archives

Sociedade

Esta categoria contém 9556 posts

Título de doutor passa a ser exigido para novos professores do ensino superior

A presidente Dilma Rousseff publicou nesta quarta-feira (15), no “Diário Oficial da União”,  uma medida provisória que altera a lei do plano de carreiras e cargos do magistério federal e inclui a exigência de doutorado para a contratação de professores de universidades e institutos federais de ensino superior. O texto original, publicado em dezembro do ano passado, não fazia esta exigência, e precisou ser corrigido. Desde então, os concursos para professor de universidades federais estavam parados.

 

 

De acordo com a medida provisória, o diploma de doutorado só não será exigido pela instituição e substituído pelo título de mestre, de especialista ou por diploma de graduação, “quando se tratar de provimento para área de conhecimento ou em localidade com grave carência de detentores da titulação acadêmica de doutor, conforme decisão fundamentada de seu Conselho Superior”.

 

 

O texto diz ainda que a classe da carreira de magistério superior é dividida em cinco classes, que vai de professor adjunto, assistente ou auxiliar (classe A), até professor titular (classe E), e que o ingresso é sempre pela classe A, mediante aprovação em concurso público de provas e títulos. E estes concursos terão como requisito de ingresso o título de doutor na área exigida.

 

 

(G1 São Paulo)

Senado aprova criação de quase 7 mil cargos públicos efetivos no governo federal

Agência Senado – 15/05/2013

 

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (15), a criação de cerca de 7 mil cargos públicos federais de provimento efetivo, a serem preenchidos por meio de concurso público. O Projeto de Lei da Câmara (PLC 126/2012), de autoria da Presidência da República, altera o Plano Geral de Cargos do Poder Executivo.

 

O projeto cria cargos de analista em tecnologia da informação, administrador, agente administrativo, analista técnico-administrativo, contador, economista, engenheiro agrimensor, engenheiro agrônomo, engenheiro civil, engenheiro florestal, estatístico e médico-veterinário.

 

Destacam-se entre os cargos a serem criados 500 de analista em tecnologia da informação e 120 de engenheiro agrônomo.

 

Em seu relatório favorável à aprovação do projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o senador Gim Argello (PTB-DF) considera louvável a iniciativa da criação dos cargos em razão de viabilizarem, em sua análise, a implementação de políticas públicas relevantes para o país.

 

“A despeito de críticas infundadas sobre um suposto inchaço do aparelho estatal, a relação servidor público/população no Brasil é uma das menores se comparada à de países com o mesmo ou superior grau de desenvolvimento”, diz Gim Argello em seu relatório.

 

Durante a discussão da proposição na CCJ, o autor do pedido de análise urgente, senador José Pimentel (PT-CE), afirmou que a medida será fundamental para estruturar a máquina pública federal.

O projeto segue agora para sanção da presidente Dilma Rousseff.

 

 

Servidores do extinto DNER devem ser enquadrados no Plano Especial de Cargos do DNIT

Os servidores absorvidos pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) após 31 de julho de 2004, em razão da extinção do Departamento Nacional de Estradas e Rodagem (DNER), devem ser enquadrados no Plano Especial de Cargos do DNIT, criado pelo art. 3.º, da Lei 11.171/2005. Este foi o entendimento da 1.ª Turma do TRF/1.ª da Região após análise do recurso apresentado pela Associação dos Servidores Federais em Transportes (ASDNER).

A ASDNER entrou com ação na Justiça Federal contra a União Federal e o DNIT objetivando garantir a seus filiados o enquadramento no Plano Especial de Cargos do DNIT com o recebimento de todas as vantagens pecuniárias do referido plano. Em suas razões, a associação sustentou que seus filiados são servidores públicos federais oriundos do extinto DNER, que foi sucedido pelo DNIT, por força da Lei 10.233/2001.

De acordo com a associação, o DNIT absorveu o quadro de servidores em atividade pertencente ao antigo quadro de pessoal do DNER; contudo, a União negou-se a aplicar o Plano Especial de Cargos aos servidores oriundos do DNER, em afronta ao princípio da isonomia.

O juízo de primeiro grau julgou procedente o pedido da ASDNER para garantir aos filiados domiciliados da Seção Judiciária do Distrito Federal a percepção de todas as vantagens pecuniárias do referido plano. Inconformados, ASDNER e DNIT recorreram ao Tribunal Regional Federal da 1.ª Região contra a sentença.

A associação requer que os efeitos da sentença alcancem todos os filiados beneficiários da presente, independentemente de seus domicílios. O DNIT, por sua vez, afirma que não houve violação ao princípio da isonomia, pois os atos de gestão de pessoal do extinto DNER, inclusive para fins de redistribuição, foram praticados pela Inventariança, diretamente subordinada à Presidência da República.

Decisão – A relatora do processo no TRF da 1.ª Região, desembargadora Ângela Catão, deu razão à ASDNER. “Levando em consideração que os antigos servidores do DNER foram redistribuídos, a limitação temporal imposta pela Lei 11.171/2005 para o enquadramento funcional aos servidores redistribuídos até 31 de julho de 2004 é ilegal, pois permite aos servidores que exerçam as mesmas atribuições, a submissão a regimes jurídicos diversos. Ou seja, no momento da redistribuição dos autores, inexistia equivalência de vencimentos entre os servidores do DNER e os do DNIT, já beneficiados pelo novo Plano de Cargos e Salários, provocando ofensa ao princípio da isonomia”, explicou.

Nesse sentido, concluiu a magistrada em seu voto, “aos servidores redistribuídos após 31 de julho de 2004 deve ser dado tratamento isonômico em relação aos servidores já redistribuídos para o DNIT, porque esses servidores continuaram desempenhando as mesmas atividades que realizavam antes da extinção de sua entidade de origem”.

Com tais fundamentos, a Turma, de forma unânime, deu provimento à apelação da ASDNER e negou provimento ao recurso proposto pelo DNIT.

0011522-34.2006.4.01.3400

(Portal Âmbito Jurídico)

 

Lulu Santos – 25/05 – Barraca Guarderia Brasil

A barraca Guarderia Brasil receberá o músico Lulu Santosno dia 25 de maio(sábado). O cantor desembarca em Fortaleza para apresentar a nova turnê “Toca Lulu”, no‘Big Beach Sunset Festival’.

O show será formado pelos grandes sucessos de Lulu. Em 30 anos de trabalho, o cantor arrasta multidões por onde passa. No repertório da apresentação do músico em Fortaleza, as canções “Um certo alguém”, “Último romântico” e “Sábado à noite”não vão ficar de fora.

O ‘Big Beach Sunset Festival’ começa em grande estilo com o show de Lulu Santos. Já estão marcadas mais duas apresentações para o festival: Skank, no dia 13 de julho, e Paralamas do Sucesso, no dia 10 de agosto.

Mais atrações: Dj Barrocas + Leo Teruz

Ingressos: Pista: R$ 50,00 | Front: R$ 70,00

Vendas: Site BilheteriaVirtual.com

Créditos: http://showsefestasdefortaleza.blogspot.com.br/ e O Povo Online

Ceará registrou 1.356 homicídios em apenas quatro meses

O Ceará registrou, somente nos 4 primeiros meses deste ano, um total de 1.356 homicídios. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (15) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Em média, foram 11 mortes por dia em 2013 no Estado, até o mês passado. A quantidade de assassinatos neste ano é 24% maior que a registrada em igual período de 2012, quando ocorreram 1.093 homicídios, entre janeiro e abril.

Fortaleza teve 662 homicídios dolosos nos primeiros quatro meses deste ano, contra 505 no ano passado, um crescimento de 31%. Foram 163 mortes em janeiro, 142 em fevereiro, 223 em março e 134 em abril. A Barra do Ceará foi o bairro que registrou mais assassinatos, até o fim de abril, com 28 apenas neste ano; seguida por Bom Jardim (22) e Jangurussu (22).

Foram 694 assassinatos no Interior do Estado de janeiro a abril, alta de 18% em relação a igual período do ano passado, quando ocorreram 588 homicídios dolosos. Caucaia desponta com a cidade com maior número de assassinatos em 2013 – excetuando-se Fortaleza – com 67 ocorrências. Ocorreram 190 homicídios em janeiro, 149 em fevereiro, 206 em março e 149 em abril. 

(Diário do Nordeste)

 

A 30 dias de ‘teste’, nenhuma das vias de acesso ao Castelão está concluída

A um mês de “competição-teste”, obras marcam principal via de acesso ao Castelão (Foto: André Teixeira/G1)

A um mês da Copa das Confederações, evento considerado pela Fifa o principal teste para a Copa do Mundo de 2014, nenhuma das obras de mobilidade urbana planejadas para facilitar a chegada à Arena Castelão está pronta. Considerando as quatro vias de acesso ao estádio, todas em construção ou adaptação, apenas 52% do trabalho foi realizado. Em uma das ruas, a construção de túneis começou apenas no último dia 11. No entorno da arena, máquinas e materiais dificultam o acesso, também prejudicado pela lama ou por poeira.

O Castelão será palco de três partidas da Copa das Confederações, sendo a primeira delas entre Seleção Brasileira e México, no dia 19 de junho. Na Copa do Mundo de 2014, o estádio vai receber seis jogos, sendo um deles, na primeira fase, do Brasil.

G1 percorreu a capital cearense para avaliar as obras de mobilidade urbana planejadas para a Copa de 2014, além de fazer um balanço de alguns serviços que serão importantes para receber os visitantes e da expectativa dos moradores com os eventos. Confira como está a situação na cidade:

Acesso ao Castelão
O secretário da Copa do Mundo de Fortaleza, Domingos Neto, garante que as obras viárias ainda em construção vão garantir o acesso à nova arena até o início do evento. “Vamos garantir o sistema viário de acesso à Arena Castelão pronto para a Copa das Confederações. Já iniciamos a parte do concreto na via. A prefeitura tem dado prioridade, tem estado diariamente no canteiro de obra, para entregar para Fortaleza uma obra importante”, afirmou.

As avenidas Dedé Brasil, Paulino Rocha, Raul Barbosa e Via Expressa vão ser ampliadas e receber melhorias. O plano para a reião também prevê que túneis e viadutos sejam construídos para que o trânsito flua mais rapidamente.

“A Fifa, junto com o Ministério das Cidades, define as áreas de acesso que fazem parte de áreas protocolares. Ela exige também o fluxo de pedestre em boas condições. A prefeitura está recapeando e fazendo operação de meio fio para isso”, disse Domingos Neto.

No último dia 9, o show do ex-beatle Paul McCartney atraiu cerca de 50 mil pessoas ao Castelão e foi considerado uma prova para avaliar o equipamento. O evento gerou extenso engarrafamento na cidade. “Estamos avaliando os erros que geraram esse engarrafamento e vamos evitá-los”, prometeu o secretário da Copa.

Metrô, VLT e aeroporto
O Metrô de Fortaleza ainda funciona em fase de teste, somente pelo horário da manhã e sem cobrança de passagem, enquanto que o Veículo Leve sobre Trilho (VLT) ainda está no início da implantação.

Segundo último balanço divulgado, a reforma do Aeroporto de Fortaleza tem apenas 12% das melhorias concluídas. Com isso, turistas estrangeiros e de outros estados que chegarem à cidade pelo local encontrarão o terminal em obras.

Obra pronta só depois de 2014
A estratégia da prefeitura é desenvolver obras em etapas e deixá-las parte delas concluídas antes dos eventos. A região da Praia de Iracema, por exemplo, terá a reforma concluída em 2015. Até o período da Copa, em 2014, os turistas poderão contemplar parte da reforma, segundo o secretário de Turismo de Fortaleza, Salmito Filho.

“As obras de ampliação das ruas só vão começar depois da Copa. Os turistas que chegaram aqui não vão ver ruas quebradas, mas vão poder ver e contemplar a praia na Beira Mar reformada”, disse.

As obras na Via Expressa, considerada o “Corredor da Copa”, terão sete etapas, que serão concluídas até junho de 2014. Serão construídos três túneis e três viadutos. Além do túnel da Avenida Santos Dumont, serão construídos túneis nos cruzamentos da Via Expressa com a Avenida Padre Antônio Tomás e com a Avenida Engenheiro Alberto Sá.

Para o período da Copa das Confederações, a prefeitura organiza uma festa de São João especial. “É a forma da gente apresentar a cultura nordestina à toda a mídia e turistas”, disse Domingos Neto.

Bares e hotéis
O setor de serviços de Fortaleza ainda não “entrou no clima” dos eventos. Representantes da hotelaria e de bares e restaurantes dizem que a Copa das Confederações será um teste para a Copa do Mundo e que estão investindo, mas reconhecem que os gargalos dos setores não vão ser resolvidos até o mês de junho nem, talvez, até a Copa de 2014.

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel-CE), Ivan Assunção, o maior problema é a mão de obra. “O que mais ouço dos empresários é a dificuldade para montar o quadro de funcionários. O grande gargalo é muito mais a captação do que a qualificação. O setor de alimentação fora do lar é o segundo que mais emprega, mas mesmo assim não consegue captar”, afirmou. As principais faltas são para os cargos de garçons, ajudantes de garçom, serviços gerais e cozinheiros.

Junho é considerado um mês de baixa estação, mas, com a Copa da Confederações, o movimento esperado deve ser maior. “A tendência é ter movimentação como na alta estação. O nosso setor vai sentir agora como será a Copa do Mundo”, disse.

O setor hoteleiro considera que a Copa das Confederações não pode ser comparada à Copa do Mundo. “Será um evento menor que a Copa do Mundo. Fortaleza não deve lotar”, afirmou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (Abih -CE), Régis Medeiros. De acordo com a entidade, a ocupação hoteleira no período do evento esportivo deve chegar a 70%, com picos nos dias dos jogos da seleção brasileira na capital cearense (veja o balanço dos bares e hotéis).

Moradores alugam casas
O cenário na Avenida Alberto Craveiro, principal acesso à Arena Castelão, em Fortaleza, é de obra por todos os lados. Parte do terreno das residências foi desapropriado para alargamento da via. Com o dinheiro recebido pela desapropriação, moradores reformam as casas com um objetivo em comum: alugá-las durante o período da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. O valor nos anúncios chega a R$ 50 mil (leia mais aqui).

(André Teixeira, G1 Ceará)

JOÃO DO PIFE & BANDA DOIS IRMÃOS DE CARUARU EM FORTALEZA

A Caixa Cultural Fortaleza-CE recebe neste sábado, 18, e domingo, 19, o projeto “Eu Toco Pife”, com João do Pife e a Banda Dois Irmãos, direto de Caruaru, Pernambuco.

Antes, na sexta-feira,  17, das 14h às 17h, o artista pernambucano fará uma oficina de confecção de pífanos, direcionada a iniciados em Música, maiores de 12 anos. Todos os eventos serão gratuitos.

João Alfredo Marques dos Santos, 70 anos, ficou conhecido como João do Pife por vender e tocar pífanos durante décadas na Feira de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Com a banda que herdou do pai, viajou por 30 países das Américas e Europa. Na década de 90, foi professor convidado da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, onde ensinou a confeccionar as tradicionais flautinhas de bambu. “Ensinar é uma emoção muito boa e ajuda a preservar nossa tradição”, relata João, que já levou o projeto para as unidades da CAIXA Cultural, em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro,Curitiba e Salvador.
Para o repertório das duas apresentações em Fortaleza, o artista adianta que terá de tudo um pouco. “Vamos fazer forró, xote, xaxado, frevo e tudo o mais, para o povo dançar e se divertir, sem esquecer da tradição das novenas que é onde tudo começou”, diz.

Em 2005, o artista gravou seu primeiro disco solo, após participar de várias coletâneas de Word Music. Atualmente, divide o tempo entre shows e aulas ministradas para crianças e idosos, além de receber turistas em sua oficina, na periferia caruaruense. Em Fortaleza, ele espera fazer mais uma oficina repleta de jovens. “São as pessoas novas que vão tocar nossa obra pra frente”, prevê o artista.
O projeto “Eu Toco Pife” é uma produção da Página 21, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Serviço

Oficina fazendo pífanos com João do Pife

Sexta-feira, dia 17 de maio (para o público a partir de 12 anos)
20 participantes
Horário: de 14h às 17h
Inscrição gratuita pelo email: amarofilho@pagina21.com.br

Shows com João do Pife e Banda Dois Irmãos de  Caruaru

Entrada Franca

Duração: 50 minutos
Caixa Cultural Fortaleza – Teatro.
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema.
Telefone: (85) 3453.2770
Dia 18 de maio de 2013 (sábado) às 20 horas
Dia 19 de maio de 2013 (domingo) às 19 horas
Distribuição de ingressos: a partir das 10h do dia do show.
Lotação máxima do teatro: 156 lugares
Classificação: 12 anos

Informações:
CAIXA Cultural Fortaleza
Telefones: (85) 3453.2770

Fonte: Blog Papo Cult

4 razões do Itaú ter pago 3 vezes mais pela Credicard

São Paulo –  Noticiada hoje, mas não confirmada ainda pelo Itaú, a compra da Credicard pelo Itaú por 3 bilhões de reais surpreendeu pelo valor, bem acima dos cerca de 2 bilhões de reais que estavam sendo negociado pelos demais interessados e o triplo do valor de mercado da companhia.  

 

Uma oferta grande o suficiente para fazer com que o banco da família Setúbal deixasse para trás os rivais Bradesco e Santander na disputa pela bandeira.

Mas, afinal, por que pagar para o Citibank um preço tão alto por uma empresa?

O Itaú tem lá seus motivos – e, de cara, quatro deles parecem ser bem consistentes. São eles:

Negócio

A Credicard tem 7 milhões de plásticos, estima o mercado, e teria sido responsável por cerca de 4,5% das transações feitas por brasileiros no exterior, um número que beirou aos 500 bilhões de reais em 2011.

Além do que, a companhia é a última “dona” de carteira de cartões em negociação hoje, em um mercado em ascensão em que nenhum banco quer ficar de fora. Isso porque o setor de cartões no Brasil cresce a passos largos em comparação aos demais países, tanto pelo tamanho do mercado e pelo aumento de crédito ao consumidor, quanto pelo hábito de compras por meio de cartões que vêm se consolidando no cotidiano da vida dos brasileiros.

Nos últimos cinco anos, o setor no Brasil cresceu em torno de 20% ao ano, índice que deve se manter pela fase de amadurecimento do setor financeiro pela qual passa o país. Apenas no ano passado, 724,3 bilhões de reais em transações foram feitas por meio de pagamentos por cartões de crédito ou débito, um número 18% maior em relação ao ano anterior.

Concorrência

Não deixar que o concorrente Santander levasse para casa a Credicard também acabaria ajudando o Itaú a tirar da frente um concorrente de potencial imenso de crescimento. Além de ainda desbancar o arquirrival Bradesco do páreo. Dois concorrentes que, sem participar da fundação da Credicard, ainda teriam acesso a uma das marcas mais fortes e tradicionais do setor de cartões do país. Uma hipótese difícil de ser digerida pelo Itaú.

Estimativas de mercado mostram que o Itaú lidera esse setor, com 30% do volume de transações feitos por meio de cartões no país. Bradesco e Banco do Brasil teriam, cada um, cerca de 20% e o Santander 5%.

Além dos ganhos sobre os volumes transacionados, o setor de cartões representa para os bancos uma maneira fácil de capturar e reter clientes. Os plásticos funcionam como uma ferramenta para eles traçarem os gastos e hábitos de consumo de seus clientes, informações que podem ser usadas para a oferta de crédito e produtos financeiros direcionados para tipos específicos de pessoas.

Histórico

A Credicard foi fundada, nos anos 70, pelo Itaú, Unibanco e Citibank e em 2004, o Unibanco vendeu sua participação na Credicard. Cada sócio ficou com metade da carteira. Em 2006, quando Citi e Itaú resolveram finalizar a parceria, um algoritmo matemático fez a divisão entre as partes – e, claro, uma parte de clientes do Unibanco acabou indo para a Credicard.

É esta fatia que o Itaú consegue, agora, reaver com a compra do Credicard. Trata-se de uma carteira de clientes do Unibanco, correntistas do Itaú desde 2008, quando o banco foi adquirido pelo concorrente, que permaneceu com cartão da Credicard.

Presença

Além de ser uma marca com histórico forte na memória dos brasileiros, a Credicard ainda conta com cerca de 100 lojas de rua de sua Credicard Financiamentos, quando ainda controlada pelo Citi. A empresa promove vendas de pacotes de créditos voltados para o varejo – um nicho que vinha sendo renegado pelo Citibank aos poucos, desde os últimos anos, e foi definitivamente deixado de lado com a venda da bandeira para o banco rival.

A dúvida agora é o que o Itaú fará com as lojas de ruas, bem como o que será feito dos cerca de 1.200 empregados herdados da transação. Hoje o Itaú conta com pouco mais de 89.000 funcionários. 

(Exame Online) 

Itaú Unibanco compra Credicard por R$ 2,7 bilhões e avança no setor de cartões

SÃO PAULO, 14 Mai (Reuters) – O Itaú Unibanco anunciou nesta terça-feira a compra da Credicard por 2,767 bilhões de reais em dinheiro, elevando as apostas do grupo no setor de cartões.

A operação, da qual a marca Credicard faz parte, envolve a compra do Banco Citicard, com uma carteira de crédito de 7,3 bilhões de reais ao fim de 2012 e com uma base de 4,8 milhões de cartões de crédito, além de 96 lojas da Credicard Financiamentos, compondo ativos totais de 8 bilhões de reais.

O negócio não inclui os cartões American Airlines, Credicard Platinum (exceto Credicard Exclusive) e as marcas Citi, Diners, nem os cartões corporate. Os resultados realizados pelo grupo em 2013 já serão contados como parte do Itaú Unibanco.

“É uma aquisição que confirma e reforça nosso crescimento em mercados estratégicos”, disse o presidente-executivo do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, em comunicado. “As oportunidades de crescimento no país passam pela bancarização e o cartão de crédito é um dos principais instrumentos para este fim”.

Apesar de se apresentar como líder, o banco não informa qual sua participação do mercado que, segundo a Abecs, entidade que representa as indústria de cartões, movimentou 724,3 bilhões de reais em 2012, uma expansão anual de 17,9 por cento. Para este ano, a expectativa da Abecs é que o setor movimente 847 bilhões de reais, crescimento de 16,9 por cento.

Já o Citi, que vem se desfazendo de ativos em várias partes do mundo como parte do processo de reestruturação por que passa desde a crise financeira nos Estados Unidos, em 2008, viu a transação como meio de se concentrar em atividades mais estratégicas no país. Em dezembro, o banco anunciara o fechamento de 14 de suas 198 agências no país.

“Estamos encontrando formas de otimizar nossos negócios e de focar em segmentos específicos nos mercados emergentes, em linha com a nossa estratégia global” disse o presidente-executivo do Citi América Latina, Francisco Aristeguieta.

O Citi informou que deve ter um ganho de 300 milhões de dólares com a venda, após impostos.

(Por Aluísio Alves – Reuters Brasil)

Prefeitura de Fortaleza abre incrições para 989 vagas em cursos técnicos

A Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra), da Prefeitura de Fortaleza, está com inscrições abertas para cursos técnicos do Programa de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec). Ao todo, são 989 vagas disponíveis para capacitação em diversas funções como pedreiro, recepcionista, padeiro e confeiteiro, cobrador de ônibus, manicure, modelista, almoxarife, costureiro, monitor de recreação, garçom, operador  de computador, organizador de eventos, entre outras. Até o fim de 2013, a Prefeitura de Fortaleza espera totalizar 10 mil vagas ofertadas.

Para fazer inscrição o interessado deve estar, obrigatoriamente, inserido o Cadastro Único e procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência. É necessário apresentar a declaração com o Número de Inscrição Social (NIS), RG, CPF e comprovante de residência. As inscrições podem ser feitas até dez dias antes do início das aulas da turma ou enquanto houver vagas disponíveis.

O objetivo do Pronatec é promover a expansão da oferta de cursos de Educação Profissional Técnica de nível médio (TEC) e de cursos e programas de formação inicial e continuada (FIC) de trabalhadores, além de contribuir para a melhoria da qualidade do Ensino Médio público, por meio da  Educação Profissional. Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas pelos telefones 3105.3448 e 3105.3449.

(G1 Ceará)

Detran-CEARÁ realiza leilão de carros, motos e sucatas apreendidos

Foto meramente ilustrativa

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará(Detran-CE) realiza nos dias 16, 17 e 18 de maio o terceiro leilão deste ano. A partir desta quarta-feira (15), os interessados já podem conferir os lotes de carros, motocicletas e sucatas que estão sendo oferecidos pelo órgão.

Vão ser leiloados diversas peças de sucata, aproximadamente 200 motocicletas e 50 carros. A novidade deste leilão é que ele será realizado por meio da internet. Para isso, é preciso realizar um cadastro no site da empresa que ganhou o licitamento para organizar o leilão. Todas as informações podem ser obtidas no site do Detran-CE.

De acordo com o Detran-CE, os veículos que não são resgatados pelos donos num período de três meses são levados a leilão. Os carros apreendidos nas blitzes itinerantes, que rebocam veículos estacionados em calçadas ou em locais proibidos, também podem acabar sendo leiloados, se o dono do veículo não resgatá-lo no período de tempo permitido.

O Detran-CE afirma, ainda, que um leilão está programado para a cidade de Juazeiro do Norte, em agosto deste ano. O calendário completo para o ano de 2013 pode ser conferido no site do órgão.

(G1 Ceará com TV Verdes Mares)

Anderson Paulo Santos: Universitário é morto em tentativa de assalto no bairro Luciano Cavalcante

Anderson Paulo Santos Silva, 25

O estudante de engenharia de telecomunicações Anderson Paulo Santos Silva, 25, morreu por volta 22h30min desta segunda-feira, 13, durante tentativa de assalto no bairro Luciano Cavalcante.

Segundo a Divisão de Homicídios, que investiga o caso, o crime aconteceu na avenida Almirante Maximiano da Fonseca, próximo à Faculdade 7 de Setembro (Fa7). De acordo com a Polícia, o rapaz voltava de um jantar com a esposa e um amigo dele quando o Fox de cor preta em que estavam foi interceptado por quatro homens.

Relatos da esposa à Polícia contam que Anderson se assustou com a abordagem e arrancou o veiculo na tentativa de tirá-lo do domínio dos bandidos. Nesse momento, um dos homens atirou contra o carro, atingindo a coxa e a região lombar direita do estudante. Anderson perdeu o controle do carro e bateu numa árvore na calçada da Fa7. Ele morreu antes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegar.

Os quatro homens conseguiram fugir e não há suspeitos do latrocínio tentado, de acordo com o delegado Frank Pinheiro, da Divisão de Homicídios.

Anderson era de Aracaju (SE) e estava morando em Fortaleza havia três anos, cursando Engenharia de Telecomunicações na Universidade de Fortaleza (Unifor). O velório está acontecendo nesta tarde de terça-feira no cemitério Parque da Paz.

Redação O POVO Online com informações do repórter Thiago Paiva

Português passa árabe, francês e alemão e é o 5° idioma mais usado na web

São Paulo – A língua portuguesa já é o quinto idioma mais “falado” na internet. Dados divulgados pela União Internacional de Telecomunicações apontam que o português já superou o árabe, francês e o alemão entre as línguas com o maior número de usuários navegando pela web. Para a entidade, a expansão da web no Brasil nos últimos dez anos explica em grande parte essa posição de destaque da língua. Seriam pelo menos 83 milhões de pessoas no mundo usando o português na rede. Na avaliação dos especialistas, em poucos anos o português poderá superar o japonês – hoje com 99 milhões de usuários na rede – e ocupar a quarta colocação. 

Isso porque a expansão da rede no Brasil, em Angola e em Moçambique, ainda teria um amplo caminho a percorrer até atingir os mesmos níveis de penetração dos países ricos, enquanto no Japão a realidade é de uma “maturidade” da tecnologia. Prova disso é que já há mais lusófonos na web que os 75 milhões de alemães e 60 milhões de usuários que usam o francês. O árabe, apesar de espalhada por diversas regiões do mundo, tem hoje uma população de usuários da internet inferior ao português, com 65 milhões. 

A língua preponderante da internet continua sendo o inglês, com uma população de usuários de 565 milhões. Mas, se esse domínio era total há dez anos, hoje ele já enfrenta a ameaça da China. O número de pessoas que usam prioritariamente o chinês na web já chega a 510 milhões de pessoas. A terceira colocação é do espanhol, com 165 milhões de usuários. Para especialistas, parte da influência de uma língua será medida em alguns anos no mundo justamente pelo seu uso na internet. 

Política 

A contabilidade do número de usuários em cada língua não serve apenas como indicador da influência de uma cultura. Governos de países emergentes vêm pressionando a União Internacional de Telecomunicações a adotar uma posição mais forte em relação à defesa de que haja um controle maior por parte de governos sobre uma rede que hoje é amplamente dominada por empresas de tecnologia de países ricos. Nesta semana, em Genebra, a UIT realiza outro debate sobre o assunto e, uma vez mais, países emergentes pressionarão por uma ingerência maior dos Estados sobre o futuro da rede. 

Existem pelo menos três grupos de países que não disfarçam o choque de opiniões. De um lado, americanos e europeus insistem que a internet precisa continuar sua trajetória semiprivada, sem um maior envolvimento do Estado. Países emergentes acusam essa posição de ser “cínica”, já que a própria empresa que estabelece os domínios de sites teve sua origem por um projeto do governo americano. “O que os EUA querem é o não envolvimento de outros governos na web. Mas eles continuariam com sua influência clara” apontou um conselheiro de uma agência reguladora sul-americana. 

Controle 

No outro extremo estão países como a Rússia, que defendem controle estatal total sobre a web. Em uma posição intermediária está o Brasil, ainda que Brasília insista que uma de suas metas é garantir maior “democratização” na gestão mundial da internet.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Nordeste pode receber até 6 mil carros-pipa para amenizar seca

O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, disse hoje (16) que a quantidade de carros-pipa destinados a combater a estiagem no Nordeste brasileiro pode passar dos atuais 4,9 mil para até 6 mil, mas pondera que é preciso organização das prefeituras no momento de relatar a necessidade de ajuda.

“O que a gente precisa é ter demanda. Às vezes, a informação que é repassada não confere com a  realidade. Há falta de oferta de água? Não. O que, na verdade, precisa existir é uma demanda segura, para que a gente possa saber onde é que está precisando levar essa água”, explicou.

Viana ressaltou que o detalhamento das necessidades pelos gestores é importante para garantir a efetividade das demais ações implementadas pela pasta na região, como a oferta de milho para ração animal por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e a implantação de cisternas.

“Todos esses programas estão sendo acompanhados e estão chegando à ponta. Essa rede de proteção que foi montada pelo governo nos dá a garantia de que estamos no caminho certo. Necessidade de ampliar e  melhorar vai haver sempre, porque isso não é história que começou ontem. Temos um acúmulo histórico de problemas”, completou.

De acordo com o secretário, a presidenta Dilma Rousseff não definiu um período específico para que o pacote de combate à estiagem seja implantado. “Temos que compreender que há papéis nesse contexto – o da prefeitura, o do estado, o do governo federal e, sobretudo, o papel do cidadão. Se há pontualmente alguma área não atendida em um contexto de 10 milhões de pessoas afetadas, é preciso que a gente tome conhecimento disso de forma clara”.

(Agência Brasil)

Começa a vigorar Código de Defesa do Consumidor para o comércio eletrônico

A partir desta terça-feira, 14, entra em vigor o Decreto Federal 7.962/13 que regulamenta o Código de Defesa do Consumidor (CDC) no comércio eletrônico, informou a Fundação Procon-SP.

O Decreto detalha o direito do consumidor à informação dos produtos e serviços ofertados, aborda a questão dos dados cadastrais dos fornecedores e os canais de atendimento por eles oferecidos.

O fornecedor que atua no comércio eletrônico terá que informar em sua página na internet alguns itens. Veja abaixo alguns deles:

* o nome empresarial e número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ);

* endereço físico e eletrônico;

* características essenciais do produto ou do serviço, incluídos os riscos à saúde e à segurança dos consumidores;

* discriminação, no preço, de quaisquer despesas adicionais ou acessórias, tais como as de entrega ou seguros;

* condições integrais da oferta, incluídas modalidades de pagamento, disponibilidade, forma e prazo da execução do serviço ou da entrega.

Os sites de compras coletivas e similares terão de informar também a quantidade mínima de consumidores para a efetivação da oferta, o prazo para utilização da oferta pelo consumidor e a identificação do fornecedor responsável pelo site e do fornecedor do produto ou serviço ofertado, com todo o detalhamento já mencionado acima.

direito de arrependimento em até sete dias, estabelecido pelo CDC em seu artigo 49, também foi reforçado pelo Decreto. O fornecedor deverá informar os meios adequados e eficazes para o exercício desse direito, pela mesma ferramenta utilizada para a contratação, e garantir a rescisão de todos os contratos acessórios (parcelamento no cartão de crédito, seguro de garantia estendida, etc) sem qualquer ônus ao consumidor.

Créditos: http://blogs.estadao.com.br/no-azul/2013/05/14/comeca-a-vigorar-codigo-de-defesa-do-consumidor-para-o-comercio-eletronico/

CNJ obriga cartórios a converterem união estável gay em casamento

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou nesta terça-feira resolução que obriga os cartórios de todo o país a converterem uniões estáveis homoafetivas em casamentos civis. Com a decisão, os homossexuais que não tiverem seus pedidos de casamentos oficializados poderão comunicar o caso ao juiz corregedor do Tribunal de Justiça local, que avaliará punições aos cartórios.

“A recusa implicará imediata comunicação ao respectivo juiz corregedor para providências cabíveis”, aponta o texto da resolução, proposta pelo presidente do CNJ, ministro Joaquim Barbosa, e aprovada por 14 votos a um pelo colegiado.

Barbosa afirmou que a decisão serve para dar efetividade ao julgamento realizado em 2011 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que acabou liberando a união estável homoafetiva. Apesar de o instituto estar liberado, ainda cabe ao juiz responsável decidir pela conversão em casamento. Agora, a decisão será administrativa e tomada dentro dos próprios cartórios, sem a interferência direta dos magistrados.

“O conselho está removendo obstáculos administrativos à efetivação de decisão tomada pelo Supremo e que é vinculante [deve ser seguida pelas instâncias inferiores]”, completou Barbosa.

A decisão do CNJ valerá a partir da publicação no “Diário de Justiça Eletrônico”, o que ainda não tem data para acontecer.

(Gustavo Gantois, Portal Terra)

Cariocas podem ganhar feriadão de 4 dias e meio durante visita do papa

Com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a prefeitura do Rio de Janeiro se diz atenta à “imprevisibilidade” da Jornada Mundial da Juventude, o primeiro grande evento da Igreja Católica sob o comando do papa Francisco – que parece disposto a quebrar o protocolo e fazer alterações de última hora na própria agenda, divulgada na semana passada. Para minimizar o impacto do megaevento – que, segundo estimativas da prefeitura, concentrará um público semelhante a três Réveillons em Copacabana – na rotina da cidade entre 23 e 28 de julho, os cariocas ganharão ao menos dois dias de feriado em pleno inverno, com a possibilidade de que a folga se estenda até a manhã do dia 29.

O decreto dos feriados depende de aprovação da Câmara Municipal, mas a prefeitura já dá como certa a folga nos dias 25 e 26 de julho, quinta e sexta-feira. Em entrevista exclusiva ao Terra, o presidente da Rioeventos – empresa municipal criada para coordenar os grandes eventos que acontecem na capital fluminense até o próximo ano -, Leonardo Maciel afirmou que a prefeitura ainda estuda a possibilidade de ampliar o decreto até a manhã de segunda-feira, para facilitar a saída dos peregrinos que participarão dos eventos.

Maciel trabalha com uma foto do Pontífice argentino embaixo do seu computador. “A foto do Papa e um calmante na gaveta”, brinca, com a experiência de quem já atuou na organização dos Jogos Pan-americanos de 2007 e na candidatura da Rio 2016, e que foi um dos responsáveis pela montagem do Centro de Operações Rio, central de controle da prefeitura para o dia-a-dia da cidade. Ele não revela números, mas estima-se que os gastos apenas da prefeitura com a Jornada Mundial da Juventude, que é um evento privado, cheguem a R$ 30 milhões. “Mas o que se traz de benefícios para a cidade em termos de movimentação do comércio, paga qualquer conta”, afirma. Confira a seguir os principais trechos da entrevista:

Terra – Qual é a maior dificuldade da agenda do Papa durante a Jornada Mundial da Juventude?

Leonardo Maciel - Já tínhamos ideia da agenda que seria validada e divulgada. O que mexe um pouco na complexidade é o Angelus (orações celebradas pelo Papa aos domingos) no Palácio São Joaquim na Glória, porque traz mais um complicador. O local é um pouco apertado e vai ser preciso um planejamento especial para o  controle da multidão e da segurança. Teremos que pensar no planejamento viário, desviar trânsito, pensar nos moradores. Mas o resto da agenda não nos causou muita surpresa.

Não tem sentido levar o Papa de Papamóvel pela Linha Vermelha, se ali não vai ter público para vê-lo

Terra – Como vai ser a chegada do Papa no dia 22?

Maciel - Chegou a ser anunciado que o Papa chegaria no (Aeroporto Internacional do) Galeão e iria de Papamóvel até o Palácio Guanabara para ser recebido pela presidente Dilma (Rousseff) e outras autoridades. Isso não vai ser assim. A decisão está entre ele ir de carro fechado até algum lugar central e fazer um trajeto curto até o Palácio Guanabara de Papamóvel; ou ir de helicóptero até o III Comar (Comando Militar da Aeronáutica, ao lado do aeroporto Santos Dumont) e, daí, ir em Papamóvel num trajeto mais curto. Não tem sentido levar o Papa de Papamóvel pela Linha Vermelha, se ali não vai ter público para vê-lo.

Terra – O Papa vai andar mais de helicóptero no Brasil que de Papamóvel?

Maciel - O deslocamento depende muito da agenda e do que o Papa decidir. Temos todo o planejamento para o caso de o Papa querer ir para Guaratiba, por exemplo, de helicóptero ou em carro fechado. Só que quando se fala do Papa se fala de todo o séquito. Quando se fala em helicóptero se fala em todo um esquema de segurança e o deslocamento terrestre se torna mais viável. A comitiva dele deve ter umas 40 pessoas, mais as pessoas do Comitê Organizador Local, mais os jornalistas e outros credenciados. Em Copacabana está tudo fechado. Ele vai de helicóptero até o Forte de Copacabana, vai de Papamóvel até o palco e sai de helicóptero do Forte do Leme. Mas nada impede que isso seja alterado. Se estiver chovendo, ele não deve utilizar helicóptero. Mas em se tratando do papa Francisco, há uma grande tendência a quebrar protocolos.

Terra – Copacabana vai ter três eventos grandes, sendo que dois com o Papa.

Maciel - A verdade é que Copacabana vai ter três Réveillons em uma mesma semana. Quando se tem eventos de grande porte, como os Jogos Olímpicos, pode-se prever quantas pessoas vão passar por um local. Mas um evento como a Jornada Mundial da Juventude é algo imprevisível. Ainda mais com a história da renúncia de um Papa e a chegada de outro carismático, latino-americano. E mais que isso. Muitas pessoas de outras religiões se interessam pela missão papal e isso traz ainda mais público. O que a gente consegue regular? Os peregrinos da igreja que fazem inscrição. Mas tem aquela pessoa que sai, por exemplo, lá do Maranhão, põe a família no carro e decide vir até o Rio conhecer o Papa. Ele não sabe onde vai dormir e nada. Nosso plano está debruçado em cima dos números oficiais, mas nossa atenção é para o imprevisível.

Em se tratando do papa Francisco, há uma grande tendência a quebrar protocolos

Terra – Com que números vocês trabalham?

Maciel - Acho que o número não vai extrapolar 1,5 milhão de pessoas. Se forem 750 mil inscritos, trabalhamos com o dobro desse número. Mas não deixaremos de ficar atentos. Temos que levar em conta que o Papa é um de um país vizinho, católico, e vai ser seu primeiro evento oficial. Esperamos muita gente vindo tanto da Argentina, quanto de Uruguai, Chile e Paraguai.

Terra – Como a cidade vai funcionar com tanta gente por tanto tempo?

Maciel - Como teremos três grandes eventos em Copacabana, temos que preparar a cidade para isso. Vamos ter o Papa na quinta e na sexta-feira em Copacabana e a cidade vai ter que trabalhar em esquema de feriado. Mas não é só isso. Para a cidade, a movimentação não acaba quando o Papa vai embora no domingo à tarde. Talvez seja preciso a manhã se segunda-feira com meio dia de feriado para que os peregrinos que ainda estão no Rio possam sair da cidade. Mas ainda não decidimos nada sobre isso.

A verdade é que Copacabana vai ter três Réveillons em uma mesma semana

Terra – Por que o Cristo Redentor ficou de fora? Foi pedido da prefeitura?

Maciel - O Cristo Redentor ter ficado fora do roteiro foi uma decisão do chefe da segurança do Papa (Alberto Gasbarri, que visitou a cidade há três semanas). Mas não houve mais limitações da agenda por causa da cidade. Na comunidade de Manguinhos, por exemplo, o primeiro lugar escolhido para a visita era muito apertado. A igrejinha que ele vai visitar agora é na porta da comunidade. A outra era bem no meio e como as ruas são estreitas, a saída seria complicada. Em Varginha há uma área espaçosa e há um campo de futebol onde o Papa deve dar uma benção. Não tinha como tirar isso da agenda. É o perfil do Papa e ele não abriria mão.

Terra – Guaratiba é o maior desafio da organização?

Maciel - É um grande desafio. Apesar de a Jornada Mundial da Juventude ser um evento privado, vamos dar todo apoio. Nossa ideia é fazer algumas simulações para ver como a área se comporta. Mas estamos debruçados no plano de mobilidade, porque ali não temos histórico de eventos. Quem vai coordenar a segurança vai ser o Ministério da Defesa. O local deve ser fechado a partir das 22h da sexta-feira. No dia da vigília e da missa, as pessoas vão chegar por três pontos: Campo Grande, Santa Cruz e a estação de Notre Dame, no Recreio, e vão caminhar cerca de 13 quilômetros até o Campus Fidei. Nesse percurso, o evento vai prover estrutura necessária com postos de atendimento, de hidratação, de alimentos. Dentro do terreno da missa, a prefeitura não faz nada, é por conta da produtora do evento. Copacabana, por exemplo, é um local público, mas a produtora tem uma série de obrigações a cumprir, como colocar postos médicos, postos de salvamento, licenças do Corpo de Bombeiros.

Temos que buscar o menor impacto possível na cidade. A prefeitura não pode errar

Terra – Quando se fala em grandes eventos no Rio, se pensa que uma chuva pode estragar qualquer planejamento.

Maciel - Desde a chuva de 2010 e a criação do Centro de Operações Rio, estamos atentos e com planejamento pronto, esperando que algo aconteça. Mesmo sabendo que as datas da Jornada são de pouca frequência de chuvas fortes, a prefeitura está aprendendo com as chuvas que pegam a gente de surpresa e vai estar preparada. Temos que buscar o menor impacto possível na cidade. A prefeitura não pode errar. A Copa das Confederações é um evento menor, mas também de grande importância. A cidade precisa se beneficiar do planejamento desses eventos. Nosso objetivo não é só realizar o evento com excelência, mas deixar um legado.

(Marcus Vinicius Pinto, Portal Terra)

Fortaleza celebrou 113 uniões de casais homoafetivos em 2012

Casamento homoafetivo será realizado em junho em Belém (PA) (Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo)

Pelo menos 113 casais homossexuais registraram suas uniões em cartórios de Fortaleza durante o ano de 2012. De acordo com levantamento preliminar da Associação de Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR), no Brasil foram 1277 registros de uniões. As informações são do portal G1. 

Segundo levantamento, a capital cearense foi a terceira a informar o maior número de registros. No total, 13 cidades brasileiras enumeraram as uniões. No ranking, Fortaleza fica atrás apenas de Rio de Janeiro (336 uniões) e São Paulo (407 uniões). 

A união estável de casais do mesmo sexo foi reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia cinco de maio de 2011. 

Segundo o Censo 2010, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou 60 mil casais homoafetivos morando juntos no Brasil.À época, 99,6% das uniões não eram formalizada (com registro civil ou religioso). Segundo o IBGE, 20% destas uniões estavam concentradas na região Nordeste.

(O Povo Online)

Autoaprendizado: estudantes recebem R$ 200 mil para largar faculdade

Há dois anos, o americano Peter Thiel – primeiro a investir no Facebook – declarou que o ensino superior era uma bolha e decidiu doar US$ 100 mil (R$ 202 mil) para alguns adolescentes largarem a faculdade e abrirem uma empresa. Segundo a publicação Fast Company, o projeto ganhou corpo e, neste ano, o bilionário doou mais R$ 202 mil para cada um dos 22 adolescentes selecionados para o programa. O investimento gerou benefícios – os jovens que receberam o dinheiro em anos anteriores elevaram o patrimônio da fundação criada pelo bilionário em US$ 34 milhões.

Para Peter Thiel, embora a bolha da educação permaneça, mais pessoas estão questionando a sabedoria passada no ensino superior que, segundo ele, credenciam os alunos para vagas com fracas perspectivas. Dentre os beneficiados pela doação, há projetos de moda, educação, tecnologia, mas apenas quatro são mulheres, afirma a publicação.

Dale Stephen abandonou estudos formais e recomenda a experiência

dale stephen autoaprendizado ensino superior

Ir para a faculdade ainda é um plano quase unânime para jovens americanos, que se preocupam desde o início do ensino médio com suas notas – um dos critérios usados pelas instituições de ensino superior para selecionar estudantes – e em como vão pagar pelo curso mais tarde. Quase. Nos últimos anos, o aumento do desemprego e índices crescentes de graduados que passam dificuldades para honrar o crédito estudantil recebido antes da formatura fazem com que uma parcela deles questione a validade do curso superior. Para esses adolescentes, ou outros que ainda não pensaram nisso, um livro lançado este mês nos Estados Unidos – Hacking your Education (Hackear sua educação, em livre tradução) – incentiva a largar a faculdade e dá dicas de como aprender – e muito – fora das salas de aulas.

O autor da obra, Dale Stephen, de 21 anos, desistiu dos estudos formais quando estava no segundo semestre e recomenda a experiência. Ele é líder do movimento sem fins lucrativos Uncollege (sem faculdade), cujo site foi lançado em 2011 para difundir a ideia de que é possível ter sucesso sem colocar os pés em uma universidade.

À época, descontente com o ambiente e o conhecimento que estava adquirindo no curso superior, decidiu que iria se desenvolver sozinho e transformar isso numa causa para revolucionar a educação. Para botar o projeto em prática, contou com a ajuda de US$ 100 mil (cerca de R$ 200 mil) do Thiel Fellowship , um programa que escolhe 20 jovens com menos de 20 anos por ano para abandonar a faculdade e se dedicar a algum projeto fora dela.

Dois anos depois, Stephen já concedeu inúmeras entrevistas, escreveu artigos, deu palestras, promoveu seminários e agora lançou seu livro pela editora Penguin. Em todos esses meios, o conceito essencial repetido por ele é o mesmo, de que o investimento realizado para cursar uma graduação nem sempre traz o melhor retorno e aprender sozinho fica cada vez mais fácil, através das informações disponíveis na internet.

“As pessoas aprendem de formas diferentes, em velocidade e tempo diferentes. E hackear a educação permite que você aprenda o que, quando, como e onde quiser”, explica Stephen em seu blog. Segundo ele, não é preciso ser um gênio para se sair bem fora da escola, mas ter criatividade e confiança.

No site Uncollege há uma sessão com recursos de educação online, como o Coursera (de uma universidade tradicional) e outros independentes, como o creativeLIVE (de aulas ao vivo gratuitas com experts em vários temas), dicas de como planejar a educação informal, leituras sobre o tema e entrevistas com profissionais bem sucedidos que desistiram da faculdade. O livro apresenta o mesmo tipo de conteúdo, aprofunda as razões pelas quais Stephen acredita tanto no que chama de auto-aprendizagem e ensina como encontrar mentores, construir redes de contatos, onde achar conteúdos e como reuni-los de forma a desenvolver a própria educação.

Curso

Além do livro, para quem quer seguir esse caminho, o defensor do ensino informal, também oferece um curso. O programa especial chamado Gap Year conduz 10 pessoas ao longo de um ano no processo de auto-aprendizado. No treinamento, os aprendizes recebem aulas para desenvolver um plano de aprendizado individual durante três meses em São Francisco, viajam para o exterior por mais três meses e entram em contato com pessoas e empresas inovadoras, desenvolvem um projeto pessoal nos três meses seguintes e terminam o programa trabalhando no que ele chama de “mundo real”, durante mais três meses. Tudo isso, por US$ 12 mil (R$ 24 mil). Mas Stephen garante que dá para chegar ao mesmo objetivo por bem menos, apenas transformando a vida em educação e vice-versa.

com Ultimo Segundo e Portal Terra (Edição: Pragmatismo Politico)

“Não dê dinheiro aos ricos, isso os torna vagabundos”

Leonardo Sakamoto, em seu blog

Vou voltar a um tema que eu adoro. Considerando que a renda do capital segue estratosfericamente maior que a do trabalho e os recursos usados para o pagamento de juros são bem maiores que os aplicados em programas sociais (em todos os governos, de FHC a Dilma), fico extremamente incomodado quando ouço ou leio pessoas reclamando que “dar dinheiro aos pobres os torna vagabundos”.

É engraçado que ninguém reclama do dinheiro que vai às classes mais abastadas, que investem em fundos baseados na dívida pública federal. Grosso modo, muito vai para poucos e pouco vai para muitos. E, mesmo assim, sou obrigado a ouvir pérolas quase que diariamente, reclamando dos programas de transferência de renda, não no sentido de melhorá-los, mas de extingui-los. É claro que é importante avançar na construção de “portas de saídas” para programas como o Bolsa-Família, gerando autonomia econômica. Mas a raiva com a qual essas iniciativas ainda vêm sendo tratadas por algumas pessoas me surpreende. Pessoal, supera! Não há partido político que vá se eleger com uma plataforma que cancele esses processos de transferência de renda. Isso já é política de Estado e não de governo.

“Ah, mas minha tia tem uma amiga em que a empregada recebe o bolsa-família e, por isso, desistiu de trabalhar. Quer ficar no bem bom com o dinheiro público.” Quantos já ouviram coisas assim? Primeiro reduzindo todo um programa a uma única história. Segundo, uma história mal contada, pois é difícil imaginar que uma família consiga sobreviver com dignidade com um montante de renda não raro menor que uma garrafa de vinho paga pelo sujeito fino que decretou tal preconceito. Terceiro, para alguém preferir a segurança da mensalidade do programa do que um salário é que a remuneração deve ser baixa demais ou a garantia de permanência no emprego inexistente.

Este post não está criticando ou elogiando ninguém, mas tentando entender o que, além do preconceito, faz com que um cidadão que tenha um pouco mais na conta bancária acredite que pisar no andar de baixo é a solução para galgar ao andar de cima? E crer que o futuro de um país é feito uma Arca de Noé, com espaço para salvar pouca gente de um dilúvio iminente?

Para esse pessoal, é cada um por si e o Sobrenatural – proporcionalmente ao tamanho do dízimo deixado mensalmente – para todos. Fraternidade e solidariedade são palavras que significam “doação de calças velhas para vítimas de enchente”, “brinquedos usados repassados a orfanatos no Natal” ou “um DOC limpa-consciência feito a alguma ONG”.

Nada sobre um esforço coletivo de buscar a dignidade para todos, com distribuição imediata (e não depois que o bolo crescer) da riqueza gerada no país. Crescimento produzido pelos mesmos trabalhadores que não desfrutam da maior parte de seus resultados. Porque, apenas teoricamente, todos nascem livres e iguais.

E se eu dissesse que “dar dinheiro aos ricos os torna vagabundos?” Por que usar a frase para os pobres é ser um “analista sensato da realidade” e usar a frase aos ricos é ser um “canalha de um comunista safado”?

Pastor Marcos Pereira mandou matar quatro, aponta investigação

Denunciado pelo Ministério Público por dois estupros e coação de testemunha, o líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), pastor Marcos Pereira da Silva, pode estar envolvido em mais três assassinatos — ele já é acusado de mandar matar Adelaide Nogueira dos Santos, uma de suas fiéis.

Investigações da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) apontam que o religioso teria determinado a execução de três homens que filmaram orgias com a participação dele.

As denúncias foram feitas por testemunhas, em depoimentos, mas a polícia ainda levanta a identificação das vítimas. Se condenado, o religioso pode pegar até 24 anos de prisão.

Preso na noite de terça-feira, Marcos Pereira teve dois pedidos de liberdade negados pela Justiça. Ele é investigado também por associação ao tráfico de drogas, maus tratos, lavagem de dinheiro, além de ser suspeito de ter cometido outros estupros.

Segundo o Ministério Público, o pastor violentava as mulheres até na igreja. O número de vítimas pode chegar a 20, e algumas seriam menores de idade quando teriam sido violentadas.

“Existe ainda a suspeita de que pessoas acolhidas por ele, após, supostamente, deixarem o tráfico de drogas, continuavam cometendo crimes a mando do pastor, como homicídios e roubos de cargas”, disse o delegado da Dcod, Márcio Mendonça.

Nas investigações aparecem 17 imóveis, um deles um apartamento na Avenida Atlântica, em Copacabana, avaliado em R$ 8 milhões, onde também o pastor abusaria das vítimas.

“Estamos levantando todos os imóveis da igreja e empresas em nomes de terceiros que tenham sido comprados por pessoas da confiança do Marcos, que eram pobres e ficaram ricas de repente”, disse Márcio Mendonça.

Segundo testemunhas, o pastor fazia orgias em motéis com garotos de programa, prostitutas e travestis. Em depoimento, uma testemunha contou que ele gostava de ver mulheres fazendo sexo grupal.

Mulher conta que foi refém por dois anos

Adelaide Nogueira dos Santos, morta em 2006, começou a frequentar a igreja em 2005, quando conheceu Marcelo Saint Clair, que seria traficante.

Ele é um dos suspeitos de matá-la. Testemunhas apontam o pastor como mandante. Sobrinho de Marcos Pereira, Geferson Rodrigues Gomes é um dos condenados em primeira instância.

Adelaide também teria sido obrigada a manter relações sexuais com o pastor. No entanto, passou a recusar suas investidas e a investigar seus crimes, o que teria motivado o assassinato.Segundo a testemunha, ela foi morta por Marcelo após Marcos dizer a ele que Adelaide o traía e que estava grávida de outro homem.

Uma das vítimas contou que, em 1990, foi morar no abrigo da igreja de Marcos. Meses depois, eles ficaram sozinhos na casa, e ele introduziu o dedo no ânus dela.

Segundo o depoimento, mesmo após se casar com um homem de confiança do pastor, ela conta que foi obrigada a manter relações sexuais com Marcos na igreja por dois anos.

pastor marcos pereira feliciano

Ex-mulher do pastor, Ana Madureira Silva disse que foi violentada por ele, mas depois negou as afirmações em declaração feita em cartório.

Nos planos, a explosão do Engenhão

Uma das supostas vítimas do pastor Marcos revelou que, em 2007, antes da inauguração do Engenhão, o religioso procurou um traficante da Favela do Barbante, em Campo Grande, conhecido como Veneno, para explodir o estádio.

Local que teria servido para orgias do pastor, apartamento em Copacabana foi doado por um empresário que o conheceu na década de 1970, quando Marcos era balconista.

Ele contou que reencontrou o pastor 20 anos depois, quando teria sido curado por ele de uma asma. Muito rico, ele tinha desavenças com a família e por isso fez a doação do apartamento.

Promotor diz que pastor teria médico para fazer abortos

De acordo com o promotor Rogério Lima, da 8ª Promotoria de Investigação, o pastor Marcos fazia sexo anal com as mulheres que se diziam virgens.

De acordo com testemunhas, vítimas que não eram mais virgens eram estupradas sem preservativo. “Uma relatou que ele tinha médico para fazer abortos”, disse Lima.

O pastor é investigado por mais quatro estupros. No entanto, o promotor explicou que outros depoimentos de vítimas não viraram denúncia por causa da alteração do Código Penal, em 2009.

pastor marcos pereira preso

Por não terem sido relatadas violências e agressões e pela antiguidade dos crimes, as informações serão utilizadas para corroborar os estupros.

Homem de Deus

De acordo com testemunhas, o pastor Marcos tinha relações sexuais com membros de sua igreja com a justificativa de que não queria se envolver com mulheres da rua, do mundo, porque se considerava um ‘Homem de Deus’.

Conserto espiritual

Uma das vítimas, que morava no abrigo do templo, ao decidir deixar o local, ouviu do pasto que ela teria que fazer “conserto espiritual”, com perguntas sobre antigos namorados e relações sexuais. Poucos meses depois, ele ficou sozinho com ela na casa e os abusos começaram.

Pragas do apocalipse

Uma das testemunhas contou que começou a ser abusada pelo pastor Marcos aos 16 anos, quando frequentava a assembleia dos Últimos Dias. Ainda segundo a menina, o religioso mandava que ela ficasse só de roupa íntima.

Para convencer a adolescente a transar com ele, Marcos dizia que era ‘anjo de Deus’ e que o Criador havia mandado ela fazer sexo com ele, caso contrário as pragas do Apocalipse cairiam sobre ela.

Deus fez uma revelação

Para assediar uma das fiéis que trabalhava na igreja, de 13 anos, Marcos disse a ela que Deus fez revelação para ele perguntando se a jovem já havia tido algum relacionamento antes.

A garota disse que ficou assustada porque havia se relacionado com homem antes, mas que ninguém sabia e contou a história para ele. Ela disse que o pastor sempre falava que sentia que a jovem era uma pessoa de Deus e que colocava as mãos nas pernas dela.

A menina contou que as relações começaram aos 14 anos e que o pastor pedia para outras pessoas saírem do local para dar revelação à escolhida.

Alessandor Lo-Bianco, Jornal O Dia

Após maior fusão bancária no país, encurta distância entre Itaú e Bradesco

Dia 31 de março de 2009. Foi nesta data, quando foram unificadas as ações de Itaú e Unibanco, que a bolsa de valores marcou uma distância que parecia quase intransponível entre o recém-criado Itaú Unibanco e o Bradesco. Enquanto o valor de mercado do primeiro chegou a R$ 99,577 bilhões, o do segundo era 67,5% dessa cifra, ou R$ 65,1 bilhões.

Mais de quatro anos depois, porém, os números mostram que o banco da Cidade de Deus não deixou barata a vantagem do concorrente. Na sexta-feira, por exemplo, enquanto o Itaú Unibanco valia R$ 155,9 bilhões na bolsa, o valor de mercado do Bradesco era de 90,9% do rival, somando R$ 141,8 bilhões.

Não foi só na bolsa que o Bradesco diminuiu a liderança conquistada pelo Itaú com a fusão. Tanto em ativos totais como em operações de crédito, a distância entre os dois encurtou. Em financiamentos, logo após a fusão, o estoque do Bradesco representava 74,66% do saldo do Itaú, com R$ 179,9 bilhões. No balanço patrimonial mais recente dos dois bancos, contudo, esse percentual avançou para 80,22%.

Em ativos totais, o Bradesco representava 71,3% do concorrente pós-fusão. Hoje, é 86,9%, com seus R$ 894,4 bilhões.

Méritos do Bradesco à parte, esse encurtamento de distância reflete, pelo menos parcialmente, as dores pós-crescimento do Itaú nos anos que seguiram a maior união bancária brasileira. 

Seja pela dificuldade que envolve engolir uma aquisição do porte do Unibanco, seja por alguns lances não bem-sucedidos para avançar no mercado de crédito ao consumo, os últimos anos não foram fáceis para o Itaú navegar.

“O Itaú enfrenta hoje o desafio de uma receita que não está crescendo, graças à migração para linhas de menor risco. Os benefícios dessa mudança só vão aparecer mais tarde, depois que a linha de provisões para inadimplência diminuir”, raciocina analista que acompanha a instituição. Ou seja, embora o banco tenha promovido ajustes em sua política de crédito, é lenta a recuperação dos problemas passados.

A carteira de crédito de veículos é o grande exemplo de uma aposta do banco que saiu pela culatra. Hoje, já em ritmo de recuperação, a linha chegou a dar prejuízo para o Itaú, graças às elevadas taxas de inadimplência. 

Foi uma aposta em um segmento de crédito de risco menor, já que tinha garantia real do veículo, que se mostrou não tão segura assim. Tanto que, no ano passado, a carteira do banco na modalidade encolheu 14,8% na instituição.

A arrumação da casa já está em curso. Os cortes de pessoal, por exemplo, foram severos no Itaú. De março de 2012 a março deste ano, o quadro de funcionários encolheu em 6.339 postos de trabalho, a maior redução entre os bancos privados.

“São ajustes de eficiência operacional que o banco promoveu no último ano. Outro exemplo foi a dissolução de parcerias com varejistas que não eram rentáveis”, afirma o analista Carlos Daltozo, da BB Investimentos. Desde 2010, o Itaú encerrou 300 alianças desse tipo, incluindo Lojas Americanas e C&C.

Embora tenha enfrentado seu quinhão de problemas também no campo do calote, o Bradesco se mostrou, em algumas áreas, mais adaptável a uma realidade bancária de spreads de crédito menores e busca por linhas mais seguras de financiamento. Antes de o Itaú levar o BMG, por exemplo, o Bradesco já tinha em casa uma estratégia para avançar no consignado, o crédito com desconto em folha em pagamento.

A seguradora do Bradesco, responsável por cerca de um terço do lucro ajustado de R$ 2,943 bilhões do trimestre, é outra vantagem competitiva no cenário bancário atual. A operação reforça as receitas fora do mundo do crédito. 

No Itaú, o consolidado das operações mostrou lucro recorrente de R$ 3,512 bilhões no primeiro trimestre, enquanto a divisão de seguros, previdência privada e títulos de capitalização apresentou resultado líquido de R$ 546 milhões.

O que se nota é que o Itaú vem tentando semear hoje iniciativas que lhe deem vantagens sobre os rivais no futuro. Na área de cartões, por exemplo, o banco tem investido no Itaucard 2.0, que propõe nova metodologia para cobrança de juros no rotativo, mas que ainda não convenceu a concorrência a ponto de ser seguida. A credenciadora de cartões Redecard, trazida no ano passado para dentro do banco, também é outra aposta para um avanço mais saudável do crédito na instituição.

Fonte: Felipe Marques e Carolina Mandl – Valor

Comando Nacional dos Bancários orienta aprovação da proposta da Caixa para carreira profissional

O Comando Nacional dos Bancários, coordenada pela Contraf-CUT, em reunião realizada na quinta-feira, dia 9, em São Paulo, decidiu orientar os sindicatos a convocarem assembleias em todas as bases e defenderem a aprovação da proposta apresentada pela Caixa Econômica Federal para a carreira de seus profissionais advogados, engenheiros, arquitetos e médicos.

“A proposta apresentada para carreira profissional contempla diversos itens pendentes desde 2006 e ajuda na unificação a partir de agora, além de incorporar em sua tabela item importante de Adicional por Tempo de Serviço”, afirma Jair Pedro Ferreira, coordenador da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa.

Fonte: Contraf-CUT com Fenae

Funcionária do Bradesco é reintegrada através de ação judicial movida pelo SEEB/CE

Mais uma vitória dos trabalhadores contra a postura do Bradesco de desrespeito e desvalorização dos funcionários. Após intervenção do Sindicato dos Bancários de Brasília (SEEB Brasília), o banco teve que voltar atrás e, por força de decisão judicial, reintegrou a bancária Christiane Dantas, que na segunda-feira, 6/5, voltou a trabalhar na agência Sudoeste da Capital federal.

A ação de reintegração foi movida pelo Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 7ª Região.

Numa manifestação de apoio à bancária, o SEEB Brasília esteve na unidade e aproveitou a ocasião para conversar com a população sobre a importância do fim das demissões imotivadas, com a ratificação da Convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O Bradesco demitiu a trabalhadora sem justa causa em maio de 2011, logo após ela voltar de férias e faltando apenas dois meses para que entrasse no período de estabilidade pré-aposentadoria. Ela é funcionária oriunda do extinto Banco Estadual do Ceará (BEC), comprado em 2005 e incorporado em 2006 pelo Bradesco, que assumiu à época o compromisso de não demitir sem justa causa os bancários incorporados, conforme Decreto Estadual do Ceará nº 21.325/91, que estabelece que eles não podem ser desligados imotivadamente. A bancária foi transferida para Brasília em 2007, a pedido dela.

“A reintegração é um acontecimento de suma importância, uma vez que mostra a força da luta da categoria contra as injustiças que o banco comete. Nós sabemos que a rotatividade no Bradesco é alta e, além disso, o número de bancários é insuficiente para atender a demanda da população. Lutamos contra tudo isso”, afirma Garcia Rocha, diretor do SEEB Brasília e bancário do Bradesco.

Pressão e assédio – Christiane completará 29 anos de banco em julho deste ano e já passou por vários momentos difíceis como bancária. “A constante pressão no trabalho e situações de assédio moral me deixaram com a saúde debilitada. Tive vários problemas de saúde que deixaram sequelas”, lembra a bancária, que chegou a ser afastada por licença-saúde pelo INSS por esse motivo.

Campanha – O SEEB/CE está participando da Campanha de Valorização dos Funcionários do Bradesco, lançada na terça-feira, 7/5, em todo o País. Entre as principais demandas dos bancários estão a solução dos problemas do plano de saúde, fim das demissões imotivadas, mais contratações e mais segurança nas agências.

Em todo o Brasil, os sindicatos filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) fizeram uma série de protestos e manifestações cobrando que sejam atendidas as reivindicações dos funcionários do Bradesco.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

BNB: SEEB/CE divulga documentação necessária para ingresso de ação de incorporação de função

O Sindicato dos Bancários do Ceará ingressará com ação de incorporação de função dos funcionários do BNB atingidos pela reestruturação imposta pela Direção da Instituição. A ação visa assegurar a todos os colegas investidos em função comissionada há mais de 10 anos o direito de incorpora os valores percebidos em sua remuneração mensal.

Para ingressar com a ação, o departamento jurídico do SEEB/CE solicita o envio da documentação abaixo:

1. Procuração Ad Judicia
2. Declaração de Pobreza
3. Termo de Ciência
4. Histórico de Função
5. RG (cópia)
6. CPF (cópia)

O Sindicato esclarece que os documentos 1, 2 e 3 (Procuração Ad Judicia, Declaração de Pobreza e Termo de Ciência) estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.bancariosce.org.br, armazenados no atalho “Documentos”, constante no cache “Jurídico”. É só preencher e encaminhar para o SEEB/CE.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Caixa empossa 31 novos empregados para Ceará, Maranhão e Piauí

Mais uma turma tomou posse na Caixa na última semana. São mais 31 bancários para os estados do Ceará (20), Maranhão (8) e Piauí (3).

Na quinta-feira, 9/5, o Sindicato participou do seminário de integração para dar as boas vindas aos novos bancários.

Os dirigentes sindicais falaram sobre o papel da entidade e as conquistas da categoria nos últimos anos, ressaltando a importância da sindicalização para o fortalecimento da luta trabalhista.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Universitário de 23 anos morre em tentativa de assalto, em Fortaleza

Engenheiro de 23 anos morre em tentativa de assalto (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Um universitário, de 23 anos, foi assassinado durante uma tentativa de assalto na noite de segunda-feira (13), em Fortaleza, no Bairro Luciano Cavalcante. Segundo o relato da esposa da vítima à Polícia Militar (PM), que testemunhou o crime, o marido se assustou com a abordagem e arrancou com o veículo. O estudante de engenharia de telecomunicações foi atingido no abdômen.

A tentativa de assalto aconteceu por volta de 22h30, segundo a polícia. O crime ocorreu no cruzamento entre as Ruas Caio Cid e Almirante Maximiniano. A vítima havia pego a esposa em uma universidade próxima ao local e, juntos, foram jantar. A abordagem aconteceu logo após o casal voltar para o carro.

De acordo com a PM, após atirarem no estudante, ele perdeu o controle do carro e acabou colidindo com uma árvore. Os assaltantes fugiram sem levar nada. Uma equipe de resgate foi acionada, mas o jovem morreu ainda no local. Anderson Paulo Santos Silva morava em Fortaleza há três anos, ele era natural de Aracaju, em Sergipe. A esposa é estudante de Direito.

(G1 Ceará)

Parnaíba é a segunda cidade mais violenta do estado do Piauí

Pesquisa mensal realizada pelo Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Piauí (Sinpolpi) mostra que no mês passado 44 pessoas foram assassinadas a golpes de faca, disparos de armas de fogo ou outros instrumentos. Em números absolutos, abril registrou 13 homicídios a mais do que o mês de março cujo total foi de 31 assassinatos.

 

 

Como já vinha sendo registrado em algumas pesquisas anteriores, o interior e o litoral tiveram mais crimes do que a Capital. Foram 25 casos contra 19 em Teresina.

 

 

Além do fenômeno da interiorização da criminalidade ser apontada como principal fator desta mudança, o presidente do Sinpolpi Cristiano Ribeiro crê em mais um agravante: há cerca de três meses a Delegacia Geral de Polícia baixou uma portaria proibindo os funcionários do IML de Teresina a fornecer informações sobre a entrada de corpos naquele órgão aos repórteres que cobrem a editoria de Polícia dos meios de comunicações.

 

 

Como a pesquisa é com base nas publicações dos portais, impressos e TVs do Estado, a decisão da Delegacia Geral pode ter influenciado na redução no numero de assassinatos na Capital em detrimento do interior e litoral.

 

 

Ainda com relação aos dados de abril, a cidade mais violenta excluindo Teresina foi Miguel Alves onde um assalto a banco resultou na morte de quatro pessoas, sendo uma delas o gerente da instituição financeira e três acusados de praticarem o assalto.

 

 

Mais da metade dos assassinatos (24) foram praticados com armas de fogo; 15 aconteceram com a arma branca (faca, facão, foice ou punhal), sendo o instrumento do crime e em sete casos as vítimas foram mortas por outros instrumentos, como pedaços de pau. A diferença entre o número de crimes e o de armas se deve ao fato de que alguns delitos foram praticados com mais de um instrumento.

 

 

A pesquisa também mostrou que mais de um terço das vítimas já tinham passagens ou eram procuradas pela Polícia por práticas de delitos. Em sete casos as vítimas eram detentos ou ex-detentos e em cinco, as ocupações delas nas matérias publicadas apontavam como traficantes ou assaltantes. Esse número poderá ser ainda maior se for levado em consideração que em seis dos 44 casos registrados, não foi possível descobrir a ocupação das vítimas.

 

 

Para Cristiano Ribeiro, os números refletem a falta de compromisso do Governo do Estado para com a segurança do cidadão piauiense. O sindicalista lembra que em recente viagens a municípios como Parnaíba e Pedro II, ficou constatado que falta estrutura para os policias desempenharem as suas funções constitucionais.

 

 

 

Em Parnaíba, por exemplo, que em 90% das pesquisas do Sinpolpi é a segunda cidade mais violenta do Estado, há delegacia que só funciona durante o dia. No período da noite onde a violência mais cresce, a delegacia tem as portas fechadas por falta de policiais.

 

(Portal 45 Graus)

 

Jurandir Junior: Dirigente do Fortaleza tem casa atingida por duas bombas

Um episódio de violência marcou o fim de semana no futebol cearense. No sábado à noite, duas bombas foram atiradas contra a casa do dirigente do Fortaleza, Jurandir Júnior.

No mesmo dia, de tarde, cerca de 1000 torcedores fizeram um protesto pacífico contra a diretoria, cobrando melhores resultados do time, que foi eliminado pelo rival Ceará nas semifinais do Estadual, resultado que deixou o Tricolor de Aço fora do Nordestão em 2014.

O dirigente e alguns atletas foram os principais alvos dos protestos. De acordo com o diretor de marketing do clube cearense, Fábio Mota, não houve feridos no episódio.

- Os prejuízos foram apenas patrimoniais do Jurandir. Não sabemos ainda a autoria do atentado – explicou Fábio.

(Lancepress!)

Fortaleza: 4G vai bem no Castelão e Beira Mar, mas oscila no maior shopping

Em Fortaleza, a cobertura 4G da Claro ainda é instável em alguns dos principais pontos de passagem de turistas. Houve oscilações constantes e baixa velocidade no maior shopping da cidade, o Iguatemi. Mas o desempenho da rede 4G foi melhor na avenida Beira Mar, principal área hoteleira de Fortaleza, e no entorno do Estádio Castelão. Nesses dois locais, o 4G chegou a ser dez vezes mais rápido que o 3G.

ACOMPANHE OS TESTES EM CADA CIDADE:

Belo Horizonte Brasília Fortaleza
Recife Rio de Janeiro Salvador

Em algumas situações, a velocidade de acesso do 3G e 4G foi bem semelhante. Esse foi o caso no shopping Iguatemi, onde as postagens de fotos no Instagram e o download de um jogo levaram quase o mesmo tempo nas duas redes móveis. Numa cidade onde o 3G ainda apresenta inúmeras deficiências – foram muito mais frequentes as oscilações no 3G –, a nova rede 4G demonstra ser de fato mais rápida, mas não em todos os lugares.

Onde ela funciona, vale a pena. Na avenida Beira Mar, por exemplo, foi possível ver um vídeo de forma praticamente instantânea no 4G, sem aquela demora típica no carregamento.

Confira tabelas comparativas entre 3G e 4G

VELOCIDADE DO 4G

Locais Download (Mbps) Upload (Mbps)
Fortaleza – Estádio Castelão 3,5 1,4
Fortaleza – Av. Beira Mar 3,7 2,1
Fortaleza – Shopping Iguatemi 3,3 1,4

INTENSIDADE DO SINAL DA REDE CELULAR

Locais Origem do teste A 1 km* A 6 km*
Fortaleza – Estádio Castelão Ótimo
Fortaleza – Av. Beira Mar Bom
Fortaleza – Shopping Iguatemi Ótimo

*Dados não coletados

ESTÁDIO DO CASTELÃO

Tarefa 3G 4G
Acessar a manchete do UOL do dia 6s 2s
Abrir um vídeo do YouTube 17s 8s
Conectar o Skype e mandar uma mensagem 1s 1s
Postar uma foto no Facebook 24s 17s
Publicar um post no Twitter 9s 2s
Publicar uma foto no Instagram 10s 7s
Baixar aplicativo de 148 MB 8min 8min30s
Baixar uma foto de 10 MB do e-mail 7s 6s

AVENIDA BEIRA MAR

Tarefa 3G 4G
Acessar a manchete do UOL do dia 13s 7s
Abrir um vídeo do YouTube 10s 1s
Conectar o Skype e mandar uma mensagem 2s 1s
Postar uma foto no Facebook 11s 8s
Publicar um post no Twitter 5s 5s
Publicar uma foto no Instagram 20s 4s
Baixar aplicativo de 148 MB 12min 7min10s
Baixar uma foto de 10 MB do e-mail 6s 3s

SHOPPING IGUATEMI

Tarefa 3G 4G
Acessar a manchete do UOL do dia 4s 7s
Abrir um vídeo do YouTube 17s 12s
Conectar o Skype e mandar uma mensagem 1s 1s
Postar uma foto no Facebook 3min50s 4min40s
Publicar um post no Twitter 2s 2s
Publicar uma foto no Instagram 51s 51s
Baixar aplicativo de 148 MB 15min 16min40s
Baixar uma foto de 10 MB do e-mail 5min 3min

Como foram feitos os testes

Para o teste em Fortaleza, foram escolhidos a avenida Beira Mar, principal área hoteleira de Fortaleza, com grande fluxo turístico, e o Shopping Iguatemi, maior centro de compras da capital cearense, localizando-se bem ao lado de um importante parque ecológico (Parque do Cocó), que também recebe visitações.

Os testes nas seis cidades-sede da Copa das Confederações ocorreram entre 2 e 9 de maio com a rede da Claro, operadora que foi a primeira a iniciar a venda de planos do serviço – o período de teste em cada cidade foi de um dia. A avaliação foi realizada com o smartphone Motorola Razr HD. 

(Kamila Fernandes, Uol Tecnologia)

Vitor Valim: Apresentador da TV Cidade Fortaleza é censurado ao vivo em programa

O apresentador Vitor Valim, ex-Gaida, bateu de frente com o diretor do programa que faz na TV Cidade.

Ele foi informado no ar que a matéria sobre a mobilização das mulheres de policiais realizada ontem, não seria apresentada no programa. 

(Via Gente de Mídia)

Confirmado show do Nouvelle Vague em Fortaleza, dia 07/09

Confirmado!!

O grupo Nouvelle Vague virá pra Fortaleza com seu fantástico show no dia 7 de setembro.

O show só será possível através da mobilização de uma campanha na plataforma de crowdfunfing Queremos dentro do universo das mídias sociais.

Bacana!!

Com informações do Facebook do Órbita Bar.

 

 

 

Vendas pela internet por sites de e-commerce e compras coletivas passam a ter novas regras

O consumidor brasileiro terá mais direitos a seu favor à partir da próxima quarta-feira (15), com a vigência do Decreto nº 7.962, qual o consumidor passará a ter mais segurança na compra de produtos e serviços pela internet.

 

Publicado em edição extra do Diário Oficial da União no último dia 15 de março, (comemorando o do Dia Mundial do Consumidor), o decreto define novas regras para o comércio eletrônico. 

 

A Lei, exige informações claras a respeito do produto, serviço e do fornecedor, atendimento facilitado e respeito ao direito de arrependimento da compra. As contratações deverão observar o cumprimento das condições da oferta, com a entrega dos produtos e serviços, observados prazos, quantidade, qualidade e adequação.

 

Os sites eletrônicos devem disponibilizar, em local de destaque e de fácil visualização, o nome empresarial e número de CNPJ, quando houver, e o endereço físico e eletrônico e demais informações para localização e contato. A exigência pode ajudar a solucionar problemas enfrentados pelos órgãos de defesa do consumidor, que têm dificuldade em localizar responsáveis por sites alvos de reclamação para encaminhar queixas.

 

Quanto às ofertas, a nova regra exige que o site disponibilize em local de destaque e de fácil visualização as características essenciais do produto ou do serviço, incluídos os riscos à saúde e à segurança dos consumidores e a discriminação, no preço, de quaisquer despesas adicionais ou acessórias, tais como as de entrega ou seguros. Além disso, o decreto prevê que sejam destacadas as condições integrais da oferta, incluídas modalidades de pagamento, disponibilidade, forma e prazo da execução do serviço ou da entrega, e as informações sobre quaisquer restrições à fruição da oferta.

 

Compras coletivas

 

Com rigor sobre os famosos sites de compras coletivas, a Lei coloca exigências adicionais para os sites e demais meios eletrônicos nas ofertas relativas a compras coletivas. Além das informações sobre identificação da empresa e clareza na informação sobre características e condições de pagamento de produtos e serviços, eles terão de destacar a quantidade mínima de consumidores para a efetivação do contrato, o prazo para utilização da oferta pelo consumidor, e a identificação não só do fornecedor responsável pelo site eletrônico, mas também do fornecedor do produto ou do serviço ofertado.

 

Para facilitar e garantir o atendimento, o site deverá apresentar sumário do contrato antes da contratação. O documento deve conter as informações necessárias ao pleno exercício do direito de escolha e enfatizar cláusulas que limitem direitos.

 

O site deverá conter ainda ferramentas eficazes que permitam ao consumidor identificar erros ocorridos nas etapas anteriores à finalização da compra ou contratação de serviço e sua correção imediata. Terá também de confirmar imediatamente o recebimento da aceitação da oferta e disponibilizar o contrato em meio que permita sua conservação e reprodução.

 

Para possibilitar ao consumidor a resolução de demandas referentes a informação, dúvida, reclamação, suspensão ou cancelamento do contrato, o site deverá manter serviço de atendimento em meio eletrônico, o qual deve confirmar imediatamente o recebimento das demandas. O site deverá responder sobre as demandas do consumidor no prazo máximo de cinco dias.

 

Direito de arrependimento

 

De acordo com o decreto, o fornecedor deverá informar, de forma clara, os meios adequados para o exercício do direito de arrependimento pelo consumidor. O prazo já previsto no CDC de sete dias após a aquisição para arrependimento foi mantido.

 

O consumidor poderá exercer seu direito de arrependimento pela mesma ferramenta utilizada para a contratação e o exercício do direito de arrependimento implica a rescisão dos contratos acessórios, sem qualquer ônus para o consumidor.

 

Imediatamente ao exercício do direito de arrependimento pelo consumidor, o site terá de comunicar o fato à instituição financeira ou à administradora do cartão de crédito ou similar, para que a transação não seja lançada na fatura do consumidor ou, ainda, seja estornado o valor. O site deverá enviar ao consumidor a confirmação imediata do recebimento da manifestação de arrependimento.

 

O desrespeito às regras redundará em punição com as sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor, como multa, suspensão temporária de atividade e cassação de licença do estabelecimento ou de atividade.

(Portal Cnews)

Veja Programação pelo Dia de Nossa Senhora de Fátima em Fortaleza

Nesta segunda-feira (13) é celebrado o Dia de Nossa Senhora de Fátima. Segundo o padre Ivan de Souza, a Igreja de Fátima, que está localizada no Bairro de Fátima, em Fortaleza, realiza missas durante todo o dia e espera milhares de fieis.

Haverá missas às 12h, 14h, 15h30, 17h, 18h30 e 20h. Ao todo, 12 padres estarão na Paróquia atendendo fieis que desejam se confessar. A Igreja de Fátima também oferta serviços como a vacinação contra gripe e a exposição “Fátima pelo Mundo”, no pátio da paróquia.

Uma procissão está agendada para sair da Igreja Nossa Senhora do Carmo, no Centro de Fortaleza, às 18h. Seguindo pelas Ruas Major Facundo, Meton de Alencar, Barão de Aratanha e Avenida Treze de Maio até a Igreja de Fátima. Às 20h, após a chegada da procissão, haverá uma celebração campal com a coroação de Nossa Senhora de Fátima.

Trânsito

Sessenta agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) vão trabalhar durante operação de trânsito nas comemorações do Dia de Nossa Senhora de Fátima nesta segunda-feira (13).

Na Igreja de Fátima, onde serão realizadas missas durante todo o dia, os agentes de trânsito vão coibir de estacionamento irregular no entorno da igreja – Ruas Oswaldo Studart, Paula Rodrigues e Mário Mamede – e auxiliando na travessia de pedestres, na Avenida 13 de Maio.

Às 16h, será bloqueada a Rua Major Facundo no cruzamento com a Avenida Duque de Caxias. Em seguida, agentes em motocicletas e viaturas se preparam para acompanhar a procissão durante o percurso entre a Igreja do Carmo e a Igreja de Fátima, passando pelas ruas Major Facundo, Meton de Alencar, Barão de Aratanha e Avenida 13 de Maio. Os bloqueios durante o trajeto serão temporários e a saída está prevista para 18h.

Durante a realização da missa campal, após a procissão, a Avenida 13 de Maio terá a pista nos dois sentidos bloqueada, entre a Rua Jaime Benévolo e o viaduto da Avenida Pontes Vieira. A AMC orienta que os desvios sejam feitos pela Av. Luciano Carneiro e Rua Mário Mamede (sentido Bairro de Fátima/Aldeota) e pela alça do viaduto da Avenida Aguanambi e Av. Eduardo Girão (sentido Aldeota/Bairro de Fátima).

(G1 Ceará)

Centro de Capacitação e Estágio (CCE) oferece 19 vagas em Fortaleza

O Centro de Capacitação e Estágio (CCE) está com 19 vagas disponíveis em Fortaleza. Para o curso de educação física são 13 vagas; administração e designer são duas vagas; e para fisioterapia e pedagogia, uma vaga.

Os documentos necessários para inscrição são: RG, CPF, declaração da instituição de ensino, foto 3×4 e currículo atualizado. A inscrição é gratuita. Mais informações pelo telefone: (85) 3266-0526.

(G1 CE)

Em Quixadá, capotamento de veículo deixa 1 morto e 9 feridos

Foto: Revista Central

Uma pessoa morreu e nove ficaram feridas após um acidente de carro na noite do último domingo, 12, em Quixadá, a 158 km de Fortaleza. Um veículo Siena capotou e atingiu cinco pedestres que se encontravam na beira da estrada no km 27 da CE- 166, por volta das 19h30min. Uma pedestre morreu.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a condutora do veículo tinha 20 anos de idade e perdeu o controle do carro, atingindo as pessoas que estavam próximas ao local.

Dentro do carro haviam cinco pessoas, das quais 4 ficaram feridas. Entre elas, a condutora do veículo, que foi encaminhada para o Instituto Dr.José Frota (IJF) de Fortaleza com ferimentos graves. Quatro pedestres que estavam na beira das estrada foram atingidos e uma mulher de 46 anos, identificada como Maria Francisca Cirino, morreu no local.

Foarm registrados, no total, 25 acidentes nas rodovias cearenses nas últimas 24h pelas Polícias Rodoviárias Estadual e Federal.

(O Povo Online)

 

Médico diz que anabolizantes levaram Netinho para a UTI

São Paulo – O uso de anabolizantes pode ter causado os problemas de saúde no cantor Netinho, internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, de onde veio transferido da Bahia, quando deu entrada com problemas no fígado. De acordo com o úlitmo boletim médico, divulgado na tarde deste domingo, Netinho apresentou melhora clínica e laboratorial, respira sem a ajuda de aparelhos e tem estado de consciência conservada.

“Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura como nós dizemos. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento. Nós temos prescrições médicas, de médicos fora da Bahia, que foram prescritas diversos medicamentos desse tipo pra ele”, garante o cirurgião Jorge Bastos ao “Fantástico” deste domingo.

Netinho sentiu uma dor forte na coxa direita durante seu treino numa academia. Ele procurou a emergência de um hospital no dia 18 de abril. Depois de uma série exames, os médicos constataram uma lesão incomum: o rompimento do músculo ilíaco. Numa ressonância da área do abdômen, descobriu-se alterações no fígado.

Internado na Bahia em estado gravíssimo no dia 24 de abril, após sentir fortes dores no corpo e diagnosticado com tumores benignos no fígado no mês passado, o cantor passou a ser entendido na capital paulista pela equipe dos Drs. Roberto Kalil Filho , Raul Cutait e David Uip , os mesmos profissionais que cuidaram de Reynaldo Gianecchini, Lula, Dilma e José Serra.

(O Dia Online)

Operação para rebocar carros estacionados irregularmente em Fortaleza inicia nesta segunda, dia 13/05

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) e Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) iniciam, a partir desta segunda-feira, 13, operação de fiscalização de veículos estacionados irregularmente em Fortaleza.

A partir das 8 horas, os veículos estacionados em locais proibidos serão notificados e rebocados, principalmente os que tiverem sobre as calçadas e paralelamente a outro veículo. As equipes, cada uma com dois reboques, partirão inicialmente para o Bairro de Fátima e Centro, e em seguida seguem para Aldeota. Cada equipe terá dois agentes de trânsito e dois policiais militares. 

Segundo o Detran-CE, a ideia é percorrer as regiões onde explicitamente os condutores desrespeitam a legislação de trânsito, com ênfase para o estacionamento em local onde esteja a placa “Proibido Estacionar”. Isso vale também para motocicletas.

A iniciativa é do Ministério Público do Estado (MP-CE), que se reuniu no último dia 6, decidindo colocar em prática a operação que tem o objetivo de melhorar as condições de trânsito em Fortaleza.

De acordo com o promotor de Justiça Gilvan Melo, que integra o Núcleo de Atuação Especial de Controle, Fiscalização e Acompanhamento de Políticas do Trânsito (Naetran), do MP-CE, no mínimo quatro equipes circularão pelas vias de grande fluxo de trânsito da Cidade no intuito de remover os veículos que estiverem estacionados irregularmente.

Ainda de acordo com o promotor, as equipes também atuarão em vias próximas a hospitais, clínicas e escolas. Veículos que fizerem o descarregamento de mercadorias fora do horário permitido por lei também serão removidos e notificados.

Os veículos rebocados serão levados para o depósito do Detran-CE. Para reaver o veículo, o proprietário deverá pagar o valor gasto com as despesas do reboque e outro referente às diárias do veículo no depósito, além da multa por estacionamento irregular. 

O promotor afirma que a mesma ação já foi implementada em Fortaleza há cerca de 4 anos e obteve sucesso: “Depois de seis, oito meses, não se via um veículo estacionado irregularmente na cidade”, enfatiza Gilvan.

Redação O POVO Online

TAM demite piloto que deixou Latino entrar na cabine durante voo

A TAM demitiu o piloto que deixou o cantor Latino entrar na cabine do avião durante um voo da empresa entre Recife e Rio, em 28 de abril. O copiloto também foi demitido.

Questionada a respeito, a TAM não quis comentar a demissão –limitou-se a dizer, em nota, ter tomado “ações disciplinares” e de prevenção para evitar novos casos.

Latino postou as fotos no Instagram (rede social de imagens), nas quais ele aparece sentado na poltrona do comandante e aparentemente segura uma das manetes de potência, o acelerador do avião, um Airbus A320.

Folha revelou o episódio na última quinta. Norma da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proíbe passageiros de entrar na cabine durante o voo; a entrada só é liberada com o avião no chão.

A agência apura a conduta da TAM e do piloto, que podem ser multados.

Inicialmente, a assessoria do cantor disse que o avião estava no chão. Mas o painel indica que ele estava em voo, com o trem de pouso recolhido e piloto automático ativo.

A TAM só confirmou ontem que o avião estava em voo.

Ontem, ao “Domingo Espetacular”, da TV Record, Latino pediu desculpas aos pilotos e disse que não quis prejudicá-los. Afirmou ainda que errou e que postou as fotos por “brincadeira”. E que, se pudesse, compraria um avião para empregar o piloto.

A reportagem não conseguiu contato com Latino.

(Tribuna Hoje)

Latino posta foto em cabine de avião durante o voo e complica a TAM

O cantor Latino está novamente envolvido em polêmica. Na última semana ele publicou em sua conta no Twitter um link para quatro imagens que mostram ele fazendo o “V” da vitória e, aparentemente, segurando um dos manetes de potência, uma espécie de acelerador do avião.

Seria apenas uma foto curiosa para os fãs do cantor se não fosse pelo fato de que o avião estava em pleno voo. No ar, a Agência Nacional de Aviação Civil proíbe que qualquer passageiro tenha acesso à cabine de comando. Pior ainda se alguém não habilitado tocar os controles da aeronave.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, pilotos de aeronaves que não quiseram se identificar relataram que os visores indicam que a aeronave estava em rota e, mesmo operando com piloto automático, um toque do cantor com mais força no manete poderia desligá-lo.

Caso será investigado

A ANAC está apurando o caso e já convocou a companhia TAM, responsável pelo voo, para prestar explicações. Se constatada irregularidade, o piloto poderá receber uma multa entre R$ 2 mil e R$ 5 mil e a companhia área entre R$ 4 mil e R$ 20 mil. De acordo com Carlos Camacho, diretor de segurança de voo do Sindicato Nacional dos Aeronautas, a atitude é “inimaginável e passível de demissão”.

Em nota, a assessoria de imprensa do cantor Latino primeiramente afirmou que o avião estava no chão quando a foto foi tirada. Porém, informada que o painel mostrava uma situação diferente, voltou atrás e afirmou que daria uma nova resposta – o que não aconteceu. A TAM também se manifestou e classificou o incidente como uma “falta grave”, afirmando que vai tomar todas as medidas disciplinares cabíveis. 

(Mega Curioso)

Uso indevido de aeronave policial do CIOPAER durante o show de Paul MacCartney

Das informações sabidas consta que o helicóptero da CIOPAER obriga a se recolher às 18hs., alegam as autoridades que o equipamento não está apto para a realização de vôos noturnos, frustrando inclusive algumas ações policiais, na qual o veículo abandonara a perseguição criminosa em face da hora estabelecida para o encerramento das atividades.
Bem, assim todos entendiam, até o show de Paul MacCartney, que mesmo que estivesse em curso um crime, depois das 18hs não teríamos o apoio do helicóptero policial.
O que se viu foi algo muito diferente da praxe.
A aeronave da CIOPAER voou a noite toda, dando segurança a um evento privado, mesmo que para lá estivessem 55 mil pessoas, segundo a informação dos promotores do show internacional, a conduta é incompatível com a rotina determinada.
Restam alguns esclarecimentos:
- Quem requisitou a aeronave?
- Quem autorizou o uso do helicóptero policial no evento privado?
- Quanto foi gasto com combustível e quem pagou por ele?
- Quem remunerou os pilotos e oficiais que se encontravam na aeronave?

(Portal CNews)

Estudante de arquitetura é encontrada morta em carro no Jóquei Clube

Uma estudante de Arquitetura, de 20 anos, foi encontrada morta dentro do seu carro na manhã de sábado (11) no bairro Jóquei Clube, em Fortaleza. De acordo com a Polícia, o corpo da jovem foi achado por volta das 7h20 no banco do passageiro, usando apenas peças íntimas.

A principal suspeita é que a morte tenha sido causada por overdose. Segundo o diretor doDepartamento de Polícia Especializada (DPE), delegado Jairo Pequeno, a Polícia segue investigando o caso e espera o laudo da Perícia para confirmar a causa do óbito.

(Diário do Nordeste)

Certidão de nascimento passa a admitir dois pais ou duas mães

 

São Paulo – Primeiro documento do brasileiro, a certidão de nascimento tradicional traz a filiação da criança com o nome do pai em cima e, logo abaixo, o da mãe. As relações de afeto, no entanto, têm reconfigurado a estrutura das famílias e também a do documento oficial. Atentas a essas mudanças, decisões judiciais têm aberto caminho para que em um registro civil coexistam, sem conflitos, dois pais e uma mãe ou um pai e duas mães – são as famílias multiparentais.

A ideia defendida por alguns juízes, promotores e advogados é de que disputas entre quem “cria” e a mãe ou o pai biológico da criança podem virar “filiação tripla” no registro civil. A solução já foi implementada em pelo menos sete Estados por meio de ações de adoção ou investigação de paternidade.

“O ‘mais’ é melhor para a criança. A gente nem sempre tem de pensar em eliminar um (pai ou mãe)”, diz a promotora Priscila Matzenbacher, que já atuou em cinco casos de paternidade múltipla em Rondônia – dois tiveram autorizada a inclusão de outro pai.

A família multiparental emplacou pela primeira vez em Rondônia em março de 2011, em Ariquemes, com um parecer de Priscila. Um homem, cuja identidade não pode ser revelada, havia registrado uma menina como se fosse sua filha, mesmo sabendo que o pai era um ex-companheiro da mulher. Tempos depois, o pai biológico passou a se relacionar com a filha e entrou com ação para ter seu nome no registro. A promotora propôs o afeto: os dois deveriam ser postos na certidão. Em todos os casos, Priscila se baseia em avaliações psicológicas para identificar se a pessoa é tratada pela criança como outro pai ou mãe. “É diferente ser padrasto ou madrasta.”

Foi justamente uma briga entre uma madrasta e uma mãe que terminou em mais um precedente para o registro triplo, no Recife, em março. Sem recursos para cuidar do filho, a mãe biológica deixou o encargo à mulher do ex-companheiro. A madrasta exigiu que o menino de 4 anos tivesse seu sobrenome. A saída foi o registro triplo.

Na mesma vara de família, no fim de 2012 um casal de lésbicas incluiu o irmão de uma delas na certidão do filho. A intenção era de que a criança tivesse também uma figura paterna.

Causa própria. A advogada Vivian Guardian Medina buscava uma maneira de adotar o enteado sem afastar o nome da mãe, que morreu quando ele era bebê. Isso pareceu viável após o Supremo Tribunal Federal (STF) reconhecer a união entre pessoas do mesmo sexo, em 2011. “Se podia haver dois pais e uma mãe em uma certidão, por que não duas mães e um pai?” Em setembro, foi expedida decisão, em caráter definitivo, da dupla maternidade e a certidão será alterada até junho.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Investigação mostra que Dom Hélder tinha inimigos na Igreja Católica

Fora dos quartéis e sem vínculos formais com as Forças Armadas, eles tinham “alma” de militar e contribuíram, em diversas frentes, com o governo de exceção (1964-1985) no país. A terceira matéria do Diário de Pernambuco da série sobre o prontuário do arcebispo dom Helder Câmara no Departamento de Ordem Política e Social (Dops) revela que o religioso não era um nome de consenso na própria Igreja e que, dentro da instituição, havia colaboradores dos militares no monitoramento das atividades diárias de um dos maiores ícones dos direitos humanos no Brasil.

A receita desta possível parceria entre sacerdotes e investigadores custou caro à Cúria Metropolitana. Neste período, religiosos foram expulsos do país e outros assassinados, como o padre Antônio Henrique, em 1969. “Na minha casa, logo após a morte do meu irmão, apareceu a freira irmã Therezinha. Ela chegou num momento decisivo para coletar informações sobre a gente. Passou seis meses conosco e depois sumiu de nossas vidas”, lembra a irmã do padre, a professora Izaíras Padovan.

Na análise de documentos inéditos, o veículo identificou a parceria de possíveis agentes infiltrados ou até mesmo membros da Igreja com os militares através de cartas, bilhetes e outros documentos sigilosos que saiam da instituição e acabaram abastecendo o serviço de inteligência. Um dos documentos que “vazaram”, por exemplo, custou a expulsão do padre belga José Conblim do Brasil na década de 1960.

O relator do caso do padre Henrique, o conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e membro da Comissão da Verdade de Pernambuco Henrique Mariano, relatou que a atuação do regime envolvia colaborações em diversos setores da sociedade. “Havia uma ampla rede de colaboradores de modo que o indivíduo investigado era completamente monitorado. No caso de dom Helder, o esforço era maior pelo que ele representava. Ou seja, pela denúncia das condições das classes populares e busca por melhores condições de vida”, completou.

(Magno Martins, Portal do Sidney Rezende)

Diferentes mulheres contam um pouco do que é ser mãe

Thaís Antonio e Pollyane Marques
Repórteres do Radiojornalismo da EBC

Brasília – Ser mãe. Um desafio, um refúgio, uma responsabilidade para a vida inteira, um ato de coragem, renúncia, padecer no paraíso? Não há como definir o que é ser mãe. Para cada uma, um significado. Entre dificuldades e aprendizado, lágrimas e sorrisos, descobertas e realizações, em uma coisa todas concordam: a escolha da maternidade inclui muito amor.

Independentemente de idade, classe social, cor, profissão, orientação sexual, neste domingo e em todos os outros os dias do ano, o que vale é comemorar a força dessas mulheres, que entre tantos encantos, podem gerar uma vida ou várias, no ventre ou no coração. E não existe definição de ser mãe por um motivo muito simples: há tantos tipos de mães quanto de filhos.

A engenheira Márcia Jopert, por exemplo, adiou a maternidade até se sentir preparada, inclusive, até encontrar alguém especial para dividir com ela esse momento. “Sempre fui uma pessoa muito maternal, sempre desejei muito ser mãe, mas os tempos modernos exigem que a mulher se prepare um pouco melhor profissionalmente antes de assumir essa função”, pondera. A hora certa, para ela, chegou há oito anos. “Sou muito feliz por ter esperado e pela hora que o meu filho chegou. Eu nunca vi problema em ser mãe aos 40”, declara.

Luciana Chagas é professora, mas escolheu deixar a profissão para se dedicar à casa e à filha e tem certeza de que essa foi a melhor opção. “Vou dedicar os meus talentos, até como professora, para educar os meus filhos, e fazer a minha pequena escola, na minha própria casa”, conta. Ela não pretende voltar atrás. “Eu acho difícil voltar a trabalhar, porque pretendo ter muitos filhos. O nenezinho vai crescer, mas daqui a pouco vai ter outro nenezinho exigindo cuidados”.

A professora universitária Daniela Auad cria a filha Leila com a companheira Cláudia. A criança de cinco anos é fruto de uma relação anterior de Daniela. Para Leila, ter duas mães é motivo de dupla comemoração neste domingo. “Falar de mulheres educando uma criança que é filha delas biológica ou não biológica, é de coração ou de barriga, é lembrar às pessoas o tempo todo que ‘as baleias são peixes e também são mamíferos’, ou seja, uma coisa não exclui a outra: uma mulher pode amar outra mulher e ser mãe”, diz.

A pergunta que Daniela mais escuta é sobre quando descobriu que era lésbica. “A melhor resposta para essa pergunta é [dizer] de volta: quando você descobriu que era hétero? Sua família aceitou numa boa?”. Fazendo o outro se colocar no lugar dela, ela sente que pode promover uma reflexão e minimizar o preconceito.

Depois de seis anos tentando engravidar sem sucesso, a arquiteta Alessandra Araújo e o marido decidiram adotar uma criança. Alana chegou na vida deles há um ano e quatro meses, com 3 dias. Quando a menina estava com 9 meses, uma surpresa: Alessandra descobriu que estava grávida. Para ela, o amor que sente por Alana e pelo bebê que está por vir é o mesmo.

“Hoje eu posso falar com toda a certeza do mundo, porque antes eu também falava que não tinha diferença, mas as pessoas ficavam olhando estranho”, revela. “Eu já sentia que não tinha diferença e aí, quando eu fiquei grávida da minha barriga, pra mim continuou sem diferença nenhuma. O amor se constrói”, resume.

Isabel Tavares foi mãe cedo, aos 18 anos, e garante que se assustou na época. Hoje, casada há quase dez anos e com mais uma filha, ela confirma que a maternidade é um eterno aprendizado. “Ser mãe é a coisa mais complexa que pode existir. Ao mesmo tempo que é a coisa mais linda que [existe], que é uma ligação muito forte com o filho, às vezes nos frustra muito não saber o certo ou o errado”. Mesmo com as inseguranças comuns da relação entre mães e filhos, Isabel acredita que toda mulher deve viver esse momento. “É uma experiência que todos deveriam passar. É única, é indispensável para o nosso crescimento”, afirma.

Para Josilene Cardoso, não bastou ser mãe de um filho biológico. Ela escolheu a maternidade também como profissão: é mãe social em um abrigo. No dia a dia, o desafio é suprir a carência que o abandono deixa nas crianças. “Embora eles tenham a gente [as mães sociais] como referência no momento, eles sabem que nós não somos mães deles. Algumas crianças esperam que os pais venham buscar e outras esperam ser adotadas”, conta.

“Para nós e muito complicado, porque não tem como preencher esse espaço que é de mãe. [É] a gente que dá banho, a gente que põe comida na boca, a gente que vai nas reuniões da escola, mas eles sabem, embora tenham a gente como referência, que a gente não é mãe. Eles esperam ter isso um dia”, diz, emocionada.

E há quem ainda não conheça o gostinho de ser mãe, mas conta os dias para ver a carinha do bebê que está prestes a nascer. A advogada Denise Arantes se prepara para a jornada, que começa em poucos dias. Lorena vai chegar no dia 13 de junho.“É uma curiosidade de saber como ela vai ser, como vai ser o rostinho dela, do que ela vai gostar, como vai ser o temperamento”, diz. O que ela mais quer é ser uma boa mãe. “Eu pretendo ter um olhar para ela, para a individualidade dela. Quero ser amiga, aquela mãe que ouve. Quero passar para ela os princípios que eu acho importantes”, confidencia a mamãe de primeira viagem.

Agência Brasil homenageia as mães pelo dia de hoje.

Edição: Tereza Barbosa

Prostituição: esteio da família

Uma das maiores contradições da humanidade é a prostituição. É profissão amaldiçoada ― tanto que as moderninhas preferem o termo “garota de programa” ―, mas é um dos sustentáculos da própria família.

Recentemente, uma garota recém-graduada em letras causou alvoroço ao assumir-se como prostituta. O mesmo bafafá que Bruna Surfistinha provocou tempos atrás. Ambas, claro, usam a denominação “garotas de programa”.

O que todos estranham é a mulher assumir esta profissão tão essencial quanto a família na manutenção da sociedade. Prostituição não pode ser assumida!

A grande hipocrisia é que os homens não ficam sem mulheres, sem sexo. Mesmo os casados que não conseguem juntar na mesma fêmea a fêmea propriamente dita mais a “esposa”, a “mulher”.

Há mulheres que adoram afirmar: “Sou uma dama na sociedade e uma puta entre quatro paredes”. Erro delas. Curtir os prazeres do sexo não é privilégio de prostitutas. Aliás, poucas são as que vendem o corpo e tiram satisfação junto com o cliente.

Orgasmos e todos os tipos de práticas para atingi-los são da própria normalidade do ser humano ― afora casos patológicos ou que atentam contra a integridade física e psicológica. Relegar isso aos prostíbulos foi e é uma válvula de escape para manter a família.

As mulheres que hoje se acham moderninhas porque “ficam” com homens, não sabem que isso é tão antigo quanto a própria prostituição. Só que antes elas eram rotuladas de “biscates”, por exemplo.

A prostituição nunca será assumida pela sociedade pacificamente. Ela provoca ciúmes entre as mulheres. Qual esposa não reagiria negativamente ao saber que o marido esteve num prostíbulo. Ou uma namorada?

O problema está na restrição à sexualidade, algo necessário para manter os indivíduos em sociedade. E mais uma vez ― esta constatação não se trata de “machismo” ―, a prostituição só deixará de ser uma atividade marginal se os homens mudarem a maneira de enxergar o sexo e as mulheres. E isso afronta pulsões da própria natureza da espécie humana.

Bate de frente com a sociedade que todos enxergam. A mesma que, por motivos óbvios, reservou à privacidade todas as práticas sexuais.

(Valdeci Rodrigues, Portal do Sidney Rezende)

130 mil fiéis devem participar da procissão de Nossa Senhora de Fátima, dia 13/05, em Fortaleza

Próxima segunda-feira é 13 de maio, e a população católica de Fortaleza já sabe o que esta data representa. É o dia de Nossa Senhora de Fátima, bastante celebrado pela igreja, principalmente na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, localizada na Avenida 13 de Maio, no bairro de Fátima. O nome do bairro e da avenida não foram escolhidos aleatoriamente, são formas de homenagear a Santa. Para a data, haverá uma programação especial.

A paróquia vem realizando festejos desde o início do mês, com louvores à santa e novenas realizadas às 18h30 de segunda à sábado. Aos domingos, a novena tem início às 18h. Neste fim de semana, são esperadas de 4 a 6 mil pessoas. Para o dia 13, a procissão espera reunir 130 mil fiéis ao longo do percurso. E 150 mil é a expectativa de visitações ao santuário.

Segundo o pároco da Igreja de Fátima, padre Ivan de Sousa, a primeira celebração ocorrerá às 5h. Quem vai presidi-la é o aniversariante do dia, o arcebispo da Capital dom José Antônio. As demais se estenderão ao longo do dia. Será celebrada uma missa a cada hora. Em média, serão 13. Às 18h, na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no Centro, vai sair uma procissão, rumo ao Santuário de Fátima, com previsão de chegar às 21h, para a última celebração do dia.

Confissão

No dia da celebração, os fiéis poderão se confessar com os padres que virão de diversas paróquias vizinhas e estarão no evento. Aproximadamente 12 estão confirmados. Conforme o pároco da Igreja de Fátima, o número de padres é sempre maior do que o confirmado.

A novidade para este ano é uma exposição na paróquia, a mostra Fátima no Mundo, que exibe a presença da santa nos cinco continentes do mundo.

Durante os festejos do ano passado, a Igreja de Fátima recebeu cerca de 100 mil fiéis, segundo informou o pároco da Igreja. Para este ano, a presença do público deve girar em torno de 130 mil, revelou.

A santa é bastante popular, possui milhares de devotos na Capital, o que, para o padre Ivan, é algo inexplicável.

Trânsito

Para aliviar o trânsito no entorno da igreja, onde se concentrarão os festejos, a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) vai disponibilizar 60 agentes para realizar o ordenamento do local com o objetivo de reduzir os transtornos e facilitar o acesso dos fiéis.

O contingente da AMC vai iniciar o trabalho às 6h de segunda-feira. As ações consistem no controle de tráfego, bloqueios de vias e proibição de estacionamento em alguns pontos.

As vias que receberão proibição de estacionamento são Oswaldo Sturdat, Paula Rodrigues e Mário Mamede. No local, agentes da AMC estarão auxiliando os pedestres na travessia das ruas no entorno da igreja. A equipe permanecerá nos três turnos, durante todo o evento.

Para a procissão, haverá outro efetivo da AMC organizando o trânsito. O estacionamento nas ruas Major Facundo, Meton de Alencar e Barão de Aratanha será proibido, deixando a área livre para a concentração dos fiéis. Às 16h, será bloqueada a Rua Major Facundo no cruzamento com a Av. Duque de Caxias. Em seguida, agentes em motocicletas e viaturas se preparam para acompanhar a procissão durante o percurso entre a Igreja do Carmo e a Igreja de Fátima. O percurso será pelas ruas Major Facundo, Meton de Alencar, Barão de Aratanha e Av. 13 de Maio. Os bloqueios serão temporários e a saída está prevista para 18h.

Durante a realização da missa campal, após a procissão, a Av. 13 de Maio terá a pista nos dois sentidos bloqueada, entre a Rua Jaime Benévolo e o viaduto da Av. Pontes Vieira. A AMC orienta que os desvios sejam feitos pela Av. Luciano Carneiro e Rua Mário Mamede (sentido Bairro de Fátima/Aldeota) e pela alça do viaduto da Av. Aguanambi e Av. Eduardo Girão (sentido Aldeota/Bairro de Fátima).

FIQUE POR DENTRO
Data celebra aparição de Santa do Rosário
O dia 13 de maio caracteriza a data da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima, que ocorreu em 1917. Três crianças – Lúcia, Jacinta e Francisco – presenciaram o momento. Ela também recebe o nome de Nossa Senhora do Rosário porque pedia aos jovens pastores que rezassem, e em suas mãos havia um terço. 

Depois deste acontecimento, os pastores passaram a orar pela Santa do Rosário. As aparições da santa continuaram durante os seis meses seguintes.

(Diário do Nordeste)

Ambulantes invadem praças José de Alencar e Lagoinha em Fortaleza

Foto: Miguel Portela

A notícia correu rápido entre os ambulantes do Centro: as praças José de Alencar e Lagoinha (recém-entregue à população) estavam livre de fiscais da Secretaria Regional do Centro (Sercefor). Não precisou de muito tempo para que os dois logradouros públicos fossem tomados pelo comércio informal, na manhã deste sábado, véspera do Dia das Mães. “A gente precisa faturar e sobreviver e não podemos ficar longe de onde tem freguês”, confidencia um casal, tirando do carro vários “manequins” e sacos de confecções que foram transportados nos ombros para um espaço na José de Alencar.

A correria dos camelôs na disputa por espaços chamou a atenção de quem passava pelos dois locais. “É um absurdo, daqui a pouco a gente não pode nem atravessar a praça”, reclamou a dona-de-casa, Maria Auxiliadora de Oliveira.

Os camelôs comercializam, principalmente, roupas e calçados. “É o jeito. Nós temos que ganhar a vida e não podemos ficar muito afastado do Centro”, justifica José Francisco da Silva, que utiliza, além da lona no chão, manequins com exposição das confecções. Para ele, é natural a ocupação da praça. “A gente está aqui e quero ver quem vai tirar”, desafia, indiferente ao carro da Polícia Militar, parado no logradouro e os agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). A PM informa que só faz a segurança da área e a AMC, a ordenação do trânsito.

De acordo com o taxista José William Moura, a ocupação já vinha sendo observada desde o início do mês, sempre nos fins de semana, mas, no sábado, a situação piorou muito. “Sem a ação dos fiscais, eles foram se chegando e ficando. Agora, acho difícil retirá-los daqui”, diz.

Os lojistas das imediações também criticam e se dizem mais prejudicados ainda. “Trabalho numa loja bem em frente à praça e a concorrência desleal tira nossa freguesia e afasta outros que não querem vir para um Centro entregue a Deus”, lamenta o gerente de loja que preferiu não se identificar.

Na Praça da Lagoinha, que passou por reforma no ano passado, todos os espaços foram disputados pelos ambulantes. “Vou ser sincero, se tivesse sabido antes que não tinha fiscais, teria vindo pra cá desde o início da manhã. Vou me organizar para o próximo fim de semana”, anuncia o ambulante Pedro (não disse o sobrenome).

“Acho que é preciso usar até a Polícia, se preciso for, para botar esse pessoal para fora dessas praças, tão bonitas e tão abandonadas”, diz o aposentado José Dias.

A reportagem tentou ouvir a Sercefor até o fechamento deste edição, sem sucesso.

(LÊDA GONÇALVES, Diário do Nordeste)

Existem ETs na Terra trabalhando para os ESTADOS UNIDOS, afirma ex-ministro canadense

“Há ETs vivos na Terra neste momento, e pelo menos dois deles provavelmente trabalham com o governo dos Estados Unidos.” A declaração do ex-ministro da Defesa do Canadá Paul Hellyer, 89 anos, foi feita durante uma audiência pública sobre a existência de vida extraterrestre realizada em Washington, D.C. Diversos ex-senadores e membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ouviram depoimentos de especialistas e testemunhas entre os dias 29 de abril e 3 de maio. 

Paul Hellyer é um conhecido defensor da existência de extraterrestres. Em 2005, ele declarou abertamente que acredita em UFOs (objetos voadores não identificados), o que gerou grande repercussão no Canadá. Como ministro da Defesa Nacional canadense, em 1963, Hellyer foi responsável pela controversa integração entre o Comando Marítimo das Forças (Marinha), o Comando das Forças Terrestres Canadenses (Exército) e a Força Aérea Real do Canadá (Aeronáutica) em uma única organização: as Forças Armadas Canadenses.  

Hellyer é o mais antigo membro do Conselho Privado da Rainha para o Canadá – que funciona como uma espécie de gabinete ministerial na monarquia constitucional do país. Ele afirma que passou a acreditar em óvnis quando teve uma experiência com sua mulher e amigos durante uma noite. Apesar de não ter levado muito em consideração quando viu o UFO, segundo seu relato, ele disse que manteve a cabeça aberta e passou a tratar o assunto – pelo qual se interessou há cerca de 10 anos - com seriedade. 

“UFOs são tão reais quanto os aviões que voam sobre as nossas cabeças”, afirmou o político canadense no segundo dia de audiência (confira aqui o vídeo, em inglês). Ele fez parte de um grupo de 40 pesquisadores internacionais e testemunhas – entre militares e cientistas – que testemunharam suas experiências extraterrestres diante de seis ex-membros do Congresso americano na audiência pública não governamental encerrada na semana passada. 

O ex-ministro da Defesa canadense afirmou ainda que investigações apontaram a existência de “pelo menos quatro espécies (extraterrestres) que têm visitado a Terra há milhares de anos” - com o que ele concorda. Houve também declarações sobre como diversos presidentes dos Estados Unidos demonstraram grande interesse sobre óvnis e, em alguns casos, tentaram sem sucesso obter informações específicas sobre a veracidade de casos extraterrestres.

(Portal Terra)

Concentração de gás carbônico na atmosfera é a maior da história

Nesta quinta-feira, a concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera medida diariamente pelo Observatório Mauna Loa, no Havaí, ultrapassou a marca de 400 partes por milhão pela primeira vez desde o início das medições, em 1958. Segundo os pesquisadores, o valor é simbólico, pois nunca foi atingido durante toda a História da humanidade — pesquisas mostram que a última vez em que a concentração do gás na atmosfera chegou a um nível tão alto foi há mais de três milhões de anos.

O dióxido de carbono emitido para a atmosfera pela queima de combustíveis fósseis e outras atividades humanas é o principal gás do efeito estufa, contribuindo com grande parte do aquecimento global. Assim que é emitido, o gás se espalha pela atmosfera — onde permanece por milhares de anos —, aprisionando a radiação do Sol e impedindo que o calor seja dissipado do planeta. Desde que os cientistas começaram a acompanhar sua concentração na atmosfera, ela vem crescendo a taxas cada vez maiores. Antes da Revolução Industrial, no século 19, a concentração média de CO2 era de cerca de 280 partes por milhão.

Os primeiros dados obtidos pelo Observatório Mauna Loa, em 1958, mostravam que a concentração de CO2 já estava na faixa de 316 partes por milhão. A partir daí, o nível só aumentou. Durante os primeiros anos de medição, a concentração crescia a uma taxa de 0,7 partes por milhão por ano. Na última década, esse crescimento acelerou e chegou a 2,1 partes por milhão por ano.

Observações realizadas no Observatório pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos e pelo Instituto Scripps de Oceanografia durante as últimas semanas jámostravam que a marca estava para ser atingida. “Esse crescimento não é uma surpresa para os cientistas. Isso é uma evidência conclusiva de que o forte crescimento nas emissões globais de COvindas da queima de carvão, pertróleo e gás natural está levando a essa aceleração”, diz Pieter Tans, pesquisador do Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos.

Tanto a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos Estados Unidos e o Instituto Scripps de Oceanografia, realizam mediçõe periódicas no Observatório Mauna Loa, localizado perto de um vulcão extinto no Havaí

Marco pré-histórico — Durante os últimos 800.000 anos, a concentração de COna atmosfera ficou entre 180 partes por milhão — durante as eras glaciais — e 280 partes por milhão, nos períodos mais quentes. A taxa atual de crescimento na concentração do gás é mais de 100 vezes mais rápida do que o aumento que houve no final da última Era Glacial.

Os cientistas estimam que a última vez e que a concentração de CO chegou ao nível atual foi há mais de três milhões de anos, durante o Plioceno, época geológica em que as temperaturas na Terra eram cerca de três graus mais quentes do que hoje. “Não há como impedir que o dióxido de carbono ultrapasse a marca das 400 partes por milhão. Isso já aconteceu. Mas o que acontecer daqui para frente ainda vai influenciar no clima e pode ser controlado”, disse Ralph Keeling, pesquisador do Instituto Scripps de Oceanografia.

Limite — Os dados do IPCC ( o painel de mudanças climáticas da ONU) sugerem que a concentração de 450 ppm representa o limite a partir do qual o aquecimento ganharia uma dinâmica que poderia prejudicar a existência humana sobre o planeta.  O ideal, ainda de acordo com o IPCC, seria manter a concentração abaixo de 450 ppm para evitar que a temperatura subisse acima dos 2 graus Celsius, limite capaz de provocar danos no ecossistema. Segundo estimativas do órgão, no pior cenário acabariam as geleiras do planeta. 

É significativo o fato de a concentração de CO2 ter ultrapassado o limite de 400 ppm. Mas ainda é impossível precisar de forma definitiva quais serão os efeitos dessa concentração sobre o planeta.

Além disso, as medições do IPCC têm sido alvo de várias críticas. Como afirmou o climatologista inglês Nicholas Lewis em reportagem de VEJA, publicada em 8 de maio, que usou dados do próprio IPCC para prever o aumento da temperatura global até o ano 2100, não existe o risco de se concretizarem a maioria das previsões catastróficas que são propaladas pelos alarmistas, como a de que cidades à beira-mar vão ficar submersas.

(Veja Online)

VISITANTES TOTAIS

  • 8,676,065 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters