Arquivo da categoria: Vídeos e Downloads

Menina encanta o Brasil ao cantar “O que é, o que é”, de Gonzaguinha; veja o vídeo

Vídeos com crianças fofas costumam fazer sucesso na internet. Não seria diferente com Isadora, uma menina de dois anos que aparece cantando a música “O que é, o que é”, de Gonzaguinha. A escolha já seria inusitada para uma criança tão pequena, mas o mais impressionante é que a pequena canta toda a letra, inclusive partes que muitos adultos não lembrariam de primeira.

O vídeo foi publicado na página de Ismael, o pai de Isadora, no YouTube, em dezembro. Mas a filmagem caiu nas graças dos internautas nos últimos duas e tornou-se viral: a maioria dos comentários são de um ou dois dias atrás. Na descrição do vídeo, Ismael conta que a filha curte também outros grandes nomes da música brasileira, mas não abre mão de um grande sucesso infantil.

“Além de Gonzaguinha, ela gosta de Chico Buarque, Almir Sater, Secos e Molhados, Renato Teixeira e…. Galinha Pintadinha!” brincou o pai.

Os internautas não pouparam elogios à garotinha e a seus pais, por conta do repertório escolhido. “Linda!!! Parabéns pelo bom gosto musical!!!”, escreveu Elizabeth Furtado. O usuário Marco Rampanelli também disse: “Parabéns aos pais !!! Que deram de exemplo musica de excelente qualidade”.

“Isadora, parabéns uma canção longa e cheia de vocabulários incomuns as criancinhas, seus pais estão de parabéns, você merece um Oscar, linda linda fiquei emocionada , o mundo precisa de anjos Isadoras e de pais como os seus , guti guti”, brincou Maryna Silva.

(Extra Online)

 

Traficantes brasileiros estão se preparando para lucrar com a Copa; veja reportagem

Uma reportagem da TV britânica Channel 4 mostra como os traficantes brasileiros estão se preparando para lucrar com a venda de maconha e cocaína durante a Copa do Mundo de 2014. A matéria, assinada pelo jornalista Guillermo Galdos, foi exibida em outubro de 2013, mas só ganhou repercussão no Brasil no início deste ano.

Confira o vídeo (Obs.:A cópia com legendas em português foi excluída do Youtube)

“A polícia diz que agora controla estas ruas [favelas]. A realidade é diferente. Aqui também estão se preparando para a Copa do Mundo. Todo mundo quer uma fatia dos lucros”, afirma a reportagem, quando fala sobre a pacificação que o Governo está promovendo nas favelas do Rio de Janeiro.

Com a permissão dos traficantes, a TV britânica consegue filmar a fabricação da cocaína e até conversar com um deles. “O crime não vai parar. Quantas comunidades pacificadas tem no Rio de Janeiro que tem arma, tem droga… Não vai adiantar nada. Que é que nós vamos fazer? Nós vai [sic] tomar várias bocas aí dos melícias, vamos provocar guerra aí no Rio de Janeiro mesmo, nós só não vai [sic] mexer com os gringos, nós vai [sic] deixar eles verem a Copa do Mundo tranquilão”, afirma um dos traficantes.

Entre as favelas que aparecem na reportagem, estão a Favela de Lins, a Mangueira e a Cidade de Deus. O repórter também acompanha a invasão da polícia em uma da favelas do Rio e conversa com um líder comunitário.

(Rádio Verdes Mares)

Saiba quais foram os 5 vídeos mais assistidos de 2013

Paródia com a TIM é vídeo mais assistido do ano no Brasil. Confira abaixo a relação dos 5 vídeos mais populares de 2013 divulgada pelo Youtube (reprodução)

Blog do Lino Bochini

O YouTube, maior plataforma mundial de veiculação de vídeos na internet, divulgou hoje a lista dos vídeos mais populares de 2013, e é possível assistir aos vídeos mais assistidos no Brasil. O campeão foi a paródia “To sem sinal da TIM”, baseada em um sucesso de Rihanna. Em segundo veio “Na Lata”, do Porta dos Fundos e, em 3º, o clipe “Noite de São João – festa Junina da Galinha Pintadinha”. Em quarto está o Rei do Camarote, da revista Veja.

A audiência da crítica bem-humorada à TIM (18,7 milhões de visualizações) é um claro recado às empresas que ainda tratam as redes sociais como um assunto secundário, “menor”. Que ação de marketing conseguiria reverter um rombo de imagem deste porte?

 

1º) Tô sem sinal da TIM, 18,7 milhões de visualizações

 

2º) Na Lata (Porta dos Fundos), 12,6 milhões de visualizações

 

3º) Noite de São João – Festa Junina da Galinha Pintadinha, 12,1 milhões de visualizações

 

4º) Rei do Camarote, 6,6 milhões de visualizações

 

5º) 50 Tons de cinza não faz sentido (Felipe Neto), 6,0 milhões de visualizações

Fraude? Vídeo lança suspeita sobre Valcke e diz que sorteio da Copa foi armado

Um vídeo de origem desconhecida que circula na internet desde sexta-feira, dia do sorteio da Copa do Mundo de 2014, tenta provar que o procedimento foi armado e que todo o evento não passou de uma enganação para que a Fifa pudesse manipular as chaves do Mundial. Nesta segunda-feira, o vídeo já conta com mais de 1,7 milhão de visualizações.

As imagens mostram que as bolinhas do sorteio dadas ao secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, são abertas por ele na frente das câmeras, mas depois o dirigente baixa as mãos para trás da bancada antes de mostrar o papel com o nome da seleção ao público. A suspeita levantada é que, neste momento, ele troca os papéis para exibir um país já pré-determinado. 

O vídeo chama a atenção para outros detalhes: a bolinha do Brasil, que sabidamente já seria o cabeça de chave do Grupo A, é aberta e tem o papel retirado às vistas das câmeras por Cafu; todas as outras bolinhas são manuseadas por Valcke atrás da bancada. A mesma diferença acontece com as posições dos países nos grupos, que foram sorteadas pela apresentadora Fernanda Lima – ela abre a bolinha e puxa o papel sem tirar o objeto do campo de visão do público.

​Segundo o vídeo, outra diferença é que os papéis exibidos por Fernanda Lima voltam a se enrolar quando a apresentadora solta uma das pontas, enquanto os de Valcke permanecem abertos – o que é apontado como um indício de que o secretário-geral não estaria mostrando o papel que estava dentro da bolinha. 

A suposta manipulação da Fifa no sorteio também teve outro defensor: uma conta de Twitter chamada “Brasil 2014 Fraude”, que escreveu um dia antes do evento que tudo estava armado e publicou corretamente a formação do grupo da Argentina, com Bósnia, Irã e Nigéria. Porém, como destacou o jornal Clarín, esse tipo de “previsão” pode ser forjada caso a conta seja privada – basta tuitar todas as combinações possíveis de grupo, depois apagar as erradas e só então tornar a conta pública, para que outros internautas possam ver a publicação.

(Portal Terra)

Bell Marques anuncia saída do Chiclete com Banana após carnaval de 2014

Bell Marques, 61, anunciou na internet, que deixará a banda Chiclete com Banana, a partir do carnaval de 2014.

Nesta terça-feira (10), bastante emocionado, o vocalista do grupo de axé revelou a sua saída em um vídeo do Youtube.

Após a divulgação da informação, o cantor escreveu no Twitter, que esse é um momento muito difícil para ele. O músico ainda agradeceu o apoio e o carinho de todos os fãs.

“Pessoal estarei sempre cantando pra vcs, nunca vou esquecer de todos os momentos vividos, mas agora é um novo jeito de caminhar”, desabafou o baiano.

Por enquanto, não se sabe se Bell apostará em uma carreira solo ou se irá participar de algum outro projeto.

“Chiclete com Banana” existe há 30 anos e é considerado um dos mais tradicionais grupos de axé da Bahia. Eles gravaram 27 discos e dois DVDs.

(Yahoo)

Little Rock (1957) e Fortaleza (2013): semelhança que envergonha o Brasil

Little Rock (1957) e Fortaleza (2013): semelhança que envergonha o Brasil

Brasil 247

Há exatos 50 anos, no dia 28 de agosto de 1963, Martin Luther King Jr., o maior ativista na luta pelos direitos em todos os tempos, fez seu mais célebre discurso, no Lincoln Memorial, em Washington. A frase “I have a dream” (“eu tenho um sonho”) para sempre ecoará como uma obra-prima da retórica política. “Eu tenho um sonho que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação onde elas não serão julgadas pela cor da pele, mas pelo conteúdo de seu caráter. Eu tenho um sonho hoje!”, disse Luther King Jr., na data histórica (confira a íntegra do discurso ).

Seis anos antes, na cidade de Little Rock, no Arkansas, um estado marcado pelo racismo e pelo passado escravocrata, o presidente Dwight Eisenhower enviou tropas militares para garantir a segurança de nove estudantes negras que haviam sido admitidas em uma escola para brancos. Naquele ano, em 1957, os Estados Unidos haviam abolido todas as leis que ainda permitiam a segregação racial e os estudantes protegidos por militares ficaram conhecidos como “os nove de Little Rock” (leia mais aqui ).

Mesmo escoltados, no entanto, estudantes negros eram hostilizados por brancos que combatiam as políticas de igualdade e ação afirmativa, como numa foto que ainda paira como uma mancha na história dos Estados Unidos (veja aqui ).

Cinquenta anos depois do histórico discurso de Martin Luther King Jr., a cena indigna de Little Rock foi repetida em Fortaleza, capital do Ceará, quando uma turba de médicos tomados por um instante de selvageria armou um corredor polonês contra médicos cubanos e passou a gritar “escravos, escravos” 

Assista ao vídeo impressionante:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=TTJLnl6ZWV4

Captada pelo 247, a imagem do cubano Juan Delgado sendo hostilizado por duas médicas brasileiras, captada pelo fotógrafo Jarbas Oliveira, registra, com precisão, o espírito de um tempo. Um tempo mesquinho, egoísta, em que doutores brasileiros, que se negam a atender brasileiros em regiões remotas, hostilizam quem se dispõe a fazer esse trabalho. Uma obra-prima que, certamente, dará ao fotógrafo os prêmios mais importantes de sua atividade neste ano. E que, de tão marcante, já foi compartilhada por mais de 200 mil pessoas no Facebook – um marco na internet brasileira.

Dos mais de 2 mil comentários postados na matéria de ontem (saiba mais aqui) , mais de 90% demonstraram indignação e vergonha alheia com a atitude dos médicos cearenses. Alguns questionaram o fato de o 247 ter descrito na matéria que Juan Delgado é um médico negro. Simples. Ser chamado de “escravo” é uma ofensa para qualquer ser humano. Mas uma ofensa que repercute ainda mais na alma de pessoas cujos ancestrais foram efetivamente escravizados. 

Ao comentar as agressões, o próprio Delgado se disse impressionado com a manifestação e disse ser um homem livre, que veio ao Brasil para ajudar – segundo ele, para ser “escravo da saúde e dos doentes” (leia mais aqui ). Exemplos de preconceito, no entanto, se espalharam pela internet, como no Facebook da jornalista Micheline Borges, que disse que médicas cubanas se parecem com “domésticas” (leia aqui ).

No Brasil, ainda não apareceu um Martin Luther King Jr. capaz de dizer uma frase simples e poderosa. Simplesmente “eu tenho um sonho”. Um sonho banhado por igualdade e tolerância.

Assista, abaixo, ao discurso de Luther King Jr., que completa 50 anos hoje:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jyR8h9iimw4

Leonelzinho Alencar tem pedido de cassação rejeitado por vereadores de Fortaleza

O pedido de cassação do vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) foi arquivado na tarde desta terça-feira (27) a após a maioria dos vereadores da Câmara de Fortaleza votar contra a proposta de denúncia de improbidade administrativa feita de Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB/CE).

Trinta dos 35 vereadores que votaram foram contra a abertura da investigação. João Alfredo (Psol), Guilherme Sampaio (PT), Capitão Wagner (PR), Toinha Rocha (Psol) e Deodato Ramalho (PT) pediram adiamento da discussão da denúncia contra Leonelzinho.

Protesto

Um grupo de manifestantes ocupou durante a manhã de terça-feira (27) as galerias da Câmara Municipal de Fortaleza para pedir a cassação do vereador. Veja mais detalhes na reportagem:

(Tribuna do Ceará)

Capitão Wagner convoca população de Fortaleza para manifestação nesta quarta, na Arena Castelão

Nesta terça-feira, 18, o vereador Capitão Wagner Sousa usou a Internet para convocar a população de Fortaleza a participar da manifestação na Arena Castelão. Recentemente envolvido com denúncias de chefiar suposta milícia na Polícia Militar, o vereador publicou um vídeo no Youtube em que pede aos policiais e manifestantes que evitem agressões ou confrontos.

concentração do protesto acontece na manhã desta quarta-feira, às 10 horas, próximo ao supermercado Makro. No vídeo de cerca de dois minutos, Capitão Wagner chama os fortalezenses para exercerem sua cidadania. “Eu vou estar lá e convido você para manifestar-se de forma ordeira”, enfatiza.

O vereador afirma que o chamado é destinado, principalmente, aos policiais, que devem agir de forma pacífica, evitando confrontos. Ele diz que os policiais devem colocar-se no lugar do cidadão que está se manifestando, deixando assim, que o protesto ocorra da melhor forma possível.

Para o Capitão Wagner, todos que estão indignados “com todo e qualquer fato errado, como corrupção, investimentos inadequados do governo do estado federal e da prefeitura” estão convidados.

(O Povo Online)

Confira o furacão Sandy visto da Estação Espacial Internacional [vídeo]

Como você já deve saber, o Furacão Sandy está fazendo com que os Estados Unidos sofram de diversas maneiras. Muitos moradores já deixaram as suas casas, o transporte público chegou a ser interrompido e diversos alunos já estão sem aula — e essas são apenas medidas de precaução.

Segundo meteorologistas, Sandy pode se chocar com uma frente fria e se transformar uma tempestade sem precedentes. Para mostrar o tamanho desse fenômeno, tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS, pela sigla em inglês) registraram a movimentação do furacão, que chegou a apresentar ventos de quase 145 km/h.

Como a distância entre a ISS e o planeta Terra é consideravelmente grande, você não vai conseguir ter noção da grande velocidade com que o Sandy se movimenta. Contudo, dá para notar o tamanho do furacão, de forma que o perigo que ele representa fique bastante claro.

Caso você queira ter uma noção maior de como é a movimentação dos ventos, é possível assistir a um vídeo produzido e divulgado pela NASA — que é apenas uma simulação — clicando aqui.

Fonte: NASA e BBC

Artistas declaram apoio ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo

Além do vídeo divulgado, assinaram abaixo-assinado com apoio ao casamento civil igualitário, entre outros, nomes como Caetano Veloso, Chico Buarque, Marisa Monte, Alcione, Sônia Braga e Cauã Raymond.

Postado há quatro dias, o vídeo de lançamento da campanha pelo casamento igualitário no Brasil estava prestes a atingir, na segunda-feira 16, a marca de dez mil acessos.

O vídeo é o pontapé inicial da conscientização para a proposta de emenda constitucional a ser encaminhada pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) à Câmara dos Deputados. O texto prevê o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Recentemente, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união estável entre gays. No entanto, o reconhecimento dos direitos da união civil é conquistado apenas por meio da Justiça. O casamento civil seria uma forma de reconhecer esses direitos no ato da união – o que seria bem menos desgastante para os parceiros

O vídeo traz depoimentos de nomes como os das atrizes Arlete Salles e Gutta Stresser (A Grande Família), o ator Serjão Loroza e os cantores Ivan Lins, Preta Gil e Ney Matogrosso.

O casal Cláudio Lins e Alexandra di Calafiori, grávida, também gravaram depoimento.

O vídeo tem trechos citados da Declaração Universal dos Direitos Humanos e motes como “Eu defendo a família. Todas as famílias” e “Os mesmos direitos, com os mesmos nomes”.

Outras personalidades, como Sandra de Sá, Rita Ribeiro, Luiz Carlos Lacerda e Zélia Duncan – que gravou um vídeo à parte.

No evento de lançamento da campanha foi lido um abaixo-assinado com o apoio, entre outros, de Caetano Veloso, Chico Buarque, Marisa Monte, Alcione, Sônia Braga e Cauã Raymond.

Leia mais no site oficial da campanha: http://casamentociviligualitario.com.br/

(PRAGMATISMO POLÍTICO)

E aí, velhinho! Vídeo mostra que sexo seguro é coisa para todos!

Não importa se os netinhos não querem nem pensar na imagem de seus avós fazendo sexo. O mais importante é alertar as pessoas de faixas etárias mais avançadas para a importância do sexo seguro. Foi com essa mentalidade, e uma estatística preocupante nos EUA – a de que, só na Flórida, houve um aumento de 71% dos casos de doenças sexualmente transmissíveis entre as pessoas idosas, nos últimos conco anos – que a agência de publicidade DDB NY, em parceria com a ONG Safer Sex for Seniors, criou uma campanha voltada para este público alvo.

Campanha da DDB NY alerta para a importância do sexo seguro entre os mais velhos
Campanha da DDB NY alerta para a importância do sexo seguro entre os mais velhos Foto: Reprodução de internet /

Mas enganou-se quem pensou que o caminho adotado foi de uma abordagem negativa, usando táticas de medo e estatísticas chtas para impedir o sexo inseguro. No vídeo promocional, o que se vê são casais experimentando várias posições de sexo, sem esconder as carinhas de felicidade. Bom humor muito mais apropriado!

(Extra Online)

Câmera escondida verifica segurança de banco em Fortaleza

Está cada vez mais difícil sacar dinheiro nos bancos com tranquilidade. A falta de segurança dentro e fora das agências facilita os assaltos e saidinhas bancárias. A equipe da TV Jangadeiro levou uma câmera escondida para dentro de um banco e verificou se as regras de segurança são cumpridas.

(JANGADEIRO ONLINE)

Band denuncia relação de policiais que atuam na USP com PCC

O jornalista Sandro Barboza divulgou trechos de um relatório de investigação da morte do estudante Felipe Ramos de Paiva, dentro da USP em maio de 2011, o qual afirma que a organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) paga “semanalmente elevados valores aos policiais militares que atuam na região”. A morte do estudante dentro do campus da USP foi o pretexto utilizado pelo reitor Grandino Rodas para a implementação permanente de efetivos da PM no campus.

 

Fábio Nassif


São Paulo – O Jornal da Band transmitiu uma matéria na noite desta terça-feira (27) com uma denúncia sobre o envolvimento de policiais militares e integrantes do crime organizado dentro da Universidade de São Paulo, entre outros locais. O jornalista Sandro Barboza divulgou trechos de um relatório de investigação da morte do estudante Felipe Ramos de Paiva, dentro da USP em maio de 2011, o qual afirma que a organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) paga “semanalmente elevados valores aos policiais militares que atuam na região”.

A morte do estudante dentro do campus da USP foi o pretexto utilizado pelo reitor Grandino Rodas para a implementação permanente de efetivos da PM no campus. O relatório sobre o caso, feito pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, foi arquivado justamente porque se tratava de um esquema da PM com os criminosos, segundo a reportagem. O relatório arquivado foi a base para a investigação da equipe de reportagem da emissora.

“Mesmo tendo recebido o documento, a Secretaria de Segurança Pública designou os policiais do 16o [DP] para fazer o patrulhamento na cidade universitária”, diz o jornalista na reportagem, em referência ao Departamento Policial que faz fronteira com a USP e com a Favela de São Remo.

A reportagem é baseada neste relatório e no depoimento de um ex-investigador do DHPP (não identificado) que teria ajudado neste caso. Ele afirma que “alguns trabalhos, com certeza o governador [Geraldo Alckmin], o secretário de Segurança Pública [Antônio Ferreira Pinto], o comandante-geral da PM [Coronel Álvaro Batista Camilo] têm ciência”. A edição da matéria sugere que o caso da USP seria um deles.

O intervalo de tempo entre a morte do estudante e a implementação do policiamento cotidiano na USP coincide com a finalização e o arquivamento do relatório da Polícia Civil. Ou seja, a decisão do reitor João Grandino Rodas foi simultânea à conclusão do relatório sobre a morte do estudante.

Criminalização
O convênio entre a Secretaria de Segurança Pública e a USP é de setembro de 2011, assinado por Ferreira Pinto e Rodas, mas apenas no dia 27 de outubro o movimento estudantil expressou com mais veemência sua contrariedade ao convênio, depois de a Polícia Militar deter três estudantes por supostamente portarem uma pequena quantidade de maconha. No mesmo dia, houve uma ocupação da sede da administração da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), e policiais usaram bombas, balas de borracha e cassetetes contra estudantes.

No dia 11 de novembro, a PM entrou com um efetivo de 400 policiais e prendeu 73 estudantes que ocupavam o prédio da reitoria. Em seguida, o movimento estudantil ganhou força, realizou assembleias massivas e decretou greve. A Polícia Militar permaneceu atuando no local e novos conflitos já ocorreram.

As novas denúncias podem inverter o discurso que o reitor e o governo do Estado de SP conseguiram impor à sociedade, com ajuda de alguns meios de comunicação, de que os estudantes – usuários ou não de drogas – e o movimento estudantil são os criminosos contra os quais a policia deve estar em luta permanente. Se as informações da investigação estiverem corretas, poderão comprovar que os criminosos são os policiais militares do reitor Rodas, do Secretário Ferreira Pinto e do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

A Carta Maior publicou matéria em novembro de 2011 sobre a aposta da Secretaria de Segurança Pública em militares linha dura e a interferência da secretaria nas investigações do DHPP nos casos de mortes cometidas por policiais, registradas como “resistência seguida de morte”. Segundo os dados da própria secretaria, apenas 30% das investigações dessas ocorrências explicaram o ocorrido.

(CARTA MAIOR)

Racismo em SP: espancado covardemente, homem é chamado de ‘preto amaldiçoado’

Após a violenta agressão, jovens saíram do local como se nada tivesse acontecido, segundo consta nas imagens de videomonitoramento. A polícia foi acionada e os rapazes resistiram à prisão

Karen Santiago

Um homem foi brutalmente espancado enquanto passeava com sua namorada na praça central (turística) de Embu das Artes. Dois rapazes de classe média, Wellington Rodrigues Pereira e Vinicius de Almeida, flagrados durante a agressão, foram presos logo após espancarem a vítima. Episódio tem conotação racial.

Assista abaixo ao vídeo da barbárie:

As imagens do homem sendo espancado foram gravadas pelo circuito de câmeras de videomonitoramento da cidade de Embu das Artes. A vítima de 43 anos foi abordada pelos dois rapazes com chutes e socos.

As imagens mostram a vítima tentando fugir, por aproximadamente 100 metros, mas é alcançada e jogada ao chão pelos dois agressores. A partir deste momento o espancamento é maior e após diversos chutes no rosto, no peito e na cabeça, a vítima desmaia, mesmo assim continua apanhando em quase 5 minutos de violência.

Racismo SP Ivan Embu Negro

Os jovens, após as agressões, saíram do local, como se nada tivesse acontecido, segundo consta nas imagens de videomonitoramento. A namorada do homem acionou a polícia militar que conseguiu prender os acusados, um pouco depois do local do crime.

Na Delegacia, Ivan Romano revelou que a todo o momento, durante a agressão, os agressores o chamaram de folgado, vagabundo, maloqueiro e preto amaldiçoado.

Os dois jovens resistiram à prisão e agrediram também policiais e guardas municipais porque não queriam ser algemados. Os dois foram presos em flagrante por tentativa de homicídio e se condenados podem pegar de seis a vinte anos de cadeia. A ocorrência foi registrada no Distrito Policial de Embu das Artes.

Jornal da Net com Pragmatismo Politico

NASA divulga vídeo que mostra evolução da lua ao longo de 4,5 mil milhões de anos

A Agência Espacial Norte-Americana (NASA) divulgou um vídeo onde mostra a evolução da lua ao longo de 4,5 mil milhões de anos.

As imagens, que dão conta de como a lua mudou para parecer o que é hoje, foram divulgadas no âmbito da celebração do milésimo dia do Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO, Orbitador de Reconhecimento Lunar) da NASA.

«De ano para ano, a lua parece nunca mudar», afirma a agência espacial. «As crateras e outras formações [da lua] parecem ser permanentes, mas a lua nem sempre teve este aspecto».

«Graças ao LRO da NASA, hoje em dia temos um melhor entendimento da História da Lua», sublinha a NASA.

De acordo com o vídeo, as crateras explicam-se tendo em conta que o satélite natural da Terra foi atingido por vários asteróides de diferentes tamanhos.

Recorde-se que o LRO, que foi lançado para o Espaço em 2009, recolhe informações detalhadas sobre o ambiente lunar. A missão é parte de um projecto para expandir a presença humana no sistema solar, segundo o The Telegraph.

Fique com o vídeo:

(PORTAL DIÁRIO DIGITAL)

Populares surpreendem Marconi Perillo durante visita de Dilma: ‘Bicheiro, devolve meu dinheiro’

‘Marconi, bicheiro, devolve o meu dinheiro’. Assim foi recebido o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), durante a primeira visita da presidente Dilma ao estado.

Dilma Rousseff e o governador de Goiás, Marconi Perillo foram surpreendidos nesta quinta-feira com um protesto de professores estaduais, na primeira visita da presidente ao Estado. Em greve há 38 dias, os funcionários públicos da educação, acompanharam o pouso de helicóptero dos dois, gritando: ‘Marconi, bicheiro, devolve o meu dinheiro’.

Os grevistas também exibiram faixas pedindo a volta da gratificação para educadores com pós-graduação, mestrado ou doutorado.

Entenda:

A prisão do bicheiro Carlinhos Cachoeira, que administrava uma série de cassinos ilegais em Goiás e nas cercanias de Brasília, cada um com faturamento mensal na casa de R$ 3 milhões, tem provocado um verdadeiro tsunami político em Goiás, estado administrado por Marconi Perillo, que vinha sendo apontado como um possível presidenciável do PSDB.

Marconi cachoeira bicheiro goiás professoresAté agora já se sabe que:

1) o mafioso Cachoeira nomeava delegados e pagava mesada a policiais de Goiás

2) o mafioso Cachoeira distribuía presentes ao senador Demóstenes Torres (DEM/GO)

3) o mafioso Cachoeira indicava parentes até para a Secretaria de Indústria e Comércio de Goiás

Agora, mais uma revelação estarrecedora. Ele foi preso na sua residência, em Goiânia. Uma casa que, até 2010, pertencia a quem? Ao governador Marconi Perillo.

Com informações de Brasil 247

Homossexual é executado na frente do namorado na Região Metropolitana de Fortaleza

Um bandido invadiu uma casa na Prainha , em Aquiraz (Região Metropolitana) e disparou vários tiros contra um homossexual na frente do namorado dele. Francisco Charles Silva Rodrigues morreu na hora. O companheiro não foi assassinado porque conseguiu correr. Assista e veja os motivos do crime.

(JANGADEIRO ONLINE)

Prostituição de travestis: prazer ou necessidade?

Veja a realidade de alguns travestis que escolheram a prostituição como fonte de renda. Alguns não conseguiram emprego e encontraram uma saída vendendo o próprio corpo. Outros decidiram estudar e com o dinheiro conquistado nos programas pagam a faculdade. Quase todos tem uma história de violência motivada pelo preconceito.

(JANGADEIRO ONLINE)

Rede Globo é expulsa de manifestação dos policiais e bombeiros no Rio

Os repórteres da Rede Globo de TV foram pressionados a deixar a manifestação dospoliciais e bombeiros realizada, neste domingo, em frente ao Copacabana Palace, na Zona Sul do Rio. Centenas de pessoas cercaram as equipes de jornalismo da TV Globoe da Globonews e passaram a gritar palavras de ordem, o que de fato impediu que seguissem no local.

Os integrantes das forças auxiliares de segurança do Estado do Rio, nesta mesma manifestação, decidiram adiar, até esta segunda-feira, a decisão sobre manter ou suspender a greve iniciada nesta sexta-feira. O ato público prosseguiu com o repúdio às prisões de militares acusados de incitarem o movimento. Os grevistas marcaram para esta segunda-feira, às 18h, no Centro da cidade, uma nova assembleia para decidir os rumos do movimento.

– Decisão certa. Na minha opinião, a ordem é o que foi dito aqui: que o governador (Sérgio Cabral) retire o aumento que deu, o que quer dar e tire 10% dos nossos salários, se a questão é essa, mas o mais importante é soltar os companheiros. O movimento é pacífico e ele está tratando como se fosse um movimento desordeiro – disse o cabo Lopes, da Polícia Militar (PM), aos jornalistas que permaneceram no local.

Mesmo com o anúncio da suspensão do movimento por parte da Polícia Civil, agentes da corporação participaram do ato de repúdio. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Fernando Bandeira, explicou que existem duas representações da categoria – o Sinpol, criado em 1993, e o Sindipol que, segundo histórico divulgado na página da entidade na internet, representa desde 2007 a reativação de uma instituição criada há quase 20 anos. A representação da categoria está dividida entre os dois sindicatos. Cada entidade contabiliza uma média de 1,5 mil policiais civis filiados. Bandeira criticou o anúncio de suspensão da greve feito na véspera pelo diretor jurídico do Sindpol e garantiu que a Polícia Civil continua no movimento.

– A decisão foi tomada em assembleia. A gente não pode tomar a decisão de sair da greve sem conversar com as outras categorias (bombeiros e Polícia Militar). Essa ilegalidade de suspender a greve é um desrespeito até com os policiais civis – protestou o presidente do Sinpol, reafirmando que a categoria continua com os atendimentos reduzidos e apoiando a pauta de reivindicações.

O sargento Paulo Nascimento, um dos líderes dos bombeiros, reafirmou a posição da categoria.

– Temos que manter a greve, mas dentro da normalidade e legalidade. Repito que mantemos 30% dos atendimentos sendo feitos – afirmou.

A manifestação deste domingo, na praia de Copacabana, teve uma participação tímida de militares. Ainda assim, policiais civis, militares e bombeiros mantiveram o ato que durou quase quatro horas, reafirmando o caráter “pacífico e ordeiro” que o movimento deve manter para ter continuidade e os protestos contra a prisão de vários militares que foram encaminhados ao Presídio de Segurança Máxima Bangu 1.

Uma comissão de mulheres de bombeiros e de policiais presos no complexo penitenciário estão organizadas para buscar o apoio do governo federal em Brasília, na próxima terça-feira. Mas, nesta segunda-feira, a comissão e outros parentes de militares presos terão uma reunião, às 10h, com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio de Janeiro.

Emocionada, a estudante Ana Paula Fernandes Matias, mulher do sargento Matias, preso neste sábado sob acusação de não ter se apresentado ao trabalho, protesta. Ela garante que o marido estava no posto do Grupamento Marítimo (Gmar) na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital. Mas, como outros militares do Gmar, ele não usava o uniforme da corporação, em protesto.

– Estamos lutando por uma causa. Em momento algum abandonamos a população. Isso é uma covardia. O que eu falo para o meu filho, de 4 anos, que pergunta pelo pai, que é honesto, nunca respondeu a qualquer processo e está preso em um complexo de segurança máxima? – questionou, emocionada.

Assista aqui ao vídeo da TV Globo sendo vaiada na manifestação:

(CORREIO DO BRASIL)

CIRO VOLTA A CHAMAR POLICIAIS MILITARES DE “MARGINAIS FARDADOS”

O ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) voltou a fazer duras críticas aos policiais militares  envolvidos na greve do início do ano. Durante um encontro partidário ele declarou que os mentores do movimento eram“marginais fardados”.

Ciro disse também que era contra a anistia concedida por seu irmão, o governador Cid Gomes (PSB), mas respeitou a decisão, qualificando como sensata. “Ele fez o que a consciência mandou”, disse.

O político considerou que a posição de Cid no momento da greve evitou que o Ceará enfrentasse uma situação caótica como a enfrentada na Bahia durante a paralisação da PM. Para ele, movimentos desta natureza são ilegais e crimes federais, que deveriam ser investigados pelo Ministério Público.

Polêmico

Não é a primeira vez que Ciro faz críticas aos PMs. Em outra ocasião, o ex-deputado federal também chamou os policiais militares que participaram de movimento grevista no início do ano de “marginais fardados e covardes” e que pressionaram o governo usando“como escudo crianças e mulheres”.

Ao comentar a decisão do irmão e governador, Ciro admitiu que Cid teve que “engolir” o movimento da categoria. Ele ainda criticou a postura dos policiais que participaram do movimento grevista.

“O Cid tinha que decidir se ia reprimir ou se ia engolir esses abusos todos para não correr o risco de carregar na sua consciência a morte de uma criança ou de uma mulher. Porque esses marginais fardados, covardes que são, usaram como escudo crianças e mulheres”, disparou Ciro para em seguida concluir afirmando que:

“O Cid tomou uma decisão que todo mundo pode condenar, mas é uma decisão duríssima de tomar, preferiu ceder do que carregar na consciência o cadáver de uma criança”, concluiu.

CONFIRA O VÍDEO COM AS DECLARAÇÕES DE CIRO

(JANGADEIRO ONLINE)

Diga não ao preconceito: respeito é bom e eu gosto

UNESCO, ESTADOS UNIDOS E BRASIL LANÇAM PROJETO PARA ENSINO DO RESPEITO NA ESCOLA

06 de Fevereiro de 2012 às 21:02

O projeto “Ensinando o Respeito para Todos”, fruto de cooperação entre a Unesco, os Estados Unidos e o Brasil, foi lançado em 18 de Janeiro, na sede da Organização em Paris. Este é o primeiro passo de um processo com duração de três anos, cujo objetivo é desenvolver currículos que promovam o aprendizado da convivência na escola. Coordenado pela Unesco e financiado pelo Departamento de Estado dos EUA, o projeto reconhece o papel fundamental das escolas no combate à discriminação racial e étnica.

O objetivo da primeira fase do projeto Ensinando o Respeito para Todos é rever os currículos escolares, as legislações e as políticas de educação para a tolerância a fim de identificar as melhores práticas nesta área. Na segunda fase, o projeto irá desenvolver recursos pedagógicos e programas escolares que serão implementados inicialmente em países-piloto selecionados e depois disponibilizados a todos os demais. Também serão elaboradas ferramentas práticas sobre como integrar a luta contra a discriminação e o reforço da tolerância na educação nos livros didáticos.

 

 

Para este fim, será constituído um grupo com a participação de especialistas na luta contra o racismo, na educação em valores e direitos humanos. Além disso, duas plataformas on-line serão criadas: uma para profissionais da educação e outra aberta aos jovens, que poderão compartilhar experiências e fazer sugestões durante o processo.

Participaram do lançamento a Diretora-Geral da Unesco, Irina Bokova, a Secretária Adjunta para Organismos Internacionais do Departamento de Estado dos EUA, Esther Brimmer, e o Secretário Executivo da Secretaria Especial de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial do Brasil, Mário Theodoro Lisbôa. O evento reuniu também representantes de governos e especialistas de diferentes partes do mundo. Estudantes da Tallwood High School, de Virginia Beach (EUA) e do Bagunçaço, centro educacional para jovens de Salvador/Bahia (Brasil), participaram por videoconferência e puderam interagir com os demais participantes.

Contato de Mídia: Agnès Bardon, Serviço de Imprensa da Unesco: +33 (1) 45 68 17 64, email: a.bardon@unesco.org

VÍDEO

Abraçar a diversidade na escola: dizer não ao estigma relacionado ao HIV e outras formas de discriminação

Quais são os desafios que um estudante HIV positivo enfrenta na escola? Que outras formas de preconceito e intolerância um estudante pode estar encontrando? Este vídeo, produzido pela Unesco, e apoiado pela UNAIDS, reúne depoimentos de jovens que sofreram assédio moral e discriminação no ambiente escolar por causa do que eles são.Trazer à luz as experiências da vida real de HIV-positivos, gays, lésbicas, estudantes com sobrepeso e grávidas adolescentes ajuda a quebrar a cortina de silêncio que muitos lançam sobre essas questões. Ele também ajuda a compreender a magnitude do problema e a necessidade de se elaborar uma resposta adequada para ele. O vídeo convida alunos e professores a abraçar a tolerância. Ele será acompanhado por um guia contendo indicações e aconselhamento pedagógico adequado, para uso sobretudo de professores, monitores e pedagogos. O conjunto em breve será usado em milhares de salas de aula nas escolas brasileiras, com o intuito de gerar debates sobre essas questões e promover o respeito pela diversidade na escola. O vídeo, editado com o apoio da Representação da Unesco em Brasília, foi lançado oficialmente pela Unesco e seus parceiros na Consulta Internacional sobre Bullying Homofóbico nas instituições de ensino realizada no Rio de Janeiro entre 6 e 8 de Dezembro de 2011.

(BRASIL 247)

Soldados israelenses fazem coreografia do hit “Ai Se Eu Te Pego”, de Michel Teló

Um grupo de paraquedistas israelenses vazou um vídeo na internet onde ensaiavam uma coreografia para a música Ai Se Eu Te Pego, do cantor brasileiro Michel Teló. A encenação ocorreu em local desconhecido, mas é possível ver bandeiras palestinas no fundo do vídeo. O vídeo já foi removido You Tube, onde foi postado originalmente, mas foi veiculado a tempo pelo site Ysrael News. Na matéria do site israelense, a dança foi classificada como “samba”.

Aproximadamente há um ano e meio, soldados de uma tropa israelense fizeram uma ação semelhante ao ensaiarem a coreografia damúsica Waka Waka, da cantora norte-americana Ke$ha durante uma incursão em pleno centro da cidade palestina de Hebron.

A ação casou revolta internacional, pois o ato foi considerado uma provocação ao povo palestino, e irritou a cúpula do exército judeu. Outros casos como esse também podem ser encontrados no site de compartlhamento de vídeos.

Nas imagens mais recentes, um grupo de onze soldados judeus aparece em uma estrada ensaiando uma operação, quando repentinamente começam a rebolar com o ritmo da música do brasileiro.  Eles também jogavam ao ar bandeiras vermelhas, que representam as cores da unidade.
(OPERA MUNDI)

Enfermeira filmada agredindo cachorro vai responder por crimes de maus tratos e tortura psicológica

A enfermeira C.C.A.M, de 22 anos, suspeita de espancar um cachorro da raça yorkshire vai responder na Justiça por crime de maus tratos e tortura psicológica de incapaz. A decisão foi tomada nesta sexta-feira pela Polícia Civil de Goiás, e o inquérito, instaurado pela 11ª Delegacia Regional de Formosa, será concluído na próxima semana. A enfermeira foi filmada espancando várias vezes o cãozinho no interior do apartamento onde mora. 

Um dos vizinhos filmou a agressão. E as imagens, divulgadas pela internet, geraram uma onda de protestos, com milhares de manifestações. O cãozinho morreu e a polícia, que está ouvindo testemunhas, parentes e vizinhos da enfermeira, ainda não descobriu como e onde o animal foi descartado. Mesmo assim, estabeleceu a data do crime como sendo 23 de novembro.

De acordo com fontes da Polícia Civil, a ordem de “severidade” no caso foi dada pela delegada-geral Adriana Accorsi. Nesta sexta-feira ela se encontra com o procurador geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres. O MPE, que anunciou abertura de investigação, pretende tratar do caso conjuntamente.

“No momento, estamos ouvindo testemunhas do caso”, disse o delegado Carlos Firmino Dantas, de Formosa. Ele já ouviu vizinhos da enfermeira e investigou denúncias anônimas. Porém, o que mais chamou atenção, nos últimos dias, está no vídeo divulgado. Nas cenas, a enfermeira aparece com roupas de cores diferentes, o que levou a policia a acreditar que as agressões ao yorkshire ocorreram várias vezes seguidas.

Outro fato, considerado gravíssimo, é que o filho caçula da enfermeira, de dois anos de idade, foi filmado próximo da mãe e assistindo ao espancamento do cãozinho – o que está sendo considerado pela policia um crime de tortura psicológica de incapaz. A acusada tem dois filhos, é enfermeira, mora em Goiânia e trabalha em Formosa. Policiais em Goiânia e em Formosa tentaram localizar a mulher para notificá-la sobre novo depoimento no inquérito, enquanto a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), em Goiânia, também estuda abertura de inquérito contra ela.

(ULTIMO SEGUNDO)

Mulher é barrada por seguranças do shopping Iguatemi Fortaleza; Veja o vídeo

Clientes de um shopping, em Fortaleza, flagraram em vídeo o momento em que uma mulher é impedida de entrar no estabelecimento por volta das 14h de sexta-feira (2). Ela estava em companhia de duas crianças. No vídeo, a mulher discute com os seguranças na tentativa de entrar e chega a agredir um deles. Em contato com o G1, a administração do shopping informou que ação dos seguranças foi uma medida preventiva.

VÍDEO:

O vídeo mostra a mulher tentando forçar a entrada no shopping em meio aos seguranças. Ela está com um bebê em um dos braços e uma outra criança pequena. A senhora passa a gritar com os seguranças e a discussão chama a atenção dos clientes que param para ver o que está acontecendo. Um outro homem vestindo branco se aproxima da mulher e tenta conversar com ela, mas a discussão continua e ele acaba liberando a entrada da mulher com as duas crianças.

A administração do shopping, em nota oficial, informou que “é política do Iguatemi Fortaleza primar pelo bem-estar dos seus clientes”. E que a mulher em questão “esteve envolvida em diversos episódios anteriores, em tentativa de conturbar a rotina dos clientes do shopping, razão pela qual foi necessária a intervenção dos seguranças para preservar a tranquilidade dos clientes e demais frequentadores do shopping”.

Segundo a Polícia Militar e a Polícia Civil, nenhuma ocorrência foi registrada sobre o fato.

(G1 Ceará)

Cid Gomes sugere fazer “rolo” com empresários em obra de Fortaleza

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) teve uma conversa com empresários da construção civil filmada, em que ele propõe fazer um “rolo” em obra de uma linha de metrô de Fortaleza.

VÍDEO:

O vídeo mostra Cid conversando com empresários em uma festa e, sabendo que estão sendo filmados, ele explica sua ideia de negócio. O governador propôs aos empresários que o governo desaproprie as áreas afetadas pelas estações de metrô, mas que as empresas paguem essa conta. Em troca, poderiam construir prédios na região. “Então vamos ver se a gente faz um rolo aí”, diz Cid.

O governo estadual,consultado pelo jornal Folha de S. Paulo, negou que tenha ocorrido qualquer negociação, mas apenas uma conversa “pública e informal”.

(PORTAL BAHIA NOTÍCIAS)

Vídeo flagra racismo e britânica é presa: ‘Você não é inglesa. Você é negra!’

Uma britânica foi presa por racismo após um vídeo em que aparece ofendendo passageiros em um trem ter feito sucesso na internet. 

Nas imagens, a mulher de 34 anos segura uma criança no colo enquanto grita ofensas raciais a várias pessoas no trem por supostamente não serem britânicas.

  “Você não é inglesa! Você é negra! Volte para o país de onde você veio!”, afirma a mulher no vídeo. “A Inglaterra não é mais nada agora, está f…”, completou. Assista ao vídeo abaixo.
Uma das passageiras que estava sendo ofendida gravou a confusão, enquanto outros dentro do trem ameaçando revoltaram-se e ameaçaram agredir a mulher, caso ela não parasse as ofensas.
VEJA O VÍDEO:

O vídeo foi publicado no Youtube no último domingo e gerou revolta entre centenas de milhares de espectadores. Até o término desta postagem, o conteúdo já havia sido reproduzido 3,4 milhões de vezes.

(OPERA MUNDI)

 

Cid Gomes e a “negociata” com empresários da construção civil

Durante a confraternização anual da Cooperativa de Construção Civil do Ceará (COOPERCON-CE), o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), foi flagrado negociando os espaços desapropriados do Metrofor com donos de grandes construtoras.

Que coisa feia Sr. Governador! É assim que você as milhares de famílias cearenses que os seus preciosos votos lhe colocaram no poder? Até quando isso continuará a acontecer.

(YOUTUBE)

 

Ladrão tenta roubar hotel e acaba imobilizado por lutadores de jiu-jítsu

O ladrão Luis Rosales, de 31 anos, escolheu o hotel errado para roubar. Na noite da última quarta-feira (2), ele invadiu um hotel em Los Angeles e rendeu um funcionário, exigindo todo o dinheiro da recepção. Porém, Rosales foi surpreendido por um grupo de lutadores de jiu-jítsu que se hospedava no hotel.

Demonstrando habilidade, dois atletas que saiam do elevador conseguiram desarmar o criminoso e o imobilizaram como numa luta de arte marcial. A ação foi toda registrada pelas câmeras de vigilância do hotel.

(JB Online)

Repórter Monalisa Perrone, da TV Globo, é destaque no Twitter depois de ser agredida ao vivo

A repórter Monalisa Perrone foi agredida ao vivo na tarde desta segunda-feira, quando transmitia informações sobre o estado de saúde do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em frente ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Pelo menos duas pessoas invadiram o link correndo e empurraram a jornalista.

No estúdio, o fato chocou os apresentadores do “Jornal Hoje”, Evaristo Costa e Sandra Annenberg. Ela chegou a comentar que a agressão foi um ato “deselegante”.

O acontecido já virou alvo de comentários dos internautas do Twitter. O nome da repóter já aparece em destaque nos assuntos mais comentados do Brasil no microblog.

Assista ao vídeo

(Portal do Sidney Rezende)

Lixo hospitalar dos Estados Unidos é vendido em Fortaleza

A Vigilância Sanitária no Ceará apura denúncia de que um comércio atacadista em Fortaleza estaria vendendo tecido proveniente de lixo hospitalar importado dos Estados Unidos. Pelo menos duas pessoas procuraram o órgão para denunciar a suposta irregularidade.

O tecido deixado para análise na Vigilância Sanitária está com manchas e esparadrapo. O retalho também contém a inscrição do Department of Veterans Affairs (Departamento de Veteranos da Guerra, uma instituição de saúde norte-americana). No tecido, há uma advertência de venda proibida.

A inscrição é a mesma encontrada em parte do lixo hospitalar apreendido em Pernambuco pela Receita Federal, nos últimos dias. Algumas lojas que vendiam o material chegaram a ser interditadas pela Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa).

Uma das pessoas que fizeram a denúncia conversou com O POVO. “Minha mãe faz pintura em tecido e uma amiga indicou que ela comprasse (os retalhos) nesse local, que era mais barato”, conta. A família foi até o comércio atacadista e comprou o tecido, vendido a R$ 3,50 o quilo. A compra foi realizada há mais de um mês.

Embora já tivesse notado as manchas, a mulher só percebeu que poderia se tratar de algo irregular ao assistir na TV uma reportagem sobre o lixo hospitalar vendido em Pernambuco. “Ela assistiu ontem (terça-feira) a matéria e a gente resolveu denunciar”, comenta o filho.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) vai encaminhar o tecido para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que irá analisar se a mancha no retalho é sangue. “Foi aberto um processo. Vamos mandar esse material para análise e tentar saber qual a origem dele”, informa a coordenadora de Vigilância Sanitária da Sesa, Gerarda Cunha. Não há um prazo para que o laudo fique pronto.

Se for necessário, será solicitado apoio da Receita e da PF. Ontem, uma equipe da Vigilância Sanitária foi até o comércio atacadista fazer uma vistoria no local. O laudo de inspeção diz que, na loja, “não foram encontrados indícios de importação de tecidos provenientes de hospitais (lixos hospitalares) dos Estados Unidos”. Mesmo assim, as investigações continuam.

Na tarde de ontem, O POVO foi até a sede do comércio atacadista e conversou com os proprietários. Eles confirmaram que a empresa importa tecido dos Estados Unidos, mas negaram vender lixo hospitalar. “A gente importa dessa empresa (norte-americana) há 11 anos. Nunca tivemos nenhum problema”, afirma um deles.

O tecido que a importadora compra dos Estados Unidos chega ao Ceará em navios, dentro de contêineres. “Acontece de vir com mancha, mas é graxa ou um sujo que pega durante o transporte até aqui. Tem nada a ver (com lixo hospitalar”. Quando chega assim, o tecido é vendido por um valor menor.

Saiba mais

No estado de Pernambuco, a Agência de Vigilância Sanitária e a Polícia investigam empresas suspeitas de estar importando lixo hospitalar para ser reutilizado em tecidos. Em algumas delas, foram encontrados retalhos com inscrições de hospitais norte-americano e, tecidos manchados.

O material descartado de hospitais dos Estados Unidos oferece perigo de contágio, segundo especialistas. Infectologistas pernambucanos avaliaram que o risco maior é para quem manuseia o lixo.

O POVO opta por não identificar o nome do comércio atacadista em Fortaleza porque a denúncia ainda está sendo apurada.

Hoje, a equipe de Vigilância Sanitária do Estado vai se reunir com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e com a Secretaria Executiva Regional (SER) I para definir o andamento das investigações.

Vídeo:

(O Povo Online)

 

Morre Luiza Clotilde, idosa envolvida em acidente de trânsito próximo ao Aeroporto Pinto Martins

Morreu, na madrugada desta quinta-feira (6) em um hospital particular de Fortaleza, a motorista Luiza Clotide, que havia se envolvido em um acidente na manhã desta quarta-feira (5) na Avenida Senador Carlos Jereissati, nas proximidades do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Segundo a família, ela teria morrido por volta das três horas da manhã de uma parada cardiorrespiratória, decorrente de complicações dos ferimentos ocasionados pelo acidente. Familiares denunciam que a vítima não teria passado por exames e que o atendimento teria demorado.

O acidente

Segundo testemunhas, a condutora trafegava no sentido Aeroporto-Aldeota, quando diminuiu a velocidade, e uma caminhonete L-200 colidiu com a traseira do veículo. Com o forte impacto, o carro subiu o canteiro central da avenida, bateu em um poste, que caiu, invadindo o sentido contrário da pista.

O motorista da caminhonete acionou o Núcleo de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate da vítima, que ficou presa às ferragens. Luiza foi socorrida para um hospital particular, apenas com ferimentos leves, mas apresentou complicações posteriormente.

Assista à matéria do Barra Pesada:

(Jangadeiro Online)

Pepsi apresenta seus ícones e pergunta: “Quem é o próximo?”

São Paulo – Nesse filme, a Pepsi reúne quase todos os ícones da música que já participaram de suas campanhas, incluindo Britney Spears, Michael Jackson, Kanye West, Mariah Carey e Ray Charles.

O motivo não é apenas mostrar legado musical da marca – “Onde tem Pepsi, tem música” – mas também lançar a pergunta: “Who’s next?”

Justin Bieber, que já participou de diversos eventos promovidos pela Pepsi, deve ser o próximo a estrelar um comercial do refrigerante. No entanto, a trilha do filme não é de nenhum desses, é sim “Tonight Is The Night” do Outasight.

Adendo: O filme estreou ontem, durante o X-Factor, novo do Simon Cowell. O “Who’s Next?” se refere também ao ganhador do programa, que vai faturar um contrato de 5 milhões de doletas. A Pepsi é o maior patrocinador do programa.

Assista ao filme

(Exame Online)

Travestis: preconceito e agressões nas ruas

 

PARTE I

A homofobia, a aversão por gays, à vezes, chega a uma situação tão extrema que muitos sofrem violência nas ruas e, como você já deve ter visto, alguns até morrem vítimas de espancamento. A equipe do Barra Pesada foi às ruas de Fortaleza para conhecer a história de um grupo que sente na pele as consequências da escolha que fizeram. Eles não só assumiram a homossexualidade, como sobrevivem da venda do próprio corpo. Uma reportagem especial mostra como é a realidade e o drama dos travestis que atuam nas esquinas de Fortaleza.

 

PARTE II

A homofobia, a aversão por gays, à vezes, chega a uma situação tão extrema que muitos sofrem violência nas ruas e, como você já deve ter visto, alguns até morrem vítimas de espancamento. A equipe do Barra Pesada foi às ruas de Fortaleza para conhecer a história de um grupo que sente na pele as consequências da escolha que fizeram. Eles não só assumiram a homossexualidade, como sobrevivem da venda do próprio corpo. Uma reportagem especial mostra como é a realidade e o drama dos travestis que atuam nas esquinas de Fortaleza.

 

(Jangadeiro Online)

PARA REFLEXÃO: O Menestrel – William Shakespeare

O MENESTREL -WILLIAM SHAKESPEARE

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…

E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…

Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.

Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…

Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…

Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.

Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.

Vídeo mostra desespero após ataque em escola no Rio

Após o massacre que deixou 11 crianças mortas na manhã desta quinta-feira em uma escola municipal no Rio, pessoas que estavam no local registraram o desespero de alunos, professores e funcionários.

O vídeo, que mostra pessoas desesperadas e crianças aparentemente feridas, foi publicado no YouTube.

 

ATAQUE

O corpo de Wellington Menezes de Oliveira, 24, foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de São Cristóvão (zona norte) por volta das 12h40 desta quinta-feira.

Oliveira, ex-aluno da escola, entrou no local dizendo que daria uma palestra, por volta das 8h30. Em seguida, passou a atirar contra os alunos, dentro das salas de aula.

Um policial militar que estava próximo foi avisado por uma criança baleada e conseguiu atingir o criminoso. Em seguida, ele deu um tiro na própria cabeça.

A escola, na região de Realengo, atende estudantes com idades entre 9 a 14 anos –da 4ª a 9ª série, segundo a Secretaria Municipal da Educação.

Várias das crianças foram levadas de helicópteros do Corpo de Bombeiros para o hospital Albert Schweitzer e demais unidades de emergência do Rio, como o hospital Souza Aguiar, no centro.

A escola atende 999 alunos, sendo 400 no período da manhã, de acordo com a secretaria. É grande a movimentação de pessoas ao redor da escola. Muitos pais buscam informações dos filhos.

(Folha Online)

Filme ‘O Julgamento de Deus’ (baixe agora)

Baixar Filme O Julgamento de Deus

Tamanho: 343 MB
Audio: Inglês
Legenda: Português
Formato: RMVB | DVDRip
Qualidade de Video: 10
Qualidade de Audio: 10
Duração: 1hs 25min
Genero: Documentário
Ano de Lançamento: 2009
Servidor: Megaupload
Filme Online: Indisponivel


Sinopse:

Um dos documentários ateístas mais impactantes da atualidade. Impossível assistir e não refletir a respeito! Com 85 minutos de duração esse documentário da BBC mostra uma profunda e triste reflexão entre judeus num campo de concentração durante a 2ª Guerra Mundial. Aborda assuntos delicados (que geralmente evitamos devido ao constrangimento!) como a justiça divina, a aliança de Deus com o povo Judeus, suas incoerências morais, pondo Deus em xeque e atingindo em cheio sua suposta moralidade e justiça, ou, o que é pior, sua EXISTÊNCIA!!! Obrigatório, essa é uma iniciativa corajosa e raro em documentários mesmo nos dias de hoje! Para ver e refletir com a família na sala!

 

Download aqui:

http://www.tiodosfilmes.com/2010/11/download-o-julgamento-de-deus/#more-11389

Filme ‘Uma Noite em 67′ (baixe agora)

Baixar Filme Uma Noite em 67

Tamanho: 695 MB / 310 MB
Audio: Português
Legenda: S / L
Formato: AVI / RMVB | DVDRip
Qualidade de Video: 10
Qualidade de Audio: 10
Duração: 1hs 25min
Genero: Documentário – Nacional
Ano de Lançamento: 2010
Servidor: Megaupload
Assistir Filme Online: Disponivel


Sinopse:

No teatro: aplausos, vaias, um violão quebrado, guitarras estridentes. No palco: os jovens Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo. As músicas: “Roda Viva”, “Ponteio”, “Alegria, Alegria”, “Domingo no Parque”. E só um deles sairia vencedor. Isso é Uma Noite em 67, um convite para viver a final do Festival da Record que mudou os rumos da MPB.

 

Onde baixar:

Aqui http://www.tiodosfilmes.com/2010/12/download-uma-noite-em-67/#more-11827

Cantor do Mês: Renato Russo

Renato Manfredini Júnior (Rio de Janeiro, 27 de março de 1960 — Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1996), mais conhecido como Renato Russo foi um cantor e compositor brasileiro e talvez o maior idolo do rock brasileiro na década de 80 e 90.

Russo é considerado um dos mais importantes compositores do rock brasileiro.[1]A relação chegava a ser algo messiânico pois os fãs o consideravam como um Deus devido as duas letras crítica e cheias de poesia brilhante, muito influenciada por compositores como Morrissey e Ian Curtis e também por sua voz forte que se encaixava perfeitamente nas músicas, tornando as apresentações ao vivo como os fãs declavaram: “de arrepiar a alma”. Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico[2] Renato herdou desta banda uma forte influência punk que influenciou toda a sua carreira. Nessa mesma época, aos 18 anos, assumiu para sua mãe que era bissexual, em 1988, assumiu publicamente.[1] (1978), a qual durou quatro anos, e terminou devido às constantes brigas que havia entre ele e o baterista Fê Lemos.

Em 1982, integrou a banda Legião Urbana. Nesta nova banda desenvolveu um estilo mais próximo ao pop e ao rock do que ao punk. Russo permaneceu na Legião Urbana até sua morte, em 11 de outubro de 1996.

Russo também é conhecido por ser polêmico principalmente quando o assunto é política,

Gravou ainda três discos solo e cantou ao lado de Herbert Vianna, Adriana Calcanhoto, Cássia Eller, Paulo Ricardo, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Biquini Cavadão e 14 Bis.


BIOGRAFIA – Infância

Renato Russo e sua irmã Carmem

Renato segurando a placa da escola, durante a temporada nos Estados Unidos

Até os seis anos de idade, Renato sempre viveu no Rio de Janeiro junto com sua família. Começou a estudar cedo no Colégio Olavo Bilac, na Ilha do Governador. Nessa época teria escrito uma bela redação chamada “Casa velha, em ruínas…”, que inclusive está disponível na íntegra. Em 1967, mudou-se com sua família para Nova Iorque pois seu pai, funcionário do Banco do Brasil, fora transferido para agência do banco em Nova York, mais especificamente para Forest Hills, no distrito do Queens, onde foi introduzido à língua e cultura norte-americanas. Aos nove anos, em 1969, Renato e sua família voltam para o Brasil, indo morar na casa de seu tio Sávio numa casa na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Adolescência

Um registro da adolescência
Outro momento de Renato Russo na adolescência

Em 1973 a família trocou o Rio de Janeiro por Brasília, passando a morar na Asa Sul. Em 1975, aos quinze anos, Renato começou a atravessar uma das fases mais difíceis e curiosas de sua vida quando fora diagnosticado como portador da epifisiólise, uma doença óssea. Ao saber do resultado, os médicos submeteram-no a uma cirurgia para implantação de três pinos de platina na bacia. Renato sofreu duramente a enfermidade, tendo que ficar seis meses na cama, quase sem movimentos. Durante o período de tratamento Renato teria se dedicado quase que integralmente a ouvir música, iniciando sua extensa coleção de discos dos mais variados estilos. Em entrevista, Renato teria alegado que este período fora determinante na formação de sua musicalidade, pois ele leu muito e teve muitas aulas de violão, nessa época Renato passou a gostar de bandas como The Smiths, Joy Division, The Cure, The Beatles, Rolling Stones, Ramones, Sex Pistols, The Clash, [[Buzzcocks e etc.

Carreira

Terceiro show do Aborto Elétrico

Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico, ao lado dos irmãos Felipe Lemos (Fê)Flávio Lemos (baixo elétrico) e do sul-africano André PretoriusAborto Elétrico foi a semente que deu origem à Legião Urbana e ao Capital Inicial (formado por Fê e Flávio, junto ao guitarrista Loro Jones e ao vocalista Dinho Ouro-Preto). (bateria) e (guitarra). O grupo durou quatro anos, de 1978 a 1982, terminando por brigas entre Fê e Renato. O

Legião Urbana

A famosa e inesquecível formação
A nova formação de 1984, com o baixista Renato Rocha

A banda novamente sem Renato Rocha e ...
num registro da década de 90

Após o fim do Aborto Elétrico, Renato começa a compor e se apresentar sozinho, tornando-se o Trovador Solitário. A fase solo durou poucos meses, até que o cantor se juntou a Marcelo Bonfá (baterista do grupo Dado e o Reino Animal), Eduardo Paraná (guitarrista, conhecido como Kadu Lambach) e Paulo Guimarães (tecladista, conhecido como Paulo Paulista), formando a Legião Urbana, tendo Renato como vocalista e baixista. A Legião Urbana surgiu em 1982 em Brasília. O momento era de efervescência social e política no Brasil. Os últimos suspiros de uma ditadura militar de duas décadas e os primeiros ventos da redemocratização alimentaram novos movimentos artísticos na música, cinema, teatro, artes plásticas e literatura, entre outras áreas. Na canção jovem, isso provocou o surgimento de grupos e artistas influenciados pelo pop-rock que se fazia no Reino Unido e nos Estados Unidos na época. Entre as dezenas de novas bandas que compuseram o rock brasileiro dos anos 80 estava a Legião Urbana.

Após os primeiros shows, Eduardo Paraná e Paulo Paulista saem da Legião. A vaga de guitarrista é assumida por Ico-Ouro Preto, irmão de Dinho Ouro-Preto, que fica até o início de 1983. Seu lugar é assumido definitivamente por Dado Villa-LobosDado e o Reino Animal com Marcelo Bonfá, Dinho Ouro Preto, Loro Jones e o tecladista Pedro Thompson). A entrada de Dado consagrou a formação clássica da banda com Renato Russo nos vocais, Dado Villa-Lobos na guitarra, Marcelo Bonfá na bateria e Renato Rocha (Negrete) no baixo. (que criou a banda

O primeiro álbum “Legião Urbana” foi lançado em janeiro de 1985. Nele estavam presentes grandes sucessos do grupo que se tornariam clássicos do pop brasileiro, como “Geração Coca-Cola”, “Será”, “Teorema” e “Por Enquanto”. A influência do punk e do pós-punk britânicos está muito clara na sonoridade e nas letras deste álbum, que traz um tom de revolta e agressividade, em relação a questões sociais, políticas e comportamentais.

Naquele momento, o Brasil vivia o ocaso do regime militar e estava às vésperas da posse do primeiro Presidente da República civil após quase vinte anos, ainda que eleito indiretamente pelo Congresso Nacional. Era o ano também do primeiro Rock in Rio, festival que trouxe ao país nomes do primeiro time do rock internacional, que se juntaram aos novos nomes do pop-rock nacional para dez dias de megashows em área especialmente construída no bairro de Jacarepaguá (RJ). Até então, os grupos e artistas do pop brasileiro dos anos 80 conquistavam o público em shows feitos em danceterias e espaços alternativos de São Paulo e Rio, como o Radar TanTan, Madame Satã, Circo Voador e o Rose Bom-Bom, entre outros.

No ano seguinte, o álbum “Dois” repete a dose, recheado de canções que além do sucesso imediato também se tornariam clássicos, como “Eduardo e Mônica”, “Tempo Perdido”, “Índios”, “Quase Sem Querer”,”Daniel na Cova dos Leões” e “Música Urbana 2″. O álbum também evidencia a sensibilidade de Renato Russo como letrista para os temas românticos. Além disso, “Eduardo e Mônica” rompe com os paradigmas do pop-rock nacional ao introduzir uma longa narrativa sobre um casal de jovens namorados e ao praticamente não usar refrão. Esse segundo álbum recheado de sucessos confirmou a banda como uma das melhores de sua geração. Uma geração composta por grupos e artistas que mudaram a cara da música jovem no país, como Titãs, Paralamas do Sucesso, Lulu Santos, Ira!, Capital Inicial, Barão Vermelho e Blitz, entre outros.

O terceiro álbum “Que País é Este”, lançado em 1987, e sob pressão da gravadora em função dos sucessos dos anteriores, pode ser considerado uma coletânea, já que a maior parte das canções são regravações de músicas compostas por Russo na época do Aborto Elétrico ou antes do surgimento da Legião. Entre elas, novos sucessos como “Eu Sei”, “Que País é Este”, “Tédio”, “Química” e “Faroeste Caboclo”. As únicas composições inéditas feitas pela banda para o álbum foram “Angra dos Reis” e “Mais do Mesmo”. Neste álbum, a veia de narrativa poética inovadora de Russo volta a aparecer com “Faroeste Caboclo”, que canta a saga de um migrante que foi parar em Brasília, com uma letra carregada de crítica social. A canção, com seus 159 versos que não se repetem, o consagra como um Bob Dylan brasileiro.

Em 1989, após a saída do baixista Renato Rocha, a banda lança seu quarto disco: “As Quatro Estações”. Foi o álbum de maior vendagem da Legião. Canções como “Há Tempos”, “Pais e Filhos”, “Meninos e Meninas”, “Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”, “Monte Castelo” e “Feedback Song for a Dying Friend” fizeram com que o disco alcançasse mais de 1,7 milhões de cópias vendidas.

À frente da Legião, que contou com o baixista Renato Rocha entre 1984 e 1989, Renato Russo atingiu o auge de sua carreira como músico, sendo reconhecido como um dos maiores poetas do rock brasileiro, criando uma relação com os fãs que chegava a ser messiânica (alguns adoravam o cantor como se fosse um deus). Os mesmos fãs chegavam a fazer um trocadilho com o nome da banda: Religião Urbana/Legião Urbana. Renato desconsiderava este trocadilho e sempre negou ser messiânico.

Em 1991, quando Renato Russo já sabia que era soropositivo, a banda lança “V”, cujos maiores sucessos são “Teatro dos Vampiros” “Vento no Litoral” e “Metal contra as Nuvens”. No ano seguinte o grupo realiza um show para a série Acústico MTV, que somente seria lançado como CD em 1999. A banda ainda lançaria mais dois álbuns antes da morte de Renato: “Descobrimento do Brasil”, em 1993, e “A Tempestade”, em 1996. Um álbum póstumo, “Uma Outra Estação”, foi lançado em 1997, com as canções gravadas mas não lançadas em “A Tempestade”.

O grupo teve também mais dois discos ao vivo, “Como é que se diz eu te amo”, gravado em 1994 e lançado em 2001, e “As Quatro Estações ao vivo”, gravado em 1990 e lançado em 2004, e mais duas coletâneas “Música para Acampamentos” (1992) e “Mais do Mesmo” (1998).

Morte


No último mês de vida, Russo praticamente não comia. Só bebia água de coco. Saul Bteshe seu médico por oito anos, conta que, nos primeiros meses após descobrir a doença, o artista reagiu com otimismo. “Perto de sua morte, caiu em depressão”, conta o médico, que tratava do cantor antes de ele ser infectado. Quando o cantor foi a seu consultório pela primeira vez, Bteshe desconhecia a Legião. “Ele perguntou se eu não o estava reconhecendo”, lembra Bteshe, que o acompanhou em shows na fase avançada da doença.

Russo soube que tinha Aids depois de ter namorado Robert Scott Hickmon, que o roqueiro conheceu em Nova York, em novembro de 1989. Morador de San Francisco, Scott era gay e tinha um namorado vítima da Aids. Russo e Scott viveram juntos alguns meses no Brasil, antes de o americano voltar para os Estados Unidos, no final de julho de 1990, quando usaram heroína juntos. “Foi fogo. O namorado do Scott estava em estado terminal de Aids e mesmo assim o Renato se envolveu com ele”, diz a amiga Leonice de Araújo Coimbra, a Léo, que estava com Russo em Nova York, em novembro de 1989, quando o romance começou. Em 1990, ela recebeu o músico em sua casa, em Brasília, que segurava o resultado de um exame. Chorando, abraçou forte a amiga e desabafou: “Sou HIV positivo”. Léo afirma: “Renato tinha certeza que pegou Aids do Scott. Ele foi embora e ninguém soube mais dele”. Russo nunca assumiu a Aids publicamente. Em 1992, perguntado por um jornalista, disse: “Não estou com Aids, que pergunta idiota”.Renato Russo morreu, pesando apenas 45 quilos, em consequência de complicações causadas pela Aidssoropositivo desde 1989), mas jamais revelou publicamente sua doença.Renato Russo do inferno ao céu quando morreu deixou um filho, Giuliano Manfredini, com apenas 7 anos de idade. O corpo de Renato foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx. Renato Russo morreu, pesando apenas 45 quilos no dia 11 de outubro de 1996, em consequência de complicações causadas pela Aids (era soropositivo desde 1989), mas jamais revelou publicamente sua doença.[1] Quando morreu deixou um filho, Giuliano Manfredini, com apenas 7 (Sete) anos de idade. O corpo de Renato foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx. No dia 22 de outubro de 1996, onze dias após a morte do cantor, Dado e Bonfá, ao lado do empresário Rafael Borges, anunciaram o fim das atividades do grupo. Ao todo, lançaram treze álbuns, somando mais de vinte milhões de discos vendidos. Ainda hoje, é o terceiro maior grupo musical, da gravadora EMI-Odeon, em venda de discos por catálogo, no mundo, com média de duzentas mil cópias por mêsMais de uma década após sua morte, a banda ainda apresenta vendagens expressivas de seus discos. (era

Livros

Durante sua carreira teve quatro livros publicados e, após sua morte, outros quatro livros foram lançados sobre ele, sendo um deles “Conversações com Renato Russo”, que contém trechos de entrevistas mostrando o seu ponto de vista sobre o rock, a bissexualidade (incluindo a sua própria), o mundo, as drogas e a política.

Do ponto de vista da análise técnica, isto é, da crítica literária (acadêmica), foi lançado o livro: “Depois do Fim – vida, amor e morte nas canções da Legião Urbana”, de Angélica Castilho e Erica Schlude (ambas da UERJ). Vale ser citado como bibliografia referencial os livros “O Trovador Solitário” e “BRock – O rock brasileiro nos anos oitenta”, ambos de Arthur Dapieve.

Em junho de 2009, é lançada a biografia “Renato Russo: O filho da Revolução”, do jornalista Carlos Marcelo Carvalho. A obra é contextualizada desde o período de infância de Renato, passando pela sua juventude – com acontecimentos políticos históricos da época forte de opressão da Ditadura Militar como pano de fundo – e culminando com o seu amadurecimento como homem, poeta, artista e músico.

Discografia

Para os discos com Legião Urbana, ver a página consagrada ao grupo.

Álbuns de estúdio

Coletâneas

Videografia

ALGUNS VÍDEOS CLIPES:

RENATO RUSSO – LA FORZA DELLA VITTA


RENATO RUSSO – A VIA LÁCTEA

RENATO RUSSO – PAIS E FILHO