoção que vocês podem mostrar para a Fifa”, comentou.

Valcke também elogiou o acesso do Aeroporto Internacional Pinto Martins ao Castelão e à orla marítima de Fortaleza.

ANDAMENTOS DAS OBRAS

O Centro de Eventos está com 96% das obras concluídas e deve ser inaugurado em junho deste ano.

VISITA AO CASTELÃO

Do Centro de Eventos, a comitiva partiu para o Castelão, para acompanhar o andamentos das obras.

Aproveitando a presença da Fifa, a Preifutura de Fortaleza realizou a assinatura da Ordem de Serviço para o início das obras de mobilidade urbana para a Copa 2014.

INAUGURAÇÃO DO ESTÁDIO

Com 54% das obras concluídas, o Castelão tem previsão para término de suas obras em dezembro deste ano. A praça esportiva será palco da semifinal da Copa das Confederações, em 2013, e também de seis jogos na Copa do Mundo, com possibilidade de receber até duas (uma está garantida) partidas da Seleção Brasileira. a

(O POVO ONLINE)

VISITANTES TOTAIS

  • 8,659,910 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters